Congresso em Foco

Colunistas

Reunião ministerial [fotografo] Marcos Correa/PR [/fotografo]

O pior no vídeo é o silêncio. É o que não foi dito

25.05.2020 11:02 3
Atualizado em 10.10.2021 17:36

Publicidade

3 respostas para “O pior no vídeo é o silêncio. É o que não foi dito”

  1. Jorge Lelis Pinholi disse:

    Quanto mais bate, mais ele angaria simpatizantes, por ser e cumprir muito do que prometeu em campanha. Apesar de uma resistência absurda, nunca antes vista na história da humanidade, de muitos ávidos em voltar aos tempos da corrupção. Ele é um governante de corrupção zero. Bastou enviar dinheiro para Estados governados e logo a corrupção veio a tona, por parte de alguns, já vezeiros nisso. O homem é imbatível, seja pela sua perspicácia, seja pela incompetência dos seus adversários. Criticar pelo que ele não falou, significa estar no fundo do poço quantos às munições para atacá-lo. Como dizia um filósofo que foi PR e deu início a isso que tivemos até antes das eleições, “ASSIM NÃO DÁ, ASSIM NÃO PODE”.
    Ante a fraqueza dos opositores, ele nem precisa de ajuda, embora as manifestações de ontem demosntraram que ele tem apoio incomensurável.

  2. Gaetano Galtieri disse:

    Enquanto isso, o IMPEACHMENT do desembargador Washington Gutemberg Pires Ribeiro, um dos magistrados do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5 – Bahia), suspeito de participar de um esquema de venda de decisões no estado, foi revertido pelo, nunca eleito ministro do STF, Marco Aurélio Mello.
    O desembargador havia sido afastado em setembro do ano passado pelo ministro do STJ Humberto Martins, que é corregedor nacional de Justiça e, em dia 30 de abril, o plenário do CNJ referendou a medida e prorrogou o afastamento. Marco Aurélio derrubou a decisão por uma questão meramente processual.
    Fonte: Conexão Política

  3. joel sabino disse:

    Por que não contaram quantas vezes foi dito a palavra liberdade no vídeo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Mais Colunistas

Ver todos

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via