“Não fui internado por muito pouco”, diz Maia sobre covid-19

Em primeira aparição pública após ter se recuperado da covid-19, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que seu período de isolamento foi um “sofrimento”. “Não é brincadeira, não é uma doença fácil. Eu cheguei a estar com 88% apenas de saturação. Mais de 20% do meu pulmão foi contaminado. Não fui internado por muito pouco”, afirmou ele.

Maia evitou retirar a máscara ao falar, por considerar que a proteção facial impede a propagação ampla do vírus. “De hoje até a vacina, todo lugar público em que eu estiver, vou estar usando a máscara”.

Maia participa nesta quinta-feira (8) do lançamento da agenda legislativa da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também compareceu ao evento e sinalizou sintonia com Maia. Os dois trocaram farpas dias atrás e se reconciliaram no início desta semana. “Estamos juntos nas reformas”, disse Guedes.

Maia também agradeceu a equipe que cuidou de sua saúde e fez aceno especial ao sistema público de saúde. “A reforma não vem para perseguir ninguém”, reiterou.

STF decidirá sobre depoimento de Bolsonaro sem Celso de Mello, o relator

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!