Depois de liberar shopping, Blumenau pede socorro contra covid-19

Uma das primeiras cidades a reabrir os shopping centers durante a pandemia, Blumenau (SC) viu o número de casos de covid-19 explodir de lá para cá. O número de infectados cresceu 12 vezes em cerca de dois meses, passando de 81 casos para 951, conforme os últimos dados epidemiológicos.

> Infecção por covid-19 cresce em cidades que abriram o comércio; veja os dados

“Por favor, nos ajudem. Cada cidadão tem uma parte importante nessa caminhada. Nos ajudem a vencer o coronavírus. Mantenha o distanciamento social, lave as mãos, use álcool gel, use máscara, não saia de casa se você não precisar”, apelou o prefeito, Mario Hildebrandt (Podemos), em vídeo publicado nas redes sociais.

Uma gravação que viralizou mostra a entrada do público assim que um shopping da cidade foi reaberto, em 22 de abril, depois de 30 dias de isolamento social. Várias pessoas entrando ao mesmo tempo, provocando aglomeração, sem respeitar o distanciamento de 1,5 metro estabelecido pelas autoridades, ao som de uma apresentação musical. A reabertura do comércio havia sido autorizada pelo governo estadual. Na ocasião, Hildebrandt lamentou as cenas. “Quando vi essas imagens me veio um sentimento de tristeza, de amargura e até de frustração”, afirmou o prefeito.

A explosão de casos de covid no município foi comentada pelo youtuber Felipe Neto, em publicação que levou o nome de Blumenau à lista os assuntos mais comentados do Twitter.

“Lembra os cientistas dizendo que isso [a liberação do comércio] era a pior medida possível? Lembra a gente alertando que a única solução era o isolamento? Lembra os bolsominions debochando? Pois esse é o resultado de ignorar a ciência e acreditar num lunático”, escreveu Felipe Neto no Instagram. O youtuber tem feito campanha sistemática em defesa do isolamento social, medida apontada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a mais eficaz na prevenção à covid-19.

Ainda no vídeo de ontem, Hildebrandt pediu ajuda aos moradores e empresários do município para conter o avanço da doença. “Cada cidadão tem uma parte importante nessa caminhada. Nos ajude a vencer o coronavírus, mantenha o distanciamento social, lave as mãos, use álcool em gel, use a máscara, não saia de casa se não precisar sair”, pediu o prefeito.

> Em 24 horas, Brasil registra 1.185 óbitos por covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!