Templos religiosos e parques serão reabertos no Distrito Federal

Parques e templos religiosos voltarão a funcionar no Distrito Federal a partir da próxima quarta-feira (3). Decreto publicado neste sábado (30) pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) autoriza a realização de cultos, missas e rituais religiosos com algumas restrições. Os frequentadores de parques também terão de adotar medidas de prevenção à covid-19. Em ambos os casos o uso de máscara será obrigatório.

A norma faz parte da estratégia do governo do Distrito Federal de autorizar a retomada das atividades de maneira gradativa. Na última quarta-feira (27) os shopping centers reabriram. Várias lojas também já foram liberadas.

Pela manhã, Ibaneis justificou sua decisão de liberar parques e igrejas. “Ninguém pega transporte público para ir para a uma igreja: vai perto de casa. Parque é a mesma coisa”, disse à imprensa local.

De acordo com balanço divulgado nessa sexta-feira pela Secretaria de Saúde, o Distrito Federal soma 8.722 casos do novo coronavírus e 154 mortes decorrentes da doença.

Segundo o decreto, os eventos religiosos deverão ser realizados, preferencialmente, em locais com capacidade para mais de 200 pessoas. Os templos deverão oferecer aos fiéis produtos para higienização das mãos e dos calçados e aferir a temperatura deles na entrada. Pessoas com mais de 60 anos e crianças com menos de 12 não poderão participar. Devem ser mantidas fileiras de assentos vazias. Cada fiel deverá ficar distante no mínimo um metro e meio do outro. No Parque da Cidade, o maior do país,  será vedada a circulação de veículos.

Nos parques, que poderão funcionar das 6h às 21, serão liberadas apenas as pistas de corrida e de bicicleta. Áreas de possível aglomeração como bebedouros, equipamentos de ginástica e bebedouros ficarão interditados.

Ibaneis recebeu alta hospitalar hoje e foi direto para sua casa no Lago Sul, onde deu entrevista. O governador foi submetido a uma cirurgia de emergência na madrugada de terça-feira (26) após sentir fortes dores abdominais. Segundo os médicos, ele teve perfuração no intestino provocada por um osso de galinha.

> Acesse de graça por 30 dias o melhor conteúdo jornalístico premium do país

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!