Covas mantém sangramento e segue sem previsão de alta

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), segue internado em um hospital da capital, sem previsão de alta. De acordo com novo boletim médico divulgado nesta quinta-feira (6), o tucano foi submetido a um exame de endoscopia digestiva, que evidenciou discreto sangramento residual no estômago.

Segundo o médicos, foi iniciado tratamento local com radioterapia para controle do sangramento. "O prefeito está recebendo todo suporte clínico necessário e seu quadro clínico é estável", diz o boletim.

Covas trata um câncer no sistema digestivo com metástase óssea. No domingo, o prefeito se licenciou por 30 dias do comando da cidade. O vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), está à frente do Executivo.

No início da semana, Covas foi intubado para a realização de um procedimento. O político foi extubado na noite desta segunda-feira (3) e recebeu alta da UTI.

> Em tratamento contra o câncer, Bruno Covas decide se licenciar do cargo

Continuar lendo