Despachando do hospital, Bolsonaro segue sem previsão de alta

O boletim médico mais recente divulgado pela Presidência da República prevê que, após a retirada da sonda naso-gastrica, Jair Bolsonaro retome a alimentação normalmente nesta sexta-feira (16). Internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, desde a noite de quarta-feira (14), Bolsonaro foi diagnosticado com uma obstrução intestinal e segue sem previsão de alta.

Desde que foi internado, o presidente despacha do hospital. A chefia do Executivo segue sob seu comando, visto que o vice-presidente, Hamilton Mourão, está em Angola, de onde só deve retornar no domingo (18). Já o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), próximo na linha sucessória, poderia ser impedido de assumir o posto. Lira cumpre agenda na capital paulista e não descarta visita ao presidente.

Uma decisão do STF, de 2016, proíbe que a Presidência seja ocupada por réu na corte, como é o caso de Lira. Caso ele seja barrado, a vaga será ocupada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Segundo o jornal O Globo, Bolsonaro teria ligado para Lira ainda na quarta-feira, quando era transferido do Hospital das Forças Armadas, em Brasília, para São Paulo. Na conversa, teria dito pretender se licenciar da presidência até domingo. Porém, por enquanto, a licença não se confirmou.

> Processo no STF pode impedir Lira de assumir Presidência caso Bolsonaro se licencie

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo