Brasil deve se preocupar com roubo de vacinas contra covid-19, diz deputado

Presidente da Comissão Externa do Coronavírus da Câmara dos Deputados, o deputado Dr. Luizinho (PP-RJ) diz que o país deve se preocupar com problemas práticos em relação à eventual vacina contra a covid-19. Entre as preocupações adiantadas pelo parlamentar estão a segurança das vacinas em postos de saúde e a estabilidade do sistema elétrico para mantê-las sob refrigeração adequada. 

Agência Câmara
“Nós precisamos nos organizar para distribuição desta vacina. Não vamos poder tê-la em todos os postos de saúde porque será um produto que valerá ouro, então, para não ser roubada, ela deverá ficar num centro que tenha mais capacidade de segurança”, diz. 

Outro ponto importante nesta organização da infraestrutura para a vacina, prevê, é a estabilidade do sistema elétrico, já que a vacina deverá ser mantida sob refrigeração. “Se ficar em um postinho que cai a luz toda hora, vai estragar”. 

Presidente da comissão que tem acompanhado de perto a evolução da pandemia de coronavírus no Brasil, Dr. Luizinho não vê o país entrando em uma segunda onda, porque “nunca superou a primeira”. 

Segundo ele, as aglomerações causadas pelo processo eleitoral são as responsáveis pelo aumento do número de casos registrado no país nos últimos dias.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!