Maia diz que Pazuello é um “desastre” e que fará mal à imagem de militares

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez duras críticas à atuação do ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. Ao comentar a presença dos militares no governo, Maia disse admirar tanto o trabalho de Luiz Eduardo Ramos à frente da Secretaria de Governo como o  de Braga Netto na Casa Civil, mas disse que a condução de Pazuello é um desastre.

"Com o desastre que é o ministro da Saúde os militares vão perder o que ganharam de imagem nos últimos anos desde a redemocratização. Pode ser ótimo na logística Exército, mas na da Saúde é um desastre", afirmou.

As declarações foram dadas durante café da manhã com jornalistas na manhã desta quarta-feira (16).

Maia disse ainda que a formação dos militares é orientada para "comandar", não para "liderar", o que dificulta a atuação política.

> Governo negocia compra de 350 milhões de doses da Coronavac e outras vacinas

 

 

Continuar lendo