Confirmado o primeiro caso de infecção de deputado por coronavírus

O deputado Cezinha de Madureira (PSD-SP) é o primeiro integrante da Câmara a anunciar que está infectado com o novo coronavírus. Cezinha não esteve no exterior recentemente, mas teve contato com o senador Nelsinho Trad (PTB-MS), que está com covid-19 desde que participou da comitiva do presidente Jair Bolsonaro aos EUA.

Cezinha está em isolamento domiciliar. Segundo a assessoria, o deputado sentiu sintomas da doença no fim de semana e fez o teste no Hospital Sírio-Libanês. O resultado saiu na noite dessa segunda (16).

No primeiro mandato de deputado federal, Cezinha é pastor da Assembleia de Deus. Foto: Ag. Câmara

"O deputado está com quadro geral bom. Está em isolamento domiciliar e confia que iremos superar este momento a partir da união e do compromisso pessoal de cada cidadão", diz nota divulgada por sua assessoria. Até o momento pelo menos 14 pessoas que participaram de encontro com o presidente Jair Bolsonaro nos EUA ou que viveram com ele no mesmo avião confirmaram estar infectadas.

No último domingo o presidente descumpriu as recomendações médicas de evitar contato com outras pessoas ao participar do ato em favor de seu governo. Segundo ele, os testes feitos semana passada indicaram que ele não está com o coronavírus. Novo exame deve ser realizado esta semana. Nos bastidores em Brasília, é grande a suspeita de que o presidente e seu filho Eduardo estejam infectados.

Em seu primeiro mandato de deputado federal, Cezinha de Madureira tem 46 anos e é pastor da Assembleia de Deus Ministério Madureira.

> Coronavírus: prevenção, sintomas e o mapa atualizado da covid-19

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!