Congresso em Foco

STF desobriga filiação à UNE e à Ubes para emissão de carteirinha

29.12.2015 17:17 19

Reportagem

19 respostas para “STF desobriga filiação à UNE e à Ubes para emissão de carteirinha”

  1. Sugiru Kifuja disse:

    Chupa UNE! Vai secar o dindin das carteirinhas!

  2. Lenin Ivanovitch disse:

    Uma das poucas coisas boas do ano… CUT, UNE e MT
    ST são um câncer alimentado com nosso dinheiro, bando de asseclas do 9dedos PeTe, parasitas que em um país decente seriam considerados como organizações criminosas.

    • Painho, Rei do Gado Asinino disse:

      Pô, Vladimir Ilitch, qué sacaniá com nóis?

      Ainda bem que não citou o MST que tanta produção agrícola traz para nosso país nessas “centenas” de assentamentos bem sucedidos espalhados pelo país conforme é de conhecimento público.

      E num provóca não sinão vou mandar o cumpanhêro Stedile colocar os exército dele nas ruas !

  3. mariossergio disse:

    A vez da UNE já passou, junto com o fim da ditadura. Hoje não passa de outro movimento como MST, MTST, CUT etc, cujo objetivo é arrecadar.

  4. Eddie Sampaio disse:

    A une é formada por um bando de vagabundos que não tem compromisso com a educação mas somente com o governo CORRUPTO do pt.

  5. Mario Paes disse:

    “A Constituição Federal garante que ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a se manter associado” Portanto, deveria valer para todos os profissionais como médicos, advogados, engenheiros, corretores de imóveis e dai por adiante.

  6. Manoel Peixoto disse:

    Decisão correta. O controle da emissão das carteiras deve mesmo ficar com as entidades municipais, os grêmios estudantis das escolas, e os centros acadêmicos das faculdades. A UNE e a UBES são entidades elitizadas e partidarizadas que não fazem nada pelos estudantes no seu dia-a-dia. Agora sim a lei vai cumprir com sua meta de oferecer uma fonte de rendimento aos grêmios e centros acadêmicos. Quanto a questão da OAB esse é outro assunto, que não tem a ver com essa lei. Quem é contra a prova de ordem e a filiação a OAB são os semi-analfabetos piada que não conseguem passar naquela provinha fácil que eu por exemplo gabaritei. Sorte dos clientes que esses bacharéis em direito com diploma de fundo de quintal não podem exercer a advocacia. Imagina o aumento no número de petições analfabetas e ridículas que serviriam apenas de piada entre os magistrados, já são mlhares, seriam milhões. Adevogado (os aprovados na OAB) já são uma escória, que nem em um concurso de defensor público conseguem passar, imagine se os semi-analfabetos que não passam na prova da OAB pudessem exercer a advocacia? Esses deveriam ser executados em praça publica, pelo método medieval do esquartejamento por cavalos, por terem comprado um diploma a prazo com o objetivo de macular a sagrada profissão do Direito.

    • Valdir disse:

      E por ironia, a liminar foi concedida por um “Adevogado”….KKKKK

      • Henry disse:

        É.. tomou bomba 2x no concurso para a primeira instância… como “castigo” foi nomeado para a Corte Constitucional… local onde só deveriam estar sentados a nata da nata do judiciário…

    • Henry disse:

      Cara…até dá para entender ser favorável a prova da OAB… eu tb fiz, a prova é ridícula e se o cara não passa nela, não pode ser advogado…e acho correto sim ter a prova na OAB, como deveria ter para as outras profissões que possam, teoricamente, trazer muitos prejuízos (médicos, engenheiros, etc)…
      Mas… executar pessoas em praça pública não condiz com um mínimo de respeito e tolerância ao ser humano…
      E por falar em não passar em concurso público.. isso não é relevante em nosso país, pois do Dias Toffoli tomou bomba em dois concursos para juiz e hoje é Ministro da mais alta corte do país….
      Deveria ser uma corte composta só por membros do judiciário ( em sua maioria) e pelo Ministério Público Federal ( em sua minoria ), tipo 9 membros do judiciário e 2 membros do MP…
      Sem qq interferência do Judiciário ou do Legislativo na escolha.. afinal, não é para termos a independência e separação dos poderes ???

  7. Michel Carvalho disse:

    Ótima notícia. Se acabassem também com o imposto sindical que só serve para enriquecer pelegos seria excelente.

    • Painho, Rei do Gado Asinino disse:

      Pô, cumpanhêro, assim a OCrim leva à falência seu braço armado do sindicalismo.

      Cut é um apêndice da OCrim lulomãedioqueira.

      • Painho, Rei do Gado Asinino disse:

        Trabaiadô que é trabaiadô faz manifestação em dias de semana. Coxinha prayboy faz aos Domingos, dia de descanso dos trabaiadô!

        Se cortar o Imposto Sindical ( inconstitucional – “É livre a associação…”) como é que nós vamos poder comprar aqueles coletes bunitos, reluzentes pra nóis ir nas manifestações de dia de semana?

        E mais: como que nóis vai poder pagar o Kit Manifestação pros zémortadelas?

  8. Alexandre Da Silva Chaves disse:

    Ele deveria ter a mesma opinião quanto ao exercício da profissão de advogado. Por que ser obrigado a ser filiado a OAB?? Esse corporativismo ele não foi contra, pelo contrário votou pela manutenção quando teve oportunidade

  9. Luiz Melo disse:

    Uma das melhores notícias do ano. Quebrado o monopólio desta entidade que não serve para nada e que vivia desta mamata sem entregar nada de volta à sociedade.
    A única coisa que a UNE produziu foi aquele corrupto disfarçado de cara pintada chamado Lindbergh Farias.

  10. Henry disse:

    A UNE vive da glória de tempos passados, onde ALGUNS estudantes da união lutaram pela educação… desde 2002, a UNE virou um penduricalho do governo, mamando nas verbas e ficando calada diante de toda a corrupção que assolou/assola o país..
    A UNE não tem moral alguma para pleitear representar quem quer que seja.. aliás, tem sim, ela representa o governo do PT…

  11. ELISEU TEIXEIRA disse:

    esta une é mesmo um parasita do governo com este elo ela quer angariar fundos para fazer farra porque como orepresentação dos estufdANTES É IGUALZINHO AOS DIREITOS HUMANOS “nunca feze nunca fará nada” imbecis ladrões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via