Congresso em Foco

Que Dilma vem aí?

27.10.2014 09:08 11

Reportagem Em
Publicidade

11 respostas para “Que Dilma vem aí?”

  1. matheus disse:

    Por que diálogo apenas com o empresariado? Que eu saiba, esse já tem lobbistas de sobra no Congresso. Não precisa de “diálogo” porque já arranca tudo o que quiser na porrada.
    Precisa de diálogo com os movimentos sociais de base popular, esses sim bastante pisoteados no governo Dilma, até mesmo com “decretos de lei e ordem” que põem o país num virtual estado de sítio permanente.
    Falta diálogo com as minorias sexuais e étnicas, com operariado (e não apenas com o sindicalismo governista), com os estudantes (e não apenas com a UNE), com o “baixo clero” do serviço público (aquele que não usufrui dos grandes privilégios da “casta burocrática” de promotores, juízes, oficiais militares e políticos).
    Os empresários já foram muito bem atendidos naquilo que os interessa: lucros, lucros e mais lucros. Não sei porque ainda querem afagos, agindo feito crianças mimadas que ganham todos os presentes que desejam e ainda assim vivem de birra com tudo e todos. Quem sabe porque esses riquíssimos proprietários e executivos tenham sido crianças ricas extremamente mimadas, e nunca superaram isso. Para os debaixo a exigência de ser adulto vêm muito mais cedo, até mesmo (na prática, e à revelia da lei) a maioridade penal. Para os riquinhos brasileiros, parece que a infância de filhos mimados nunca acaba.

  2. Hilton Fraboni disse:

    Não se iludam, no sistema viciado aparelhado pelo estado é IMPOSSÍVEL
    derrotar o partido que governa o Brasil. Sempre haverá uma “brecha” para
    que a criminalidade institucional opere sem ser questionada.
    Como
    pode ser concebível que um dos lados da competição seja a chefe de TODO
    aparato estatal, inclusive do ministro que rege, julga e executa as leis
    concernentes ao pleito? Questionamos a campanha da presidente candidata
    com o uso da máquina pública a seu favor, a falta de atitude em tempo
    hábil do TSE que fez vistas grossas para as acusações, difamações e
    criminalização dos opositores, inclusive postando fotos do concorrentes
    como se bandidos fossem. Questionamos a troca do ministro do TSE por
    outro vinculado ao governo… Se não há provas de ilicitude, pelo menos
    existem indícios de atitudes inconvenientes, faltou ética e
    imparcialidade para o momento.
    O Brasil precisa ser auditado sim, mas
    por um quarto ou quinto poderes e não por estes três sem credibilidade e
    que na verdade são UM.

    • gilson disse:

      Nos EUA também estariam presos o Aécio e seu AEROPORTO. O ALCKMIN e seu esquema no METRODUTO e seus comparsas de cartel. o AZEREDO O SEU mensalão Tucano etc…..deixa de ser hipócrita, todos os partidos há focos de corrupção, onde vc acha que PSDB e p
      PT arrumaram mais de 300 milhões para campanha politica.

    • gilson disse:

      Deve ser por isso que aqui em SP o TUCANADO , não larga o osso, uso da maquina publica né, porque violência sem limites, falta d agua. falta serviço de saúde, so delinquentes na rua, todos tem arrastão e o povo que se diz bem instruído vota no tucano se fosse no nordeste diria que são desinformados. quanta hipocrisia né , lá tem bolsa família aqui também tem mas aqui pode , lá não são chamados de vagabundos quanta hipocrisia, aqui bolsa aluguel ,lá não pode quanta hipocrisia.

  3. LÚCIFER disse:

    Separar as Regiões Sul e Sudeste (exceto, Minas – eterna traidora – Gerais) do Norte e Nordeste?

    Seria ótimo!

    De imediato, os setores produtivos retomariam fôlego. Também retornariam os investimentos externos (ninguém mais está investindo dinheiro aqui, para o PT distribuir para analfabetos funcionais e acomodados), a Bolsa de Valores subiria e o dólar cairia.

    Não que o nordestino seja vadio. É um povo que possui o DNA de trabalhador. Oriundo de região inóspita, o sertanejo não é extrativista; sempre precisou tirar o sustento arando em terra árida. Os que vieram para cá, ajudaram a construir São Paulo. Ocorre que FORAM CRIMINOSAMENTE CORROMPIDOS pelo assistencialismo perpétuo. Os anos passam e essa corrupção (assistencialismo) só cresce; levando os setores produtivos do país (concentrados no Sul e Sudeste) à exaustão.

    A divisão do país é explicita e irrefutável; pode ser vista nos números da economia e todos estão enxergando isso. Inclusive, a população desses “territórios” (para ser Estado, é necessária autonomia financeira, quem vive à custa do dinheiro da União é Território da mesma).

    Vamos deixar de ser hipócritas… Eles não gostam de nós, nós tampouco gostamos deles.

    Se a maioria do povo dos Estados do Sul e do Sudeste assim desejar, acho mais do que justo a separação… Já que a Dilma fala em plebiscito, por que não fazê-lo para decidir isso? Por que devemos continuar PAGANDO A CONTA DOS OUTROS?

    Quem quiser ficar aqui, será muito bem vindo. Principalmente, os nordestinos erradicados aqui; os quais já consideramos como “paulistas”. Afinal de contas, gatinho que nasce no forno não é bolo! Aqui, quando tomam contato com a nossa cultura (de trabalho e responsabilidade), desenvolvem todo o seu enorme potencial produtivo… Acredito que, sem o dinheiro dos Estados do Sul e do Sudeste, o povo do Norte e Nordeste também vai se beneficiar; quando a água bate na bunda, o sujeito aprende a nadar.

  4. Guest disse:

    Separar as Regiões Sul e Sudeste do Norte e Nordeste?

    Seria ótimo!

    De imediato, os setores produtivos retomariam fôlego. Também retornariam os investimentos externos (ninguém mais está investindo dinheiro aqui, para o PT distribuir para analfabetos funcionais e acomodados), a Bolsa de Valores subiria e o dólar cairia.

    Não que o nordestino seja vadio. É um povo que possui o DNA de trabalhador. Oriundo de região inóspita, o sertanejo não é extrativista; sempre precisou tirar o sustento arando em terra árida. Os que vieram para cá, ajudaram a construir São Paulo. Ocorre que FORAM CRIMINOSAMENTE CORROMPIDOS pelo assistencialismo perpétuo. Os anos passam e essa corrupção (assistencialismo) só cresce; levando os setores produtivos do país (concentrados no Sul e Sudeste) à exaustão.

    A divisão do país é explicita e irrefutável; pode ser vista nos números da economia e todos estão enxergando isso. Inclusive, a população desses “territórios” (para ser Estado, é necessária autonomia financeira, quem vive à custa do dinheiro da União é Território da mesma).

    Vamos deixar de ser hipócritas… Eles não gostam de nós, nós tampouco gostamos deles.

    Se a maioria do povo dos Estados do Sul e do Sudeste assim desejar, acho mais do que justo a separação… Já que a Dilma fala em plebiscito, por que não fazê-lo para decidir isso? Por que devemos continuar PAGANDO A CONTA DOS OUTROS?

    Quem quiser ficar aqui, será muito bem vindo. Principalmente, os nordestinos erradicados aqui; os quais já consideramos como “paulistas”. Afinal de contas, gatinho que nasce no forno não é bolo! Aqui, quando tomam contato com a nossa cultura (de trabalho e responsabilidade), desenvolvem todo o seu enorme potencial produtivo… Acredito que, sem o dinheiro dos Estados do Sul e do Sudeste, o povo do Norte e Nordeste também vai se beneficiar; quando a água bate na bunda, o sujeito aprende a nadar.

  5. Guest disse:

    Separar as Regiões Sul e Sudeste do Norte e Nordeste?
    O populismo e as políticas assistencialistas do PT dividiram o país de fato… Por quê não dividi-lo de Direito?

    Seria ótimo!

    De imediato, os setores produtivos retomariam fôlego. Também retornariam os investimentos externos (ninguém mais está investindo dinheiro aqui, para o PT distribuir para analfabetos funcionais e acomodados), a Bolsa de Valores subiria e o dólar cairia.

    Não que o nordestino seja vadio. É um povo que possui o DNA de trabalhador. Oriundo de região inóspita, o sertanejo não é extrativista; sempre precisou tirar o sustento arando em terra árida. Os que vieram para cá, ajudaram a construir São Paulo. Ocorre que FORAM CRIMINOSAMENTE CORROMPIDOS pelo assistencialismo perpétuo. Os anos passam e essa corrupção (assistencialismo) só cresce; levando os setores produtivos do país (concentrados no Sul e Sudeste) à exaustão.

    A divisão do país é explicita e irrefutável; pode ser vista nos números da economia e todos estão enxergando isso. Inclusive, a população desses “territórios” (para ser Estado, é necessária autonomia financeira, quem vive à custa do dinheiro da União é Território da mesma).

    Vamos deixar de ser hipócritas… Eles não gostam de nós, nós tampouco gostamos deles; pelo menos, quando estão em sua terra natal, vivendo à nossa custa.

    Se a maioria do povo dos Estados do Sul e do Sudeste assim desejar, acho mais do que justo a separação… Já que a Dilma fala em plebiscito, por que não fazê-lo para decidir isso? Por que devemos continuar PAGANDO A CONTA DOS OUTROS?

    Quem quiser ficar aqui, será muito bem vindo. Principalmente, os nordestinos erradicados aqui; os quais já consideramos como “paulistas”. Afinal de contas, gatinho que nasce no forno não é bolo! Aqui, quando tomam contato com a nossa cultura (de trabalho e responsabilidade), desenvolvem todo o seu enorme potencial produtivo… Acredito que, sem o dinheiro dos Estados do Sul e do Sudeste, o povo do Norte e Nordeste também vai se beneficiar; quando a água bate na bunda, o sujeito aprende a nadar.

  6. wormstand disse:

    Minha cara Valentina !! No Brasil quem manda são 1/2 duzia de 3 ou 4 e enquanto não houver concorrencia real isto aqui não vai sair do lugar até afundar de vez !!!!
    A Monica Bergamo da Folha (promotra de pesquisas fajutas para cabalar votos dos 55% de semi analfas que votam) disse que vão tornar Ministro da Economia em lugar do Manteiga (vagabunda) , o Presidente do Bradesco, que junto com o Itau manda no mercado bancário. O Bradesco junto com o Itau ganhou uma concorrencia para fazer 21 sondas para Petrobras, por meio de uma empresa criada por eles, a Sete Brasil, empresa que nunca construiu nenhuma, nunca, até hoje !!!
    E até melaram a concorrencia vencida por outrem para dar a empreitada para a Sete.!!!!!! E pagaram (Petrobras) com mais 5 sondas a concorrente desprezada !!!!
    O que esperar deste país ??????????????????????

  7. Valentina Shutaeskova disse:

    A Dilma que vem aí , é aquela mesma de sempre : arrogante , mandona , que pensa que tudo sabe e não delega.
    Passou os três primeiros anos encastelada sem que a ninguém a visse.
    Depois das manifestações de junho de 2013 , saiu da toca que nem uma barata tonta querendo fazer algo , e fez o Mais Medicos , programa marqueteiro e sem futuro.
    Quando quis fazer algo saído de sua cachola limitada , arrebentou com o sistema elétrico brasileiro que deve 60 bilhões e os consumidores vão pagar.
    Sem contar que vai chegar uma hora que o petrolão vai pegar fogo e o impeachment da Dilma será inevitável. Por encobrir os fatos ou por omissão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via