Congresso em Foco

Estatuto do Desarmamento levou à destruição em massa de armas em circulação no Brasil

Quase 100% aprovam revogação do Estatuto do Desarmamento em enquete do Senado

06.10.2017 21:53 12

Reportagem

12 respostas para “Quase 100% aprovam revogação do Estatuto do Desarmamento em enquete do Senado”

  1. Rick Mantovani disse:

    Absurdo: ***Já a presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), a senadora Regina Sousa (PT-PI), é contra um plebiscito em um momento em que a população se sente insegura. Comunista sim, aposto que adorou a aprovação da Restrição do Uso da Arma Branca, e a próxima? Será Autorizar Meliantes nos visitar a qualquer hora?
    Isso não podemos aceitar.

  2. Wellington ( BRASILEIRO 15 ) disse:

    COM À REALIZAÇÃO DE UM PLEBISCITO EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL
    TODOS OS BRASILEIROS VOTARIAM A FAVOR PARA (LIBERA-SE À VENDA E COMERCIALIZAÇÃO DAS ARMAS DE FOGO ! ! !
    ASSIM COMO EXIGÊNCIAS PARA ESTE PORTE DE ARMA PASSARIA POR TREINAMENTOS EM LOCAIS LICENCIADOS E CONVENIADOS AO EXERCITO E POLICIA FEDERAL ! ! !
    PARA QUE POSSA FORNECER TREINAMENTO E CONDIÇÕES PSICOLÓGICAS PARA QUE SE TENHA O USO DA ARMA DE FOGO ! ! !

  3. FREDERICO HAUPT BESSIL disse:

    Os desarmamentistas afirmam que com mais armas em circulação aumentam as chances de conflitos fatais. De fato, nos EUA, com toda a repressão policial, leis de “tolerância zero” e com todos os recursos que a nação mais rica do mundo direciona para a educação, são rotineiras as chacinas – como a recentemente ocorrida em Las Vegas. Os defensores do Estatuto do Desarmamento asseveram que isso ocorre, com mais freqüência naquele país, por ser mais fácil adquirir uma arma de fogo. Ademais, conforme dados do Instituto Avante, os índices de homicídios caíram consideravelmente, desde que o Estatuto foi aprovado, justificando um maior controle no Brasil.

    Todavia, pesquisas divulgadas no Jornal da Cultura demonstram que grande parte da população é a favor da revogação do Estatuto, para facilitar o porte de arma ao cidadão honesto, sem antecedentes criminais, que se mostrar apto. Nesse sentido, advoga-se que o Estado brasileiro não consegue fazer o devido controle das armas que entram ilegalmente no país, deixando a população desarmada contra os bandidos. Outrossim, um artigo divulgado pelo Instituto Mises demonstra que, nos Entes Federados americanos que mais restringem o porte de arma, as taxas de homicídio são maiores que em outros Estados nos quais há uma política mais liberal quanto ao uso de tais artefatos defensivos.

    Não obstante, os indivíduos têm o direito fundamental à vida, à liberdade, e à propriedade. Nesse contexto, o eminente jurista Luiz Flávio Gomes assevera que cabe ao Estado permitir que cidadãos aptos possam portar armas legalmente, fiscalizar a comercialização e, principalmente, punir os transgressores da lei com eficácia e efetividade. Assim, os direitos humanos da população, que hoje está indefesa contra criminosos armados, estarão mais protegidos, desde que os incidentes fatais delituosos sejam duramente reprimidos.

  4. VVB2003 disse:

    SÓ A POLÍCIA E OS BANDIDOS ANDAM ARMADOS, É POR ISSO QUE OS BANDIDOS DEITAM E ROLAM, SABEM QUE VÃO ENCONTRAR UMA POPULAÇÃO DESARMADA E INDEFESA, TEMOS O DIREITO SIM DE PORTAR ARMA PARA DEFESA PRÓPRIA, FAMÍLIA E PROPRIEDADE.

  5. Fantomas disse:

    E depois dizem que estamos numa democracia. Políticos de merd@ o povo quer a revogação do desarmamento. Entenderam ou precisa fazer um desenho?

  6. Alexandre Garcia disse:

    Essa senadora é da mesma estirpe dos que nos cerceiam o direito a defesa. Que ela continue assim e vai ver o resultado nas proximas eleições. Ninguém aguenta mais esses politicos politacamente corretos, certinhhos, que só querem direito para bandido, como eles no caso, e o cidadão que fique desarmado e que se dane. parabéns ao Sen. Wilder Moraes. Que sua proposta vá a frente e prospere. Nós cidadãos comuns, sem foro, sem poder de policia e sem guarda costas pagos pelo estado precisamos mesmo disso.

  7. Valdir disse:

    É isso aí! Eu tenho que, no caso de algum bandido entrar na minha casa, lutar com ele em completa desvantagem. Tenho que dar uns bons tapas no sujeito, tomar-lhe a arma para só então mandar o infeliz pro inferno!
    E o pior é que depois ainda vou preso, sem direito a responder em liberdade, pois não tenho foro privilegiado e não faço parte da quadrilha de políticos, e ainda serei massacrado pelos “direitos dos manos”.
    Foi isso que esses comunistas bandidos fizeram com o país.
    FFAA JÁ!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via