PT apresenta notícia-crime contra bolsonaristas por ameaça à saúde pública

O Partido dos Trabalhadores (PT) apresentou uma notícia-crime contra o movimento “Soberanistas” por divulgarem  informações contrárias às orientações de saúde pública das autoridades sanitárias em relação ao combate à pandemia do Covid-19. A representação (leia a íntegra) foi apresentada no  Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) contra Valquíria Lopes, fundadora do movimento. 

> Tribunal suspende destinação de fundo eleitoral para combate à covid-19

Na representação as lideranças petistas acusam o movimento de instigar os comerciantes a restabelecerem suas atividades econômicas com “os preços lá embaixo”. Para os petistas o chamado incorre em crime “ao divulgar posturas que vão na contramão das medidas adotadas pela maioria das Nações já atingidas pelo novo coronavírus”.

O documento é assinado pela presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR) e pelos líderes do partido na Câmara, Enio Verri (PR), e no Senado, Rogério Carvalho (SE).

No vídeo denunciado pelo PT, Val Lopes afirma que as medidas de isolamento derivam de uma “histeria total” gerada por manipulação da mídia, deputados e governadores que têm o objetivo de derrubar o presidente Jair Bolsonaro. 

> Em carro de som, mulher convoca população a voltar às ruas no DF; assista

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!