Sob governo de direita, Reino Unido tem novo lockdown com multas de até R$ 72 mil

O Reino Unido iniciou nesta terça-feira (5) seu terceiro lockdown para conter a covid-19. Com o claro objetivo de impedir que as pessoas saiam de casa, o lockdown fechou escolas para a maioria dos alunos, determinou que as pessoas trabalhem em casa, se possível, e fechou todos os comércios e serviços não essenciais.

> “Contador de jacarés”: veja quantas pessoas já foram vacinadas contra covid-19

O desrespeito às novas determinações será punido com multas que podem chegar a £10.000 - no casos de reuniões com mais de 30 pessoas - o equivalente a cerca de R$ 72 mil.

As medidas restritivas adotadas pelo governo conservador de Boris Johnson deixam o Brasil ainda mais isolado na forma de combate à pandemia. Governos da esquerda à direita refutam o tom negacionista adotado pelo governo Jair Bolsonaro e, ao contrário do Brasil, adotam medidas de afastamento social para combater a propagação do vírus.

Além das medidas restritivas, o governo do Reino Unido anunciou um novo pacote de ajuda a empresas para ajudar a manter as pessoas empregadas até que as medidas sejam relaxadas, o que deve acontecer, na melhor das hipóteses, a partir de meados de fevereiro. O pacote está estimado em 4,6 bilhões de libras (R$ 33 bilhões).

"As próximas semanas serão as mais difíceis, mas realmente acredito que estamos entrando na última fase da luta, porque a cada vacina em nossos braços, estamos jogando as probabilidades contra a covid-19 e a favor do povo britânico", disse o primeiro-ministro Boris Johnson.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!