Queiroga é recebido com protestos na faculdade de Medicina da USP

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi recepcionado por uma manifestação em visita nesta quinta-feira (25) na Faculdade de Medicina da USP. Os gritos ecoavam principalmente críticas ao presidente Jair Bolsonaro e à atuação do governo federal em meio à pandemia de covid-19.

"Bolsonaro genocida! Mais vacina e menos cloroquina!", entoavam os manifestantes. Uma faixa também foi estendida e frente à faculdade lembrando das mais de 300 mil mortes em decorrência da covid-19.

A agenda de Queiroga, o quarto ministro a comandar a pasta desde o início da pandemia, em São Paulo incluiu uma reunião com a Congregação da Faculdade de Medicina da USP e visita ao ambulatório e ao Instituto Central do Hospital das Clínicas (ICHC).

Veja registros da manifestação:

Continuar lendo