Suspeita de coronavírus atinge seis estados e nove pacientes no Brasil

O Brasil já registrou nove casos suspeitos de coronavírus. Os casos foram registrados em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O Ministério da Saúde já recebeu 33 notificações de municípios, sendo que nenhum caso foi confirmado ainda.

> Coronavírus acende alerta mundial, veja o que se sabe até agora

Também já foram registrado quatro casos que foram descartados na sequência, ou seja, chegaram a ser classificados como suspeita, mas após uma investigação foi descartada a possibilidade de se tratar do vírus. Outros 20 casos não apresentaram os requisitos mínimos para serem enquadrados como suspeita.

Os profissionais de saúde estão sendo orientados a fazerem ao menos três perguntas para todos os pacientes que ingressarem nos hospitais: Você tem febre? Você tem sintomas respiratórios? Você viajou nos últimos 14 dias para a China? Caso as três respostas forem positivas, o paciente receberá uma máscara e será enviado para um local isolado.

 

Histórico do novo Coronavírus
O novo coronavírus é um novo tipo de vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentemente registrados na China. De acordo com o Ministério da Saúde, os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.


Transmissão
A disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por contato, é confirmada como um dos motivos de possível transmissão. Contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos e transmissão dos coronavírus pelo ar também costumam ocorrer.

Infectados no Brasil
Na semana passada, o Ministério da Saúde implementou um Centro de Operações de Emergência (COE) - Coronavírus, que tem como objetivo instruir a rede pública de saúde brasileira para o atendimento de possíveis casos no país. O alerta vermelho se acendeu após a Secretaria de Saúde de Minas Gerais anunciar um caso suspeito do vírus no estado. Esse caso foi descartado pelo Ministério como um caso da doença.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!