Congresso em Foco

Temer e Meirelles, seu fiel escudeiro na política econômica

Temer assina medidas provisórias do ajuste fiscal e prepara prorrogação de Refis

30.10.2017 21:35 4

Reportagem

4 respostas para “Temer assina medidas provisórias do ajuste fiscal e prepara prorrogação de Refis”

  1. Nestor Oliveira disse:

    Essa foto ilustrativa é estupenda: o banqueiro acena com o v da vitória; e para quem pergunta quem vence quem, o pato manco aponta: “perguntem pra ele! “

  2. Nestor Oliveira disse:

    O governo da inépcia e da vergonha agora vem com mais uma lambança, a expressar seu desespero. As duas medidas não têm chance de prosperar e o governo-zumbi sabe disso e quer criar os ‘bodes na sala’. A sustação do reajuste vai ser derrotada no Supremo, em razão da mais deslavada incompetência (nos dois sentidos): a palhaçada incorre no erro de ‘comportamento contraditório” (vedação do ‘venire contra factum proprium’), até porque as condições precárias do fisco já estavam presentes à época concessão (sem falar no barbarismo de punir todos os níveis salariais, sem gradações). O aumento da contribuição previdenciária constitui, na situação atual, verdadeiro confisco, por várias razões técnicas, que podem ser sintetizadas nas seguintes: (1) os proventos de aposentadorias acima do teto da previdência básica não são mais pagos pelo Tesouro, mas sim pelos respectivos fundos de pensão, e os servidores já pagam a mais para isso. Assim, o que se pretende de forma insidiosa é promover redução de salários para os que não estão submetidos ao novo regime. (2) Além disso, a imposição da medida por MP não será admissível, por não se tratar de medida urgente que não possa passar pelo processo legislativo abreviado .Este governo continua drenando as energias do País, em nome do personalismo impenitente

    • cleide disse:

      Amigo, vivemos tempos sombrios. Não sei se o CN prezará a legalidade. A Constituição e direitos não existem mais.

      • Nestor Oliveira disse:

        Bota sombrio nisso, Cleide. Esta matéria já começou a ser tratada na imprensa e nos meios em geral como parte das “medidas de ajuste fiscal” (Ah, bom, quem pode ser contra?). Não nos deixemos enganar: em tempos de ‘fake news’ temos que ter presente o seguinte caveat: esta matéria não será destacada ou tratada imparcialmente nos meios de comunicação, por um motivo simples. A GRANDE MAIORIA DOS JORNALISTAS SÃO RESSENTIDOS COM OS SERVIDORES PÚBLICOS, por alimentarem um sentimento demasiado humano, A INVEJA. Alguns poucos têm críticas analíticas e bem fundadas sobre o caos no serviço público e suas mazelas clamorosas e repugnantes, mas a maioria gostaria mesmo é de estar lá – pena que não dá pra todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via