Cinemas e teatros passam a ser liberados no Distrito Federal

O governo do Distrito Federal decidiu liberar atividades coletivas como cinema, teatro, além de piscinas com a determinação de protocolos de segurança. O decreto deve ser publicado nesta quinta-feira (3) no Diário Oficial do DF.  As informações são do jornal Correio Braziliense.

>Reforma administrativa vai acabar com promoção por tempo de serviço

Para cinemas e teatros as medidas de segurança previstas são: disponibilização de álcool em gel para higienização de mãos e calçados, fileiras ocupadas devem ser intercaladas por fileiras desocupadas, os ingressos devem ser vendidos exclusivamente online, a distância mínima entre as pessoas deve ser mantida, o número de espectadores fica limitado a 6 pessoas, uso obrigatório de máscaras e higienização do ambiente.

Para as piscinas recreativas, ficam autorizadas piscinas em ambientes abertos com um atleta por raia, respeitando o distanciamento de 2,5 metros por pessoa, ou seja, as raias devem ser ocupadas de forma intercalada, os vestiários devem ter limite de uso de duas pessoas por vez e higienização do local deve ser feita pelo menos duas vezes ao dia.

O decreto também vai alterar regras de locais já autorizados. Nos parques ficam autorizadas as demais áreas com a exceção dos equipamentos de musculação. O horário de funcionamento permanece entre às 6h da manhã até às 21h.

Nas igrejas, templos e locais religiosos será revogado o trecho que determina alternância de pelo menos 2h entre as celebrações presenciais. Nas academias passa a ser permitido o uso de bebedouros, aulas coletivas e uso de chuveiros. Permanece a obrigatoriedade do uso de máscaras.

>Procuradores da Lava Jato em São Paulo pedem demissão coletiva

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!