Governador do RS proíbe viagens de servidores para evitar Covid-19

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), editou um decreto nesta sexta-feira (13) recomendando a suspensão por 30 dias de viagens interestaduais e internacionais por parte de servidores do estado. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado.

O governo estadual também vai deixar de realizar no mesmo período "atividades de capacitação, de treinamento ou eventos coletivos". De acordo com o decreto, a iniciativa é para evitar a aglomeração de pessoas.

>Coronavírus coloca presidente, ministros e parlamentares em isolamento

Até o fechamento deste texto havia quatro casos confirmados de coronavírus no estado. No país todo são mais de 100 infectados com a doença. O governo federal ainda não baixou nenhuma resolução sobre viagens de avião.

Viagem do ex-presidente Lula cancelada

Em nota, a direção executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) do Rio Grande do Sul decidiu suspender todas as atividades relacionadas à visita do ex-presidente Lula ao estado, programada para os dias 20 e 21 de março.

> Em pronunciamento, Bolsonaro desestimula atos por risco de coronavírus

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!