Congresso em Foco

Base de Alcântara deverá afetar 21 mil pessoas

Acordo de Alcântara trará avanços, mas tirará 800 famílias de suas terras

28.09.2019 18:02 11

Publicidade

11 respostas para “Acordo de Alcântara trará avanços, mas tirará 800 famílias de suas terras”

  1. Valdir disse:

    É uma situação de difícil solução. Há muita controvérsia nas várias histórias de quilombolas. Passei a noite assistindo vários documentários.
    Começa pelo fato de que na realidade são poucos os Quilombolas que realmente têm origem na luta dos escravos. A maioria surgiu de movimentos sociais contemporâneos que se apropriaram do discurso e começaram a criar vários Quilombolas para se beneficiarem dos mesmos direitos que os originais obtiveram.
    Segundo, dependendo do que se quer mostrar, você vê documentários de ONG’s que mostram o lado sentimental dos habitantes com a terra (normalmente os mais velhos), e às vezes acaba deixando controvérsia. Me chamou atenção um em que um pescador que constrói barcos, a repórter perguntou se ele passava o conhecimento de geração a geração e ele responde que os jovens de hoje não querem saber de aprender fazer barco.
    Se por outro lado a ideia é querer mostrar que o governo os abandona, aí o discurso já não é de sentimento com a terra, mas sim que eles querem que seus filhos estudem, tenham um futuro melhor que o deles. Aí perguntam às crianças: “O que você quer ser quando crescer?”. “Eu quero ser médica!”.
    Mas como se desenvolver sem que o desenvolvimento chegue até à comunidade? Como querer se desenvolver sendo contra o desenvolvimento?
    Tem que ter muita sabedoria para se chegar a um bom termo nessa questão.

  2. Eduardo disse:

    Não vão tirar as terras e sim transferir estes moradores para um lugar melhor…..e a maior parte deles terem um emprego e melhor condição de vida….A UOL tem que parar de fazer reportagem mentirosas…a grande maioria dos quilombolas ou seja mais de 90% esta a favor…mas a UOL fica cantando militante do PT para fazer entrevista…..UOL O BRASIL MUDOU…

  3. Ivan C. Brito disse:

    Tirem logo esse povo daí, o Brasil tem pressa!

  4. José Augusto disse:

    as famílias não serão expulsas!! mas sim retiradas e devidamente indenizadas, PÁRA DE MENTIR Congressinho em foco suas fake news não convencem mais ninguém!!

  5. ezequiel-sp disse:

    O Brasil está cheio de terras improdutivas e aparecem famílias justamente numa área que será utilizada. Pode isso Arnaldo?

  6. Lyz Zyl disse:

    TENHO certeza que o Guedes e o Bozo arranjam das pessoas de la se meterem em favelas e nas ruas do RJ ao Maranhão pra virarem de vitimas de balas a criminosos.
    O progresso deles é deste tipo : O Diabo vendo que Deus fez um beija flor imediatamente fez um morcego….

    • Eduardo disse:

      Estas pessoas merecem uma vida melhor…chega de viver com a migalha do Bolsa Família…eles vão ter mais empregos e uma vida decente…o Brasil mudou e a militância do PTD ainda dnão viuj isto?

      • Lyz Zyl disse:

        E pq o governo nunca deu infraestrutura para elas desenvolverem projetps agricolas não é? Ah esqueci tinha de dar grana pras filhas de milicio, pro STF comer lagosta e pro Bozo ir na ONU dizer asneiras…

        • Valdir disse:

          Essas famílias foram remanejadas em 2003 no governo do Ladrão Lula. Por que os governos do PT (2003-2015) não deram infraestrutura para essas famílias?
          Ah! Sim, esqueci, tinham que dar milhões para a JBS, Cuba, Venezuela, pro Lulinha, pro “control C” “control V”, 11 milhões para a revendedora da Avon, pagar palestras, os superfaturamentos da Odebrecht, OAS, etc…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via