Congresso em Foco

Presidente Jair Bolsonaro exibe Cloroquina para apoiadores. Remédio se mostrou ineficaz contra covid-19 [fotografo] Reprodução [/fotografo]

Parecer do Ministério da Saúde contraindica cloroquina a internados com covid

16.05.2021 09:47 9

9 respostas para “Parecer do Ministério da Saúde contraindica cloroquina a internados com covid”

  1. Gil Eng disse:

    A solução é o tratamento imediato com antiparasitários com efeitos antivirais e mais remédios e suplementos que todos já sabem quais são, milhares de médicos estão salvando vidas por este Brasil afora, o que se espera é que a mídia militante e os políticos deixem de ficar dando palpites e entrevistando “entendidos” para repercutir aquilo que querem ouvir/publicar. O que querem mesmo é queimar o presidente, mesmo que para isso matem pessoas e depois ainda o chamam daquele nome proibido. Em tempo não sou contra a vacina e inclusive já tomei a Coronavac, embora não confie muito nela, mas pelo menos parece que é a que menos mal causa. Aviso aos navegantes, tenham cuidado, não existe terceira via.

  2. Um parecer elaborado por uma comissão técnica do Ministério da Saúde após revisão de estudos e diretrizes não indica o uso de medicamentos como a hidroxicloroquina, cloroquina, azitromicina, ivermectina e remdesivir para pacientes internados com covid-19. Só funciona até os 4 primeiros dias de sintomas. (Tratamento Precoce)

  3. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Azitromicina é antibiótico.
    Antibiótico não combate vírus.
    Antibiótico combate bactéria.
    Azitromicina funciona para combater pneumonias bacterianas que aparecem associadas à covid.

  4. Valdir disse:

    Me parece que as notícias de março “DESMENTEM” essa matéria:

    “A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), liberou, nesta sexta-feira (12), o uso do antiviral experimental remdesivir para o tratamento da Covid-19 no Brasil. O remédio é o primeiro a ter recomendação em bula para tratamento de pacientes com o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

    Para tratar a doença, o remdesivir está sendo estudado pela Gilead Sciences, farmacêutica dona da fórmula, e pela Anvisa desde junho de 2020. As pesquisas mostram a diminuição no tempo de internação dos pacientes que tomaram a droga de forma intravenosa, único modo de administração aprovado.

    Qual a recomendação de uso do medicamento?
    O remdesivir é um medicamento sintético aplicado na veia do paciente, que age impedindo a replicação viral. De acordo com a Anvisa, o antiviral poderá ser utilizado no Brasil em pessoas com idade superior a 12 anos, com pelo menos 40 kg, que estejam com pneumonia e precisem de suplementação de oxigênio.

    “É importante destacar que a indicação terapêutica aprovada em bula não se restringe à forma leve, moderada ou grave da doença. Ela está ligada à apresentação da pneumonia com necessidade de suplemento de oxigênio, desde que o paciente não esteja em ventilação mecânica ou extracorporea”, disse Renata Lima Soares, gerente de Avaliação de Segurança e Eficácia da Anvisa.

    A Anvisa informou também que o uso do medicamento está restrito aos hospitais e que o remédio não será comercializado em farmácias brasileiras.

    “Esse medicamento auxilia no tempo de hospitalização e no tempo de uso de oxigênio hospitalar. Isso ajuda a desonerar o SUS, desonerar os hospitais, porque o tempo médio de internação diminui com a atuação do medicamento. Não estamos falando de cura, mas é um importante auxílio no enfrentamento dessa situação que estamos vivendo”, explicou Gustavo Mendes, diretor-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, em coletiva de imprensa.

    Qual o preço do medicamento?
    Ainda não há informações sobre qual será o valor do medicamento. Nos Estados Unidos, em outubro do ano passado, o preço era de US$ 3,2 mil por tratamento (o equivalente a cerca de R$ 18 mil).”

    Fonte: iG Saúde |
    12/03/2021 14:04:49

  5. Valdir disse:

    Segundo o ministro Queiroga no depoimento à CPI, ainda está em análise pela CONITEC para tratamento precoce.
    A matéria não cita a CONITEC. Na página do Órgão, não tem relatório sobre essa decisão.
    Seria essa “comissão” a dos Laboratórios Esquerdofiláticos?
    Por favor Sr. Jornalista, informe a “fonte” e forneça o “link”.
    A população agradece!

    • Fabio Martins disse:

      as famílias dos 450 mil mortos “AGRADECEM”

      • Valdir disse:

        A minha COM CERTEZA agradece. Todos que se infectaram não tiveram o avanço da doença graças a esses fármacos que os NEGACIONISTAS tentam desacreditar.
        Acredita? Toma.
        Não acredita? Não toma, e respeite o DIREITO DEMOCRÁTICO de escolhas individuais.
        “O SEU DIREITO TERMINA QUANDO COMEÇA O DIREITO DO OUTRO”
        Simples!

  6. Tim Tim disse:

    Consultaram o doutor Jair Messias Bolsonaro – CRM 121 (ref. art 121 do Cod Penal ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via