Governo edita MP que destina R$ 20 bilhões para vacinação contra covid-19

O governo editou Medida Provisória que abre crédito extraordinário no valor de R$20 bilhões em favor do Ministério da Saúde para implementar a campanha de vacinação da população contra a covid-19. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro durante a posse do novo ministro do Turismo, Gilson Machado, no Palácio do Planalto.

Os ministérios da Saúde e da Economia apontam que o valor será destinado às despesas com a compra das doses de vacina, seringas, agulhas, logística, comunicação e todas as despesas que sejam necessárias para vacinar a população. O valor não é destinado a nenhuma vacina específica e poderá ser utilizado conforme o planejamento e as necessidades do Ministério da Saúde.

"Já acertado, obviamente com a Saúde que, tão logo tenhamos uma vacina certificada pela Anvisa, ela estará à disposição de todos no Brasil, de forma gratuita e voluntária", disse o presidente, ressaltando a palavra "voluntária". O Supremo Tribunal Federal (STF) ainda decide nesta semana, porém, se a vacinação pode ser considerada obrigatória.

Veja a íntegra da MP, publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União 


> Bolsonaro veta banda larga em todas as escolas públicas até 2024
> Após ficar na UTI por covid-19, Osmar Terra segue minimizando a doença

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!