Gabinete de intervenção federal no Rio é prorrogado até dezembro de 2021

A Presidência da República prorrogou o funcionamento do Gabinete de Intervenção Federal no Estado do Rio de Janeiro até 1º de dezembro de 2021. A intervenção foi encerrada em 1º de janeiro de 2019.

A prorrogação do funcionamento foi assinada em decreto pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (23). Apesar de já estarem sem atuar desde o final do governo Michel Temer, o gabinete de 24 pessoas ainda tem como objetivo "realizar a gestão dos recursos orçamentários disponibilizados pela União, com foco na recuperação da capacidade operativa dos órgãos de segurança pública do estado do Rio de Janeiro."

O gabinete de intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro é vinculado diretamente à Casa Civil, comandada pelo general Walter Braga Netto, que foi o comandante das operações no Rio de Janeiro durante todo o ciclo, iniciado em fevereiro de 2018. Segundo dados do Portal da Transparência, o gabinete custou R$ 4,2 milhões aos cofres públicos este ano.

> Senado tenta votar nova Lei de Falências às vésperas do segundo turno
> Destaque da seleção, atacante Richarlison vira voz política entre jogadores

Continuar lendo