Congresso em Foco

Superlotação: de 1990 até 2012, a população prisional no Brasil cresceu seis vezes

População carcerária cresce seis vezes em 22 anos

10.01.2014 07:30 32
Atualizado em 12.01.2014 09:19

Reportagem
Publicidade

32 respostas para “População carcerária cresce seis vezes em 22 anos”

  1. Luiz Carlos Paciullo disse:

    Ou seja; devolvem o monstrinho para a “fábrica” que o produziu.

  2. Junior Gilberto disse:

    a brutalização da sociedade não é projeto socialista ou religioso, mas um projeto político e econômico, um dos setores mais rentáveis economicamente é o setor de seguros, o sistema econômico incentiva a miséria e a violência pois é mais lucrativo!.. enquanto você critica socialistas, religiosos e humanistas, a elite está lucrando, e estão super felizes com a situação, e esse tipo de análise que você está fazendo que não atinge dois palmos além do seu próprio nariz, pois caráter e psique não é algo que surge naturalmente em cada pessoa, é algo construído socialmente pelo meio em que vivemos, sua análise está servindo para multiplicar os lucros e blindar ainda mais a elite, parabéns!

    • Luiz Carlos Paciullo disse:

      O caráter e a psique são formados no indivíduo, até uma certa idade. Depois de já formados (mal formados), o caráter e a psique não podem ser reformados. Pessoas como você, que IMPÕE o absurdo de que é possível transformar um facínora em homem de bem, ou seja, transformar a natureza (já formada do indivíduo) de um latrocida na natureza de um trabalhador de boa fé, são os responsáveis pelas leis frouxas, inspiradas em ideologia e/ou religiosidade e sem nenhum lastro de pragmatismo ou de cunho científico. E é esta legislação totalmente alheia à realidade que vivemos nesse país, que está proporcionando tanta impunidade e estimulando ainda mais a criminalidade.

      Vagabundo é vagabundo e quem defende vagabundo é cúmplice dos ilícito por ele praticados.

      A MISÉRIA NADA TEM A VER COM A DELINQUÊNCIA… POIS, A ÚNICA COISA QUE QUE TODO DELINQUENTE TÊM EM COMUM É O MAU CARÁTER E A MÁ ÍNDOLE… Ou você conhece algum delinquente de bom caráter e de boa índole?

      Os piores e mais violentos delinquentes não são miseráveis. São os mafiosos, que usam terno Armani e gravata de seda italiana. Se a pobreza fosse o fator determinante para a existência de bandidos, obviamente a maioria dos pobres não seria composta de gente honesta.

      Você deixa transparecer a doutrinação ideológica esquerdopata, a qual impõe a falácia de que pobreza é sinônimo de delinquência; desconsiderando o raciocínio matemático que explica o fato de a maioria dos delinquentes ser composta de pobres, pela simples e irrefutável razão de que a maioria das pessoas são pores!

      Outro engano causado pela limitação intelectual de quem teve uma formação cultural ideológica (ao invés de científica) é dizer que a Polícia só mata pobre… Ora, exceções a parte, a Polícia mata quem a enfrenta à mão armada. Você acredita que se estivessem soltos, Fernandinho Beira Mar e/ou Marcola estariam portando armas e trocando tiros com a Polícia? é claro que não! A “Pirâmide Social” existe também no submundo do crime organizado, onde os mais inteligentes, hábeis e dinâmicos administram e comandam as “bases”, compostas pelos menos inteligentes (“burros”), acomodados e incapazes; os quais, fazem o chamado “serviço sujo” (pegam em armas, morrem trocando tiros ou ficam “sentados” sobre os flagrantes).

      Esta é a REALIDADE do mundo do crime, que os teóricos acadêmicos e os burocratas forenses (que só mantém contato com réus presos e já doutrinados pelos advogados) não conhecem.

      • Junior Gilberto disse:

        Quando você fala em mafiosos que usam armani e gravata italiana, achei que estava falando de políticos e grandes empresários que lucram com a miséria alheia; ia até concordar nesse ponto com você, mas no final você falou do Beira-Mar e Marcola, então acho que era à eles que estava se referindo correto? e se eles são os piores pq estão preso, e a criminalidade continua aumentando ??

        Quanta formação científica hein? rss.. sua formação intelectual não possui formação ideológica ??.. quanto inocência..

        “O caráter e a psique são formados no indivíduo, até uma certa idade. Depois de já formados (mal formados), o caráter e a psique não podem ser reformados” São formados por quem por uma entidade enigmática, fora desse mundo ?? ou pelo meio social em que vive ??..

        Agora se você acha que é possível classificar e separar homens em homens de bem e homens de mal, em benfeitores e malfeitores, fica difícil a classificação hein, baseado em que na bíblia? na ética? dificil será achar alguém que é absolutamente do bem, e outra que é absolutamente do mal…

        Ao invés, de tentar identificar uma ideologia pronta em mim seria melhor você se colocar mais disposto à pensar as questões de forma menos ideologizada, e padronizada, em nenhum momento coloquei pobreza como sinônimo de deliquência.. eu coloco problemas sociais, como sinônimo de erros sociais, e não problemas sociais como sinônimo de erros individuais (psicológicos), de formação de psique ou caráter, pois se fosse dificilmente isso se refletiria em problemas sociais, ficaria restrito às questões pessoais… como é casos de demência, esquizofrenia etc.. nenhum desses problemas psicológicos se refletem em problemas sociais…
        Agora a relação entre desigualdade social e criminalidade é facilmente estabelecida de forma racional, científica (já que você tem medo da palavra ideologia, apesar de estar repleto dela, só não consegue perceber). Pegue países com alto índice de desenvolvimento, e outros com uma policia repressiva, e verá onde há maior criminalidade, se policia e prisão fosse a resolução para o problema, a criminalidade já não existiria mais… e não estaria aumentando.

        Qual realidade do crime, que só você conhece? a “pirâmide social” ??.. isso é óbvio e o topo da piramide é o sistema econômico, como eu havia dito antes, tanto que o HSBC está sendo acusado de lavar dinheiro de criminosos…

        • Luiz Carlos Paciullo disse:

          Eu não tentei identificar uma ideologia pronta em você… Apesar de você não ser o tema do debate, a tua frase: “políticos e grandes empresários que lucram com a miséria alheia” já é mais do que o suficiente para que qualquer pessoa com o mínimo de inteligência e de conhecimento político constate que você é, sim, um “bovino” seguidor de ideologia… Grandes empresários não exploram ninguém, na medida em que a regra da Economia é a livre concorrência. Onde não existe concorrência, não há nem o aumento da produtividade, e muito menos ainda o desenvolvimento e o aperfeiçoamento tecnológico. Diante desse FATO IRREFUTÁVEL, para a tua vergonha e desespero, não é possível falar em “explorados” e em “exploradores”; mas, sim em inteligentes e “burros”, capacitados e incapazes (analfabetos funcionais) e também em pessoas mais e menos dispostas para o trabalho… Mesmo que não perceba, você é um esquerdopata. E a tua visão está seriamente comprometida, pautada, limitada dentro dos parâmetros (dogmáticos) da tua ideologia… Ideologia que ficou explícita!

          Quando me refiro aos delinquentes que vestem Armani, me refiro às Máfias do mundo inteiro… Camorra, Cosa Nostra, ‘Ndrangheta, Yakuza, etc. Esses são os delinquentes mais violentos e perigosos e, tanto quanto as lideranças do PCC, CV, ADA e Terceiro Comando não são pobres. O que desqualifica totalmente a IMPOSIÇÃO IDEOLÓGICA dos brasileirinhos sem vergonhas, que defendem esse absurdo de que a violência e/ou a delinquência tem seu fator determinante na condição sócio-econômica dos indivíduos… A tua condição de “bovino” de inteleto embrionário fica ainda mais explicita, quando verificamos também que a maioria dos pobres é composta de pessoas honestas, honradas e trabalhadoras.

          Imagino que você deve estar envergonhado diante dos demais participantes desse fórum, pois, onde não existe Lógica não existe raciocínio; mas, sim desonestidade para IMPOR um mero conceito ideológico.

          A respeito do “meio ambiente”, não discordamos… A psique e o caráter realmente se formam (segundo os profissionais da área médica e psicológica, em média até os 21 anos de idade) no “meio ambiente”.

          O problema é que, por conta da tua mente totalmente ideológica (evidentemente esquerdopata), você desconsidera que o principal “meio ambiente” é justamente aquele que tem como principal finalidade formar o caráter dos indivíduos; seja no campo, seja na favela, seja num bairro de classe média ou num bairro nobre… O principal “meio ambiente” é a FAMÍLIA!

          Aprendeu, asno doutrinado?

          Concordamos também que o topo da “piramide” é o sistema econômico; pois, a finalidade de tudo e de todos (infelizmente) é ganhar dinheiro… E, conforme eu já disse, no Crime Organizado não podia ser diferente. Enquanto o “material humano” mais pobre (“burros”, estúpidos e preguiçosos) fazem o “trabalho sujo” e morrem em confrontos com a Polícia e com facções rivais, os mais inteligentes e astutos comandam as Organizações e lidam com as finanças. Inclusive, na “lavagem de dinheiro” e nos financiamentos de campanhas políticas. Aqui no Brasil essas lideranças do Crime Organizado só não usam Armani e gravata de seda porque não querem (possuem muito mal gosto). Dinheiro pra isso eles Têm!

          Por que os delinquentes se multiplicam como insetos, mesmo com o Marcola e o Fernandinho Beira Mar na cadeia? kkkk

          Ora… O “neném” precisa dessa resposta?

          Vai ser simplório assim, numa sala de aulas, ou num gabinete refrigerado… Babaca!

          Aqui nesse “prostíbulo à céu aberto” vagabundos se multiplicam como insetos justamente pelo mesmo motivo que faz do Brasil o paraíso do “Turismo Sexual”, da corrupção, da impunidade, dos vagabundos que vendem o voto à troco de assistencialismo, das leis frouxas e benevolentes, da falta de ética e de civismo, da cultura permissiva… É por conta da falência de uma instituição chamada FAMÍLIA (“meio social”, “célula da Sociedade”, onde se deve formar a psique e o caráter de todos os indivíduos).

          Antes de construírem o Presídio de Taubaté, a cidadezinha do Vale do Paraíba era um lugar tranquilo e com índices de criminalidade pífios. Após a inauguração do referido estabelecimento penal, com a chegada de muitas “famílias” (corja de vagabundos) de bandidos que para lá se mudaram para ficarem próximas dos detentos Taubaté virou um inferno (pesquise).

          Realmente, o “meio social” faz a diferença kkkk

          Pessoas com boa formação familiar, mesmo morando em favelas não se tornam delinquentes… Já sem uma boa formação familiar, mesmo com todas as oportunidades (inteligencia, estudo, cultura, etc) serão delinquentes. Só não morrem trocando tiros conosco (sou policial há mais de 30 anos) porque sempre haverão os idiotas (base da “piramide”) para fazerem isso.

          Se os PROFISSIONAIS da área de Saúde afirmam que o caráter e a psique se formam EM MÉDIA dos 18 aos 21 anos de idade (estude, pesquise e não “encha o saco”), falar em “reeducar” e/ou “recuperar” um delinquente com mais idade NÃO SE SUSTENTA NO RACIOCÍNIO LÓGICO CIENTÍFICO, mas, sim em mera ideologia.

          E é por conta dessa REALIDADE, que se torna imprescindível uma legislação penal EXTREMAMENTE SEVERA, no sentido de causar o necessário PODER DE DISSUASÃO nos indivíduos de má índole e de mal caráter.

          No Brasil, por falta de leis que mantenham os bandidos na cadeia, Polícia “enxuga gelo”!
          Só os idiotas e os preconceituosos (pautados por ideologia) enxergam a Polícia como o principal motivo do “prostíbulo dos bastardos” (Brasil) bater todos os recordes de violência, corrupção, criminalidade e impunidade. Sem legislação severa e celeridade processual, de nada adianta a Polícia prender os delinquentes.

          No Brasil, Polícia enfrenta bandidos armados com armas de guerra (fuzis, pistolas semi-automáticas “parabélum”, granadas, metralhadoras “ponto 30” e até “Ponto 50”). Um teórico acadêmico que NUNCA NA VIDA teve frente à frente com facínoras armados com esse arsenal, se acha capacitado para fazer proselitismo a respeito de “como” nós, policiais, devemos lidar com esses monstros?

          Por acaso o “fedelho” (não importa a idade, mas, sim a mentalidade acadêmica) sabe o número de policiais brasileiros que tombam em combate, todos os anos, para defender teu patrimônio, defender você, tua mãe, tua irmãzinha e a tua namorada ou esposa?

          Saiba que no Brasil, seu socialistinha “caviar”, nós morremos mais do que em qualquer outro lugar do mundo… Só que os nossos colegas mortos, não entram na tua contabilidade. Ou seja, você é um canalha que só se preocupou em contabilizar e choramigar os VAGABUNDOS que entram em confronto conosco!

      • Junior Gilberto disse:

        inclusive muitos policias fazem parte dessa pirâmide social.. A policia mata milhares de pobres, por dia, dizer que estava armada é fácil, quero ver provar, onde a maioria dos casos existem testemunhas, a sua excessão acontece diariamente nas periferias, realidade essa que você parece desconhecer ou finge desconhecer…
        Não se trata de cumplicidade, trata-se de debater resoluções efetivas à partir do entendimento da questão como um todo, e não de defender métodos paliativos e comprovadamente ineficazes; cúmplice é quem defende os mesmo métodos de sempre, quem defende a reprodução da violência através do estado.. esses são os cúmplices da violência e não são cidadãos de bem..

        • Luiz Carlos Paciullo disse:

          Eu não tentei identificar uma ideologia pronta em você… Apesar de você não ser o tema do debate, a tua frase: “políticos e grandes empresários que lucram com a miséria alheia” já é mais do que o suficiente para que qualquer pessoa com o mínimo de inteligência e de conhecimento político constate que você é, sim, um “bovino” seguidor de ideologia… Grandes empresários não exploram ninguém, na medida em que a regra da Economia é a livre concorrência. Onde não existe concorrência, não há nem o aumento da produtividade, e muito menos ainda o desenvolvimento e o aperfeiçoamento tecnológico. Diante desse FATO IRREFUTÁVEL, para a tua vergonha e desespero, não é possível falar em “explorados” e em “exploradores”; mas, sim em inteligentes e “burros”, capacitados e incapazes (analfabetos funcionais) e também em pessoas mais e menos dispostas para o trabalho… Mesmo que não perceba, você é um esquerdopata. E a tua visão está seriamente comprometida, pautada, limitada dentro dos parâmetros (dogmáticos) da tua ideologia… Ideologia que ficou explícita!

          Quando me refiro aos delinquentes que vestem Armani, me refiro às Máfias do mundo inteiro… Camorra, Cosa Nostra, ‘Ndrangheta, Yakuza, etc. Esses são os delinquentes mais violentos e perigosos e, tanto quanto as lideranças do PCC, CV, ADA e Terceiro Comando não são pobres. O que desqualifica totalmente a IMPOSIÇÃO IDEOLÓGICA dos brasileirinhos sem vergonhas, que defendem esse absurdo de que a violência e/ou a delinquência tem seu fator determinante na condição sócio-econômica dos indivíduos… A tua condição de “bovino” de inteleto embrionário fica ainda mais explicita, quando verificamos também que a maioria dos pobres é composta de pessoas honestas, honradas e trabalhadoras.

          Imagino que você deve estar envergonhado diante dos demais participantes desse fórum, pois, onde não existe Lógica não existe raciocínio; mas, sim desonestidade para IMPOR um mero conceito ideológico.

          A respeito do “meio ambiente”, não discordamos… A psique e o caráter realmente se formam (segundo os profissionais da área médica e psicológica, em média até os 21 anos de idade) no “meio ambiente”.

          O problema é que, por conta da tua mente totalmente ideológica (evidentemente esquerdopata), você desconsidera que o principal “meio ambiente” é justamente aquele que tem como principal finalidade formar o caráter dos indivíduos; seja no campo, seja na favela, seja num bairro de classe média ou num bairro nobre… O principal “meio ambiente” é a FAMÍLIA!

          Aprendeu, asno doutrinado?

          Concordamos também que o topo da “piramide” é o sistema econômico; pois, a finalidade de tudo e de todos (infelizmente) é ganhar dinheiro… E, conforme eu já disse, no Crime Organizado não podia ser diferente. Enquanto o “material humano” mais pobre (“burros”, estúpidos e preguiçosos) fazem o “trabalho sujo” e morrem em confrontos com a Polícia e com facções rivais, os mais inteligentes e astutos comandam as Organizações e lidam com as finanças. Inclusive, na “lavagem de dinheiro” e nos financiamentos de campanhas políticas. Aqui no Brasil essas lideranças do Crime Organizado só não usam Armani e gravata de seda porque não querem (possuem muito mal gosto). Dinheiro pra isso eles Têm!

          Por que os delinquentes se multiplicam como insetos, mesmo com o Marcola e o Fernandinho Beira Mar na cadeia? kkkk

          Ora… O “neném” precisa dessa resposta?

          Vai ser simplório assim, numa sala de aulas, ou num gabinete refrigerado… Babaca!

          Aqui nesse “prostíbulo à céu aberto” vagabundos se multiplicam como insetos justamente pelo mesmo motivo que faz do Brasil o paraíso do “Turismo Sexual”, da corrupção, da impunidade, dos vagabundos que vendem o voto à troco de assistencialismo, das leis frouxas e benevolentes, da falta de ética e de civismo, da cultura permissiva… É por conta da falência de uma instituição chamada FAMÍLIA (“meio social”, “célula da Sociedade”, onde se deve formar a psique e o caráter de todos os indivíduos).

          Antes de construírem o Presídio de Taubaté, a cidadezinha do Vale do Paraíba era um lugar tranquilo e com índices de criminalidade pífios. Após a inauguração do referido estabelecimento penal, com a chegada de muitas “famílias” (corja de vagabundos) de bandidos que para lá se mudaram para ficarem próximas dos detentos Taubaté virou um inferno (pesquise).

          Realmente, o “meio social” faz a diferença kkkk

          Pessoas com boa formação familiar, mesmo morando em favelas não se tornam delinquentes… Já sem uma boa formação familiar, mesmo com todas as oportunidades (inteligencia, estudo, cultura, etc) serão delinquentes. Só não morrem trocando tiros conosco (sou policial há mais de 30 anos) porque sempre haverão os idiotas (base da “piramide”) para fazerem isso.

          Se os PROFISSIONAIS da área de Saúde afirmam que o caráter e a psique se formam EM MÉDIA dos 18 aos 21 anos de idade (estude, pesquise e não “encha o saco”), falar em “reeducar” e/ou “recuperar” um delinquente com mais idade NÃO SE SUSTENTA NO RACIOCÍNIO LÓGICO CIENTÍFICO, mas, sim em mera ideologia.

          E é por conta dessa REALIDADE, que se torna imprescindível uma legislação penal EXTREMAMENTE SEVERA, no sentido de causar o necessário PODER DE DISSUASÃO nos indivíduos de má índole e de mal caráter.

          No Brasil, por falta de leis que mantenham os bandidos na cadeia, Polícia “enxuga gelo”!
          Só os idiotas e os preconceituosos (pautados por ideologia) enxergam a Polícia como o principal motivo do “prostíbulo dos bastardos” (Brasil) bater todos os recordes de violência, corrupção, criminalidade e impunidade. Sem legislação severa e celeridade processual, de nada adianta a Polícia prender os delinquentes.

          No Brasil, Polícia enfrenta bandidos armados com armas de guerra (fuzis, pistolas semi-automáticas “parabélum”, granadas, metralhadoras “ponto 30” e até “Ponto 50”). Um teórico acadêmico que NUNCA NA VIDA teve frente à frente com facínoras armados com esse arsenal, se acha capacitado para fazer proselitismo a respeito de “como” nós, policiais, devemos lidar com esses monstros?

          Por acaso o “fedelho” (não importa a idade, mas, sim a mentalidade acadêmica) sabe o número de policiais brasileiros que tombam em combate, todos os anos, para defender teu patrimônio, defender você, tua mãe, tua irmãzinha e a tua namorada ou esposa?

          Saiba que no Brasil, seu burguesinho metido à socialista, nós morremos mais do que em qualquer outro lugar do mundo… Só que os nossos colegas mortos, não entram na tua contabilidade. Ou seja, você é um canalha que só se preocupou em contabilizar e choramigar os VAGABUNDOS que entram em confronto conosco!

          • Junior Gilberto disse:

            Se diz inteligente e racional e critica uma determinada ideologia, mas vem com um texto carregado ataques a minha pessoa e ideológico, e com um ranço odioso e com um tom de vingança à uma determinada ideologia, se quer se mostrar racional ao invés de ter isso apenas como discurso, tire essa carga emocional e ataque pessoal do seu discurso. que deixa seu texto muito redundante e vezes enjoativo de dificil leitura, só assim partiremos para um debate racional, só assim será possível você falar em raciocínio lógico…

            “Concordamos também que o topo da “piramide” é o sistema econômico” Então esse ponto pacífico, que o topo da piramide é o sistema econômico, prova que o topo da pirâmide do crime também é o sistema econômico, bem como sua elite dominante, e vai contra o seu argumento de que “Grandes empresários não exploram ninguém, na medida em que a regra da Economia é a livre concorrência.” livre concorrência não significa ausência de exploração, você é policial militar? então se acha que não existe explorado nem exploradores, imagino que esteja feliz com seu salário, e que o estado paga o que é justo, se não estiver feliz, viva a livre concorrência, basta ir trabalhar em outro lugar. correto?

            O sistema econômico está tão no topo, que o HSBC está sendo investigado por lavagem de dinheiro, inclusive de grande traficantes e criminosos, a livre concorrência impediu alguma coisa, o fato de existir vários outros bancos elimina o papel de explorador da elite dominante? As familías mais ricas do mundo ano que vem deterão 50% da riqueza mundial, enquanto eles ficam mais ricas a outra metade da população mundial fica mais pobre, ou seja, para eles aumentarem sua renda o restante do mundo ficará mais pobre, e sabe qual um dos setores mais rentáveis que está nas mão dessas famílias? o setor de seguros..

            “Se os PROFISSIONAIS da área de Saúde afirmam que o caráter e a psique se formam EM MÉDIA dos 18 aos 21 anos de idade (estude, pesquise e não “encha o saco”), falar em “reeducar” e/ou “recuperar” um delinquente com mais idade NÃO SE SUSTENTA NO RACIOCÍNIO LÓGICO CIENTÍFICO, mas, sim em mera ideologia.”
            Então não há fundamento lógico e científico na redução da maioridade penal, correto?
            E por favor me dê a fonte dessa informação, de que a psique e caráter se forma durante a faixa etária de 18 aos 21 anos?? se existem estudos que dizem que desde a gestação já somos influenciados psicologicamente, pelo meio, então acho que essa informação que não se sustenta no raciocínio científico.

            “Aqui nesse “puteiro à céu aberto” vagabundos se multiplicam como insetos justamente pelo mesmo motivo que faz do Brasil o paraíso do “Turismo Sexual”, da corrupção, da impunidade, dos vagabundos que vendem o voto à troco de assistencialismo, das leis frouxas e benevolentes, da falta de ética e de civismo, da cultura permissiva… É por conta da falência de uma instituição chamada FAMÍLIA (“meio social”, “célula da Sociedade”, onde se deve formar a psique e o caráter de todos os indivíduos).”
            Então está concordando comigo que é uma questão social e não individual, está indo contra o seu primeiro argumento… E família não é o meio social em si, é parte de um meio social ainda maior, família não vive em uma bolha, fora do contexto social e ambiental, à não ser que você esteja falando da família de “Adão e Eva”.

            “Saiba que no Brasil, seu merdinha, nós morremos mais do que em qualquer outro lugar do mundo… Só que os nossos colegas mortos, não entram na tua contabilidade. Ou seja, você é um canalha que só se preocupou em contabilizar e choramigar os VAGABUNDOS que entram em confronto conosco!”
            Isso significa que a policia é ineficiente até mesmo para os próprios policiais, correto? afinal a policia aqui também é uma das que mais matam no mundo. E se o policial, quer parar de morrer, deve também buscar medidas efetivas, medidas sociais e coletivas, para alterar o quadro de violência do país, pois presídio e policia até agora não resolveu e não alimentar essa guerra civil, com discursos de tom odioso, abrindo mão de discutir o problema de forma franca…
            E minha preocupação não é contabilizar vagabundo, que a policia diz entrar em confronto, a minha preocupação é contabilizar os milhares de inocentes que morrem frequentemente na mão da policia, que classifica todo e qualquer um que ela mata como vagabundo, inclusive a extensa lista de pessoa comprovadamente inocentes, que morrem diariamente, e vê-se nesse ponto que há uma falta de respeito com a família, que tanto exalta-se, que nem ao menos reconhece que a polícia não mata apenas “vagabundo”, mata muito inocente também…

            Se matasse só vagabundo, então era para muito policial estar se matando, afinal muitos policiais fazem parte dessa rede criminosa, se assim fosse, o Romão Gomes não existiria, agora se você acha que delinguente não tem mais jeito, então você descorda do Romão Gomes, certo? então você descorda do modo que um policial criminoso é tratado no Romão Gomes ?

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Meus textos são longos tanto o quanto
            a complexidade do assunto. Não sou escritor, sou policial, Bacharel em Ciências
            Jurídicas e Sociais e “Economista” autodidata… Além do conhecimento
            acadêmico, eu sou “chão de fábrica”; com 30 anos de experiência. Se quiser uma
            redação agradável, busque outro tema e leia Jorge Amado!

            Antes de qualquer coisa, vamos deixar clara
            a tua condição de “bovino”, seguidor de uma ideologia. O que te desqualifica
            não só para um debate racional (onde há ideologia, não há ciência), bem como,
            também, na medida em que defende bandidos, tentando dar o status de “vítimas de
            um sistema sócio econômico” para essas pústulas, você também está desqualificado
            para exigir respeito… Gentalha da tua espécie, mais do que os facínoras de
            MAL CARÁTER (fator do meio familiar) e de MÁ ÍNDOLE (fator genético), merece é
            BALA NA CARA!

            Na medida em que DITADORES DE
            CONCEITOS IDEOLÓGICOS conseguem massificar a falácia, de cunho socialista, de
            que bandido seja fruto da pobreza e não da falta de formação familiar,
            desprezando o FATO LÓGICO (MATEMÁTICO, CIENTÍFICO) E IRREFUTÁVEL de a maioria dos
            pobres ser composta de gente honesta, e que a TOTALIDADE DOS DELINQUENTES (FATO
            MATEMÁTICO, IRREFUTÁVEL) é de indivíduos de má índole e de caráter mal formado
            (quem forma caráter é o meio familiar), estes DITADORES, MASSIFICADORES, DE
            CONCEITOS IDEOLÓGICOS são, SIM, os cúmplices das atrocidades praticadas pelos delinquentes…
            Você é um canalha que está oferecendo SUPORTE IDEOLÓGICO para o CRIME
            ORGANIZADO. Aliás, deveria ser investigado, pois, não é muito difícil que seja
            um ATIVISTA (bem pago) do PCC.

            Hoje em dia, face ao fato de toda a
            Sociedade já não aceitar opiniões inconsistentes iguais a tua (pra
            você, a figura do vagabundo sem vergonha não existe), gentinha que defende
            bandidos, que oferece suporte ideológico para o Crime Organizado, só o faz de
            forma covarde; por trás de um teclado de computador… Venha defender bandidos
            em Praça Pública. Vai ser linchado!

            O povo POBRE, que nasceu e foi criado
            em favelas, porém, que teve a devida formação familiar, com mãe (e não uma
            moleca, “cachorra do Funk”) e com pai trabalhador, se escutar os teus devaneios, utópicos, meramente acadêmicos, próprios de sala de aula contaminada pelos não
            menos utópicos esquerdopatas, vai “quebrar a tua cara”!

            E você quer que um policial, com 30
            anos de serviço, NAS RUAS (e não no conforto e na segurança onde você, graças a
            mim, vive em devaneio acadêmico ideológico) cansado de combater o fruto da
            falta de formação familiar (inclusive, dentro da minha corporação), cansado de
            carregar caixão de colegas honestos te respeite?

            A vida não é bem assim; apesar disso
            não entrar na tua cabecinha, apesar disso não fazer parte da tua “realidade” e
            contrariar a tua “regrinha de vida” (ideologia), respeito não é pra todo mundo.

            Mais uma vez, a doutrinação ideológica
            confunde o teu raciocínio… O fato de o topo da Pirâmide do Crime Organizado
            estar encastelado no Sistema Financeiro (fazendo grandes investimentos, “lavando dinheiro”
            e financiando campanhas eleitorais e até Partidos), isso não significa dizer
            que TODOS os grandes investidores, empresários e demais pessoas (Físicas e
            Jurídicas) façam parte do Crime Organizado, ou que chegaram ao topo da Pirâmide
            Social através de falcatruas.

            Percebe mais este absurdo que você
            escreveu? Já não basta ignorar o fato de a delinquência se originar no meio
            familiar, não importando onde e em que condições sócio-econômicas vive a
            família? Já não basta ignorar que a maioria dos favelados é composta de gente
            honesta (justamente por que são oriundos de famílias estruturadas)? Já não basta ignorar que a maioria dos policiais são trabalhadores honestos e dedicados? Já não basta ignorar os números que envolvem as ocorrências atendidas pela Polícia diariamente, onde mais de 99% delas transcorrem dentro da lei e sem nenhuma vítima? Afinal de
            contas, você come fezes, ou está aqui à serviço do PCC?

            Uma coisa é dizer que os altos
            escalões do Crime Organizado (no mundo todo) operam nos Mercado Financeiro,
            bem como, também “lavam dinheiro” através das mais variadas atividades
            empresarias. Outra coisa é “defecar” que o Sistema Econômico (e as Instituições Financeiras) seja a origem e/ou
            o fator determinante do Crime Organizado… Percebe a tua estupidez, advinda de
            uma mente LIMITADA e de um raciocínio PAUTADO por princípios (falácias)
            dogmáticos?

            Mesmo em um regime marxista leninista,
            caso da ex-URSS, havia Crime Organizado. Após a queda do “muro da vergonha”, em
            09 de novembro de 1989, o MUNDO LIVRE verificou que a Máfia Russa já existia…
            Era originária no Politburo do PCUS (Partido Comunista da União Soviética) e
            nos altos escalões da KGB. Mesmo sem estar integrada ao Sistema Financeiro
            Internacional, a Máfia Russa se UTILIZAVA do mesmo. Você propõe o quê? Acabar
            com o Capitalismo (e as Instituições Financeiras) para combater a delinquência?
            Kkkk Ou seja, quer matar o doente para combater a doença? Cuidado, pois, a
            China e a família mega-milionária de Fidel Castro, que fazem questão de
            negociar com os USA, vão ficar aborrecidos com você. Isso sem falar nos teus
            pares, esquerdopatas tupiniquins, que também se utilizaram do HSBC para mandar
            dinheiro para o exterior… Babaca!

            O fato do
            salário de um “praça” ser baixo não significa que o policial militar é “explorado”,
            como DETERMINOU você. Posso te GARANTIR que não têm dinheiro que pague arriscar
            (todos os dias) a vida para defender um merdinha igual a você… O policial
            militar é um guerreiro e, como todo homem de armas, “vive” a sua profissão como
            um sacerdócio. Não tem dinheiro que pague adentrar nas alcovas onde se escondem os demônios mais sanguinários, fortemente armados, para reprimi-los… Quem faz isso, o faz por AMOR à Pátria, à Justiça e à Sociedade!

            Na tua opinião,
            a Pirâmide Social não existiria e, por conseguinte, tampouco a Meritocracia e a
            decorrente necessidade do desenvolvimento e do aperfeiçoamento dos indivíduos; através
            do qual, também da própria humanidade. Na tua cabecinha de “estudante”, todos
            deveriam ganhar quase o mesmo… Não importando a qualificação técnica de cada
            um, bem como, também as necessidades e as peculiaridades de cada função. Você é um socialista e, como tal, vive em um “universo paralelo” à realidade humana.

            O que impede um
            soldado de se tornar um oficial? Ou, ainda, de se tornar um delegado de
            Polícia? Dizer pra você que existem policiais militares que preferem “chutar
            porta” de bandido ao invés de trabalharem internos numa delegacia, é pura perda
            de tempo… Na cabecinha de um esquerdopata (que relutou em confirmar essa condição)
            somos todos iguais.

            Percebe o
            quanto o é insustentável o igualitarismo diante da realidade da vida? Pesquise
            a história de vida do ex-ministro Joaquim Barbosa, ou, ainda do atual
            Presidente dos EUA. Com certeza, estes dois negros de origem pobre abominam os
            socialistinhas vagabundos, que ficam fumando maconha e filosofando nas dependências
            da USP.

            Eu disse que delinquente
            nasce delinquente? Acho que (também nisso) você não conseguiu compreender o que
            eu digo… Segundo os geneticistas, existe, sim, o fator genético hereditário
            (apenas, “tendência”). Não vou teimar contigo a respeito disso, pois, em minha
            opinião, “tendência” não significa dizer “certeza”. Havendo uma boa formação
            familiar (ou seja, o MEIO onde se forma o caráter e a psique), a “tendência”
            não se concretiza em realidade.

            Agora, de uma
            coisa você pode estar certo: quem não tem formação familiar, vai ser delinquente.
            Dependendo do grau de intelecto, ou vai fazer o “serviço sujo” (e morrer em
            confrontos armados), ou vai atuar em delitos mais sofisticados.

            Portanto,
            concordamos que o MEIO SOCIAL é o principal fator para o surgimento de delinquentes.
            O teu problema é que você, por conta do motivo já exaustivamente mencionado
            (esquerdopata) não enxerga que o MEIO SOCIAL QUE FAZ A DIFERENÇA, ou seja, que
            FORMA O CARÁTER, é a FAMÍLIA… E não o bairro onde essa família vive. A maioria dos pobres é gente honesta; enquanto que os safados que se
            utilizam (usurpam) do Sistema Financeiro para cometerem crimes são ricos…
            Lembra?

            Na cabecinha de
            “adolescente”, se morrem muitos policiais só pode ser porque a Polícia é
            ineficiente… Sem nunca ter travado combate com um “EXÉRCITO” de bandidos
            armados com armas de guerra, e conscientes (cheios da razão) de que existem
            canalhas que lhes oferecem apoio ideológico, você já DETERMINOU que nós
            morremos demais porque somos uma Polícia de merda!

            Meu camarada,
            não morremos demais, nem de menos… Conforme eu já disse, as mortes são
            PROPORCIONAIS; na Segunda Guerra Mundial, por exemplo, o fato de o morticínio
            ter sido enorme de ambos os lados não significa que os Exércitos da Alemanha,
            EUA, URSS, Japão, Itália e Grã-Bretanha (os que mais tiveram baixas) eram
            Exércitos de merda… Você não cansa de “apanhar”, moleque?

            Diariamente a
            Polícia atende milhares de ocorrências sem mortes. Salva milhares de vidas,
            prende centenas de bandidos e de pessoas que não são delinquentes, mas que cometem
            crimes eventuais… Diariamente não matamos milhares de inocentes porra
            nenhuma!

            Todos os casos
            em que a Polícia mata inocentes, SÃO ALVO DE ESTARDALHAÇO MIDIÁTICO; se matássemos
            tantos inocentes quanto você diz (difama, provavelmente, à serviço do PCC), não
            sobraria espaço na mídia e nos jornais sequer para os anúncios publicitários…
            Idiota!

            Finalizando, eu
            sempre digo para os neófitos acadêmicos que se metem ao proselitismo sobre os
            delitos cometidos por policiais, que a Polícia recruta seus funcionários no seio
            de uma sociedade de valores permissivos. O policial é POVO, é “fração social”; temos a Polícia
            que merecemos. Estamos (devemos) trabalhando para melhorá-la, mas, sem
            legislação penal severa fica impossível combater também os maus policiais. Policial delinquente deve ser tratado
            como delinquente… Agora, matar no estrito cumprimento do dever legal
            (diferente de execução) e não poder contar com o teu respaldo é inadmissível.

            Tanto essa
            visão preconceituosa que você tem a respeito da Polícia, bem como, também a
            falta de visão pragmática a respeito da criminalidade e até mesmo da vida,
            acredite, são frutos de uma formação ideológica.

          • Junior Gilberto disse:

            não reclamei do tamanho do texto, o problema é que você rodeia muito o assunto e não consegue ir direto ao ponto, reclamei da sua prolixidade, texto grande nem sempre significa conteúdo, muitas vezes é muita encheção de linguiça.. fica chato, e perceptível que te falta amadurecimento para discutir um assunto tão complexo, sem ficar atacando a minha pessoa ou uma determinada ideologia, você é quem está se mostrando seguidor fanático de um ponto de vista… sem sequer se debruçar sobre os fatos colocados em pauta.. não vou te responder da mesma forma que está me respondendo, pois se não vai parecer uma briguinha infantil e não dois adultos debatendo um problema social…

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Leia e veja se falta conteúdo… Minhas postagens, realmente longas e enfadonhas, estão todas elas alicerçadas em FATOS e no raciocínio lógico, pragmático e consistente. Todos os demais leitores estão vendo quem de fato enxerga o cerne da questão.

            1. O “meio” onde se forma o caráter é a FAMÍLIA; e não o bairro.

            2. O modelo econômico não faz a mínima diferença.

            3. Polícia mata quem a enfrenta; e morre na mesma proporção que mata.

            4. A imensa maioria das ocorrências atendidas pela Polícia não resultam em morte de ninguém.

            5. A imensa maioria das ocorrências onde ocorre resistência e mortes, quem morre é vagabundo; quando morre um inocente, exceção da regra, sempre se da a maior publicidade ao caso. Um verdadeiro bombardeio midiático… Mas, você quer inverter os números dessa realidade e, tal qual os guerrilheiros e terroristas marxistas leninistas treinados em Cuba em pleno contexto da “Guerra Fria”, que hoje tentam reescrever a história se passando por democratas (sic), você também quer contabilizar estas estatísticas ao avesso… Safado!

            6. A maioria dos policiais são trabalhadores honestos, honrados e idealistas… Vagabundo é o teu pai. Vai discriminar a puta que te pariu!

            7. Quem enfrenta a Polícia são os delinquentes de intelecto diminuto, menos qualificados para ocuparem postos de comando e também para cometerem delitos mais sofisticados e lucrativos.

            8. Todos os ricos fazem parte do topo da Pirâmide Social e operam no Mercado Financeiro… Isso não significa que todo rico seja criminoso e que o Sistema Econômico seja fator determinante para a criminalidade (como diz você)

            Os delinquentes mais inteligentes, que compõe o topo da Piramide Social do Crime Organizado, também operam no Mercado Financeiro e também “lavam dinheiro” através de empresas… E dai?

            O caráter e a psique, SEGUNDO OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE E OS DEMAIS ESTUDIOSOS DO ASSUNTO (eu não tenho nada com isso), se formam em média até os 21 anos de idade… Depois disso, é extremamente difícil reformar a psique e criar outro caráter no indivíduo. Diante desse FATO CIENTÍFICO, obviamente, só podemos minimizar a atuação delituosa desses indivíduos através de uma legislação penal extremamente rígida; no sentido de retirar DEFINITIVAMENTE estas pústulas das ruas e também dissuadir que outras pústulas deem vazão ao comportamento próprio de quem não foi devidamente educado.

            Você “apanhou” feio!

          • Junior Gilberto disse:

            Ah pelo menos conseguiu enxugar, a prolixidade e ranço ideológico do seu texto.. pois percebeu que o que eu estava dizendo estava correto… vamos lá

            1. família não existe isolada do mundo, o meio social não se encerra na família, família é parte do meio, e não o meio em si..

            2. Se não faz, pq a Suécia está eliminando os presídios, melhor IDH do mundo, com um estado intervencionista, com serviços públicos de qualidade, e baixa desigualdade social, fato que está bem atrelado à violência urbana..

            3. E os inúmeros casos de inocentes que morrem, sem nem enfrentar a policia diariamente?

            4.Mas apolicia brasileira é uma das mais letais do mundo…

            5. Estatísticas aos avesos não são fatos, critica a divulgação de casos onde há morte de inocentes, para não reconhecer a ineficiência da polícia… estatísticas que muitas vezes é criada pela polícia, depois que a pessoa está morta é fácil culpá-la.

            6. conhece meu pai? cidadão de bem não ofende os outros, sua familia não te deu educação?… quem eu discriminei, você é que discrimina e insulta os inocentes que foram mortos nas mãos da polícia, generalizando todos como vagabundos…

            7.essa é repetida

            8. Não generalizei, quem generalizou foi você… o que eu disse é que o sistema economico lucra com a criminalidade, inclusive lucra com a morte dos policiais, um dos setores mais lucrativos é o setor de seguros, portanto o sistema econômico participa da pirâmide do crime.

            9. Se a psique se forma até os 21 anos segundo estudiosos, então é irracional, a redução da maioridade penal.

            10. Se não é possível ressocializar alguém, pq policiais condenados pela justiça tem um tratamento bem diferente, do tratamento dado dentro das penitenciárias comuns, pq no Romão Gomes, recebem salário, oferecem serviços, como lava-rápido, para a comunidade, não vivem sob segurança militar…

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Vamos lá:

            1. Família é o “meio social” mais próximo do indivíduo. Está inserida em um “meio social” que é a localidade onde Ela (família) reside. A resposta mais óbvia, lógica e irrefutável para esta questão está em uma outra pergunta:

            – Por que a maioria dos favelados é composta de pessoas honestas e trabalhadoras?

            Quando existem “anti-corpos”, mesmo inserido em um ambiente “contaminado”, o “organismo” (indivíduo) resiste e não adoece… Os “anti-corpos” podem ser o caráter (que se forma no âmbito familiar), ou a religiosidade.

            Se você tiver uma outra explicação para o fato de a maioria dos miseráveis ser composta de pessoas honestas, explique.

            2. Já respondida em mensagem anterior, na qual eu te ensinei o que é “riqueza”, bem como, também o porquê da Suécia ser rica e o Brasil, ao contrário do que dizem, é pobre.

            Você reclama de prolixidade, mas, sem contestar os argumentos já postados, retoma o assunto. Reveja tudo o que já foi dito a respeito da Suécia. Inclusive, o fato da impossibilidade de alunos sem formação familiar frequentarem salas de aula. O que inviabiliza também a capacitação técnica, científica e profissional.

            3. Dentro de um universo de milhares de ocorrências policiais onde não morre ninguém, ou morrem bandidos, o percentual de inocentes mortos (erros operacionais) é pífio. E quando acontecem, são alvo de um verdadeiro “bombardeio” midiático; o que impressiona a opinião pública, fazendo o cidadão imaginar que a exceção é a regra.

            Além dos erros operacionais (que são a minoria das mortes de inocentes e que estão na média mundial, considerando, é claro, a comparação do número de ocorrências atendidas pela Polícia brasileira e o número de ocorrências atendias pela Polícia norte-americana ou de países europeus, por exemplo), também existem os “grupos de extermínio”, compostos por policiais… Nesse caso, sim é preciso que sejam tomadas providências mais radicais. Podemos falar sobre isso depois, se você quiser.

            4. Já respondido de maneira matemática… Por favor, se não contra-argumentou na oportunidade, volte na postagem onde o assunto já foi respondido.

            5. Todos os casos onde ocorrem mortes (de inocentes ou de bandidos) ensejam o devido Inquérito Policial. Esses procedimentos são acompanhados pelo Ministério Público e não correm em “segredo de justiça”; ou seja, são acompanhados pela imprensa e por qualquer pessoa da família, ou advogado da mesma. Tuas alegações são de caráter totalmente subjetivo e, portanto, desprezíveis.

            Guarde-as para preencher o tempo de aulas escolares. Desde que o professor também possua “opinião formada” (preconceituosa) a respeito de fatos jamais vivenciados.

            6. A pergunta anterior (que na verdade é uma afirmação) é a prova de que você discrimina, preconceituosamente e de forma anti-patriótica, os principais trabalhadores do Brasil; nós, policiais.

            Toda vez que a Polícia fez greve, o que vimos foi o caos generalizado e a impossibilidade dos demais trabalhadores exercerem suas funções… O comércio não abre (ou é saqueado), os transportes públicos não funcionam, etc.

            7. Ok

            8. Aqui está evidente que você não compreendeu o fato de, nesse caso, “a ordem dos fatores alterar o produto”.

            Não existe nenhum outro Sistema Econômico além do “Capitalismo”. Posso te provar isso em outro tópico.

            E dentro do Sistema Capitalista todas as pessoas (Físicas ou Jurídicas, honestas e desonestas) operam. Inclusive, os ditadores marxistas e os altos funcionários de governo desses países. Organizações terroristas também são obrigadas a operar no Mercado Financeiro, o que fazem através de “laranjas” ou até mesmo de “testas de ferro” (o que é diferente de “laranjas”).

            Economia é um pouco mais complicado para você entender (o exemplo da Suécia deixou isso bem claro).

            Eu tive o privilégio de meu pai ter sido o titular da cadeira de Economia da USP (eu tenho 56 anos de idade, faz tampo). Se quiser, eu posso detalhar mais o assunto.

            9. Sim, a psique e o caráter (segundo os profissionais da área médica) se formam no máximo até os 21 anos de idade.

            Na década de 1940, quando foi feito o Código Penal Brasileiro, os referidos estudiosos subsidiaram o legislador no que concerne à idade média em que os Seres humanos (naquela época) já sabem discernir o que é certo e o que é errado… O que é totalmente diferente da idade em que a psique e o caráter ainda estão em formação.

            Compreendeu?

            Não é que seja “irracional’ reduzir a maioridade penal. A maioria dos países democráticos, civilizados e desenvolvidos do mundo adota a idade de 16 anos para imputar responsabilidade penal aos seus jovens. Eu tenho a relação de países e as respectivas idades; está disponível no Google.

            Mas, para o nosso debate, o que importa é o fato de podermos recuperar os jovens infratores até os 21 anos de idade.

            Após isso, exceto raríssimas exceções, só nos resta impor o medo de uma legislação extremamente severa (e célere) como fator de dissuasão.

            Os países mais desenvolvidos (USA, Inglaterra, Japão, etc) possuem um ordenamento jurídico muito diferente do nosso; no qual, o conceito de “Democracia” não é priorizar o direito do indivíduo, mas, sim o da Sociedade (“pró-societá”).

            Sinceramente, eu não vejo como diminuir a maioridade penal sem a privatização do Sistema Prisional. Não temos dinheiro pra isso!

            10. Pergunta já respondida. Consulte postagem anterior.

          • Junior Gilberto disse:

            “Gentalha da tua espécie, mais do que os facínoras deMAL CARÁTER (fator do meio familiar) e de MÁ ÍNDOLE (fator genético), merece é
            BALA NA CARA!” “estes DITADORES, MASSIFICADORES, DE
            CONCEITOS IDEOLÓGICOS são, SIM, os cúmplices das atrocidades praticadas pelos delinquentes…”
            apesar de faltar foco e maturidade para você debater o assunto, pois no seu primeiro parágrafo não falou nada com nada, , não me importa sua formação, se você tivesse conhecimento do assunto estaria debatendo o assunto de forma consciente e não com essa carga emocional e irracional e sua “formação” ficaria evidente, então seria melhor mostrar conhecimento do que ficar cantando de galo ( esse é o ponto que critico seu texto, não o tamanho, mas a encheção de linguiça)… mas vamos lá
            Quem descorda de você merece bala na cara? Era assim que Hitler e outros ditadores pensavam, quer falar em racionalidade e ditadores, massificadores? esse tipo de discurso sim é cúmplice, das atrocidades sociais causadas pelo Estado e pelo mercado…
            Estou te apresentando conceitos não ditados, mas a partir da interpretação dos fatos, se quer refutar isso, vamos nos atentar mais aos fatos e a interpretação deles e menos ao ataque ideologico, para esvaziar o sentido do debate, que você está tentando fazer… portanto nem vou perder tempo com esse joguinho.

            Agora quanto ao seu fato que você considera irrefutável, se a psique e caráter é formada pelo meio, então às condições sociais influência na criminalidade, se discorda então pq a Suécia está tentando extinguir os presídios e transformando-os em escolas e bibliotecas, pois a população carcerária lá está reduzindo cada vez mais, a Suécia tem o maior IDH do mundo, e o índice de desigualdade lá é pequeno, ai voltando ao Brasil, se a justificativa para a maioria da população caracerária é pobre, pq a maioria da população é pobre, então está vinculada às condições sociais da pessoa, se não tivesse, e fosse algo relacionada ao indivíduo, a população carcerária seria de variadas classes sociais sem ter uma majoritária…

            Em nenhum momento defendi bandido..
            Quebrar minha cara, bala na cara, não é pq você tem uma ideologia violenta e assassina que toda a população seja assim.. vi recentemente na Bahia uma manifestação contra a policia militar, e não é só lá em inúmeros lugares a policia está sendo criticada, pois nesses lugares conhece-se muito bem a forma criminosa de agir por parte de polícias.
            Inclusive esse seu medo de crítica, está evidenciando uma “defesa” perceber que a policia está recebendo cada vez menos apoio, e muitos estão percebendo a ineficácia da ação policial… o que refuta sua frase “Hoje em dia, face ao fato de toda a Sociedade já não aceitar opiniões inconsistentes iguais a tua” se é inconsistente pq você não vai direto ao assunto? e fica na inconsistência crítica ideológica? e quem fala por toda sociedade, você?
            A policia age de forma truculenta, em desocupação de favelas, a policia é a primeira a arrancar de forma brutal, pessoas trabalhadoras de suas casas, para entregar o terreno que abriga inumeras famílias para grande empresários, a Policia é mais eficiente em garantir a proteção do capital do que reduzir a criminalidade, que aumenta a cada ano… e agora quer falar em povo pobre..

            Falei que o topo da pirâmide criminal é o sistema econômico, a generalização foi por sua conta..

            não vivo no conforto e na segurança graças a você, você quem recebe seu salário e alimenta sua família, graças a toda a população que paga impostos para pagar o seu salário.. vivo no “conforto e segurança” graças ao meu trabalho, pois sou quem pago minhas contas, e não você.. e não tenho nenhum segurança fardado, quem tem são os políticos, o estado e empresários… isso me lembrou o fato do Justin bebber ser escoltado para pixar um murro em SP, ele tem dinheiro a policia não julga como vagabundo né? ele tem aval da policia para descumprir a lei.

            E você acha que a população das periferias não estão cansados de carregar caixões de pessoas honestas e trabalhadoras? ou acha que só você se cansa.. e qual sua proposta para diminuir a violência? meter bala na cara dos socialistas??
            “Também morre quem atira” diz a música do Rappa.

            No outro comentário, você mesmo disse que o objetivo de todos é ganhar dinheiro, o objetivo do crime organizado é ganhar dinheiro, e de grandes empresários também, grandes empresários também lucram com o crime organizado(um dos setores mais rentáveis é o do seguros, portanto estão lucrando com a morte de policiais e com a morte e ações de criminoso), portanto tem respaldo dentro do sistema econômico, que não prevê uma ética e o ganhar dinheiro está acima de tudo (como você mesmo disse). e como evidenciei com o caso do HSBC, onde lucra-se com a violência… no demais, palavras como “defecar”, não percebe,mente limitada.. etc. não diz nada sobre o assunto, só diz sobre você,diz que te falta racionalidade para prosseguir no assunto..

            Não se trata de implantar comunismo, não se trata de usar sistemas econômicos prontos, se trata de combater problemas sociais com soluções sociais, ” quer matar o doente para combater a doença” é o que a policia militar faz, combate apenas o sintoma e não a consequência dela… mas não vou generalizar, pois a policia federal está combatendo a causa, como fizeram no caso da operação lava-jato que por sinal, prenderam empresários que contribuíam para a degradação dos serviços públicos, agora espero que prenda os agentes públicos envolvidos também…

            Então essa de pedir aumento salarial para policiais, é o que, hipocresia? pois trabalham por amor à pátria..

            Chutar porta principalmente da população de baixa-renda, pois quero ver chutar porta de juíz corrupto, chutar porta de politico, chutar porta de empresário que desvia dinheiro público, chutar porta de policial que mata inocente, chutar porta do alto escalão do crime organizado, e chutar porta de bancários, entre outras que eu nunca vi acontecer.

            Agora voltando na sua grande redundância falou falou falou, e não tocou no fato de policias condenados pela justiça cumprir pena no Romão Gomes… com muitas regalias, e ajuda psicológica.. qual sua opinião sobre o Romão Gomes?

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Quem da suporte ideológico pra bandido,
            abordando o tema sob a ótica ideológica de esquerda, disseminando a falácia de
            que estes monstros sejam “vítimas do sistema”, quando na verdade eu provei (através
            de fatos e números) que são o fruto da falta de formação familiar (caráter se
            forja na família) é que tem que levar bala na cara… Não se trata da discordar
            da minha opinião. Trata-se de estarmos em guerra e eu estou na linha de frente,
            cara a cara com essa realidade, enquanto que você está segura e confortavelmente
            exercitando a tua retórica sofista e totalmente alheia aos fatos.

            Eu provei que os mercados não
            causam nenhuma atrocidade e tampouco exploram alguém… Essa visão ideológica
            (socialista, fracassada no mundo inteiro) não se sustenta na medida em que a
            regra da vida é a competição. Sem a livre competição não há nenhum tipo de desenvolvimento
            cientifico, tecnológico e muito menos ainda aumento e aprimoramento de
            produtividade. E se a regra é competir, não há como falar em explorados e
            exploradores, mas, sim em capacitados e incapazes, inteligentes e “menos
            inteligentes”, dispostos para o trabalho e… Vadios.

            Não conseguiu demonstrar o
            contrário, mas, tal qual um fedelho magoado, é renitente em afirmar que o
            mercado explora. Esses são os FATOS pertinentes ao assunto “mercados”, “sistema
            explorador” e sobre a “vitimização” dos fracassados… Bandido não tem nenhuma
            conotação com a Economia do país. Países cuja população é muito mais pobre que a nossa, não ostentam os índices de criminalidade, violência e corrupção que ostentamos. A Índia e a China são exemplos disso.

            Aliás, nunca se fez tanto assistencialismo
            nessa terra… Pelo teu “raciocínio”, era para os índices de criminalidade baixar
            significativamente. No entanto, estes índices só aumentam. Coincidentemente, a
            cada ano que passa a lei de execução penal oferece mais e mais regalias para os
            teus amados protegidos (ou seriam teus patrões?).

            Percebe a incoerência de mais
            esta tua postura? Ainda não deu pra ver que eu sei o que estou escrevendo?

            OLHA SÓ O ABSURDO QUE VOCÊ
            ESCREVE:

            “Agora quanto ao seu fato que você considera irrefutável, se a psique e
            caráter é formada pelo meio, então às condições sociais influência na
            criminalidade, se discorda e ntão pq a Suécia está tentando extinguir os
            presídios e transformando-os em escolas e bibliotecas.. “

            A Suécia não serve de paradigma
            nesse debate justamente porque lá as pessoas possuem muito mais caráter do que
            aqui… E caráter se forja no meio social chamado família. Só isso explica o
            porquê numa favela a maioria das pessoas não são delinqüentes… Diferente do
            teu “esperneio”, esse meu argumento se sustenta no fato de pobre não ser
            sinônimo de delinqüente.

            Justamente porque possuem boa
            formação familiar, na Suécia os alunos não usam drogas dentro dos
            estabelecimentos e ensino (coisa que os “bichos” de Classe Média e até filhotes
            de ricos safados fazem na USP), não traficam dentro das escolas, não
            estupram as coleguinhas no banheiro da escola, não depredam o estabelecimento
            de ensino, não “quebram a cara” da professora e tampouco abandonam o curso
            antes de pegarem o diploma… E você quer usar a Suécia como paradigma? E diz
            que sabe argumentar? kkkkkkkkkkk

            Lembra quando eu afirmei que o
            Brasil é um “protíbulo à céu aberto”? Somos um país de bastardos… Os brancos
            iam às senzalas, estupravam as pobres negras e vendiam os seus próprios filhos,
            mulatos, como escravos. Totalmente diferente da Suécia, no Brasil a degeneração
            da família vêm se multiplicando numa escala geométrica e os frutos dessa triste
            realidade (que você quer comparar com a Suécia kkk) são facínoras extremamente
            sanguinários. Monstros que o neném defende com sofismas iguais a este da
            Suécia, porém, nunca teve o desprazer de enfrentar. Demônios que a Suécia nunca
            viu em toda a sua história; desde a época dos Vikings!

            Mas… E porque a maioria da
            população carcerária é pobre?

            A maioria da população carcerária
            é pobre por uma razão muito simples e matemática; ou seja, irrefutável para
            quem possui o mínimo de inteligência (não é o caso de um socialista,
            evidentemente):

            A maioria dos presos é pobre pela
            mesma razão de que a maioria das pessoas honestas também é composta de
            pobres… Ou seja, a maioria de tudo é composta de pobres. Até maioria dos
            torcedores do soberbo Fluminense, tido como time da Elite carioca, também é composta
            de POBRES!

            Como refutar algo tão óbvio?

            Veja se não estou com a razão
            quando digo que todo esquerdista é um Ser humano intelectualmente inferior.

            A maioria da torcida pó de arroz
            também é pobre… kkkk

            Você demonstra tanta burrice, que
            só dando um exemplo bem fácil de entender.

            E por que a Suécia é rica e o
            Brasil é pobre?

            Porque “riqueza” são somente BENS
            COM ALTO VALOR AGREGADO, tecnologia.

            A Suécia desenvolveu tecnologia
            de ponta na indústria de máquinas pesadas, recebendo elevadas quantias em royalties
            toda vez que em algum lugar do mundo se vende um caminhão Volvo, ou Scania.
            Toda vez que em alguma parte do Planeta alguém compra um aparelho Ericsson ou
            outro produto de altíssima qualidade desenvolvido e patenteado por uma das
            empresas suecas. Enquanto que aqui, infelizmente, não temos sequer uma
            indústria de alta tecnologia genuinamente brasileira… Não investimos em
            educação, ciência e nem em tecnologia. Seguindo a cartilha de Antonio Gramsci,
            os professores brasileiros são “agentes revolucionários”, doutrinadores de
            ideologia socialista; e os alunos, obviamente, acabam por se tornar analfabetos
            funcionais que só sabem propagar as baboseiras que lhes foram doutrinadas.

            Existem maus policiais, na mesma
            proporção que existem maus médicos, advogados, engenheiros, etc. Porém, a
            Polícia é a Instituição que mais “corta na própria carne”. Para quem quer
            pesquisar e conhecer o assunto, os números provam isso também. Quantos maus
            médicos têm a licença cassada pelo CRM? Quantos maus advogados são expulsos da
            OAB? Pesquise!

            A maior parte das manifestações
            contra a Polícia é engendrada pelo tráfico (Crime Organizado) para forçar os
            governadores a intimidar a ação repressiva… E a realidade do submundo do
            crime não para por ai. Cansei de ver traficante mandando (obrigando) mães colocar
            seus filhos para brincar no meio da rua, nos acessos da favela, para dificultar
            e retardar a ação da Polícia. Esse é um assunto que não pode ser analisado
            apenas assistindo televisão.

            Já no que diz respeito de a
            população não apoiar a Polícia, a mídia serve como um excelente termômetro.

            Verifique nos fóruns de debate
            (inclusive, neste) da Internet; a maioria das pessoas quer que nós matemos até
            os maconheiros. Os programas sensacionalistas, apresentados por jornalistas especializado
            em “pirotecnia” de combate ao crime proliferam a cada dia, com o tema implícito
            de que “bandido bom é bandido morto”. Se nós, policiais, fossemos fazer o que
            toda essa gente gostaria que fizéssemos, estaríamos todos na cadeia… E você
            tem a desfaçatez (ou seria idiotice?) de dizer que o povo está contra a Polícia?
            Onde você vive? Você fuma maconha? É sério… Teu “comportamento” é totalmente
            alienado.

            “A
            policia age de forma truculenta, em desocupação de favelas, a policia é a
            primeira a arrancar de forma brutal, pessoas trabalhadoras de suas casas, para
            entregar o terreno que abriga inúmeras famílias para grande empresários…”
            ?

            Como
            assim? Tá maluco?

            A Polícia cumpre a lei e as
            Ordens Judiciais… Por nós, sequer sairíamos do quartel.

            Agora, quando um juiz expede um
            MANDADO DE REINTGRAÇÃO DE POSSE, coisa que só é fita após o transcorrer de um Processo
            Judicial, a Polícia tem que fazer o trabalho dela… Você deixou claro que,
            mais uma vez, quer debater um, assunto que ignora totalmente. Sabe qual é o
            trabalho da Polícia numa situação dessa natureza? Dar apoio para o Oficial de
            Justiça, que está com o Mandado Judicial em mãos.

            Se o oficial de Justiça chegar ao
            local, exibir o mandado Judicial e as pessoas não obedecerem a ORDEM do juiz,
            estarão cometendo CRIME DE DESOBEDIÊNCIA (Artigo 330 do Código Penal); e o
            Oficial de Justiça (e não a Polícia), cumprindo a lei, é OBRIGADO a dar “voz de
            prisão” aos moradores. Cabe à Polícia agir com a força necessária para que se
            cumpra a lei… Se houver resistência (outro crime, Artigo 329 do Código Penal)
            com certeza haverá gente machucada ou até mesmo morta. Tua mãe não te ensinou
            que Polícia não pede, MANDA?

            É ASSIM EM TODA PARTE DO MUNDO…
            VOCÊ NÃO SABIA DISSO TAMBÉM?

            Não leve à mal… Mas, você fuma
            maconha, ou têm algum problema psicológico, afetivo ou emocional? Estou falando
            sério.

            O topo da Pirâmide Criminal não é
            o Sistema Econômico.

            Eu já expliquei isso pra você!

            O topo da Pirâmide Criminal,
            tanto quanto as demais pessoas que não são criminosas, fazem uso do sistema
            Econômico… Será que você não consegue entender algo tão óbvio?

            O Sistema Econômico é usado por
            qualquer tipo de gente que têm dinheiro para operar nesses mercados. Você não
            tem uma tiazinha rica, que não é criminosa e que opera na Bolsa de Valores e
            utiliza o Sistema Financeiro?

            PUTA QUE TE PARIU… VAI SER
            DOENTE (BURRO) ASSIM LÁ EM CUBA!

            Você vive no conforto e segurança
            graças a Polícia, sim!

            Sem nós, a tua casa seria
            invadida, tua mãe, esposa, irmã ou até a sogra (se ainda “desse um caldo”)
            seriam estupradas e o teu salário iria virar maconha pra vagabundo fumar. Ou o
            neném se acha capaz de enfrentar e matar os facínoras que a Polícia enfrenta
            todos os dias? Com certeza, vai dizer que sim kkkkk

            A população das periferias vai
            continuar como nós, carregando caixões todos os dias, enquanto a criminalidade
            não for coibida da mesma maneira que o é em Cuba, China e na Coréia do Norte…
            Tá bom assim pra você?

            A minha proposta para combater a
            criminalidade eu já postei… Leia com atenção, pois é a proposta de quem de fato
            conhece os criminosos. E não de quem os “conhece” na teoria contaminada pela ideologia.

            Hoje o José Genuíno foi solto…
            Leia TUDO o que eu escrevo!

            Sem uma legislação penal severa,
            a Polícia (civil, militar ou federal) “enxuga gelo”!

            A Polícia chuta aporta de TODA
            essa gente que você enumerou no teu devaneio doentio, esquerdopata… Basta que
            não abra a porta quando nós MANDARMOS abrir. Aliás, se é que você não sabe, justamente
            por conta de existir corruptos na Polícia (“fração social”, lembra?), os
            criminosos mais ricos são os alvos mais cobiçados… Infelizmente, muitos
            policiais escolhem as portas mais caras para “chutar”!

            Agora, como em qualquer lugar do
            mundo, quem tem mais dinheiro e pode pagar “propinas” e também bons advogados,
            mesmo depois de ter a “porta chutada” o sofrimento não é tão grande quanto o é o
            sofrimento daqueles que estão na base da pirâmide do crime… Lembra dessa
            aulinha?

            Pois, é… O Genuíno e o José
            Dirceu sabem disso!

            Filhinho, as “regalias” do
            Presídio Romão Gomes são obras da OAB… Você não sabia disso também?

            Os juristas afirmam que: “colocar
            um policial preso junto com os criminosos que ele prendeu é o mesmo que
            condená-lo à morte”.

            Consulte um advogado!

          • Junior Gilberto disse:

            voltemos à resposta numerada, que evitada toda a encheção de linguiça, sobre a esquerda, o debate não é esse, no momento não meinteressa o que você pensa sobre a esquerda, quero debater a questão da violência urbana e a policia; assim evita que você fique achando que algo é irrefutável, que você provou isso e aquilo.. por favor responda pontualmente cada ponto levantado que evita redundancias, e fica bem mais direto e prático.

          • Junior Gilberto disse:

            bom mas para evitar que o debate fique atravancado repetindo o que já foi dito, vou voltar aos pontos focais do assunto, vamos lá então mostre sua capacidade de contra-argumentar e sustentar o assunto, ao invés de ficar repetindo inúmeras vezes a mesma coisa..

            Os pontos que você não apresentou nenhum argumento se não repetir o que você já tinha por falta de resposta vou manter, os que você apresentou algum argumento vou contra-argumentar.. e os pontos que quero acrescentar ao assunto vou colocar no final…

            1. família não existe isolada do mundo, o meio social não se encerra na família, família é parte do meio, e não o meio em si…

            2. Politica social não se faz em cima de caráter, a Suécia é um exemplo de tratamento social para problema social, e não exemplo de família com caráter, há por acaso alguma pesquisa, ou algum estudo que demonstre isso, ou tirou da sua cabeça, para reafirmar o seu ponto de vista?
            Você citou India e China, lá eles tem caráter aqui não?
            Ou é uma questão cultural/social ? a Ìndia é um país com uma religiosidade muito forte, e com uma tradição de penas severas para roubos, isso fundamentado na cultura… assim como a China possui penas severas através de um estado violento.. tanto na índia como na china muitas pessoas passam, fome, é esse modelo que queremos adotar, gerenciar a miséria ao invés de combatê-la?

            E por outro lado existem estudos que demonstra o aumento da criminalidade, após adoção de pena de morte em alguns países..

            3. E os inúmeros casos de inocentes que morrem, sem nem enfrentar a policia diariamente?

            4.Mas apolicia brasileira é uma das mais letais do mundo…

            5. Estatísticas aos avesos não são fatos, critica a divulgação de casos onde há morte de inocentes, para não reconhecer a ineficiência da polícia… estatísticas que muitas vezes é criada pela polícia, depois que a pessoa está morta é fácil culpá-la.

            6. conhece meu pai? cidadão de bem não ofende os outros, sua familia não te deu educação?… quem eu discriminei, você é que discrimina e insulta os inocentes que foram mortos nas mãos da polícia, generalizando todos como vagabundos…

            7.essa é repetida

            8. Não generalizei, quem generalizou foi você… o que eu disse é que o sistema economico lucra com a criminalidade, inclusive lucra com a morte dos policiais, um dos setores mais lucrativos é o setor de seguros, portanto o sistema econômico participa da pirâmide do crime.

            9. Se a psique se forma até os 21 anos segundo estudiosos, então é irracional, a redução da maioridade penal.

            10. Se não é possível ressocializar alguém, pq policiais condenados pela justiça tem um tratamento bem diferente, do tratamento dado dentro das penitenciárias comuns, pq no Romão Gomes, recebem salário, oferecem serviços, como lava-rápido, para a comunidade, não vivem sob segurança militar…

            11. Agora ao argumento que você considera irrefutável, de que a maioria dos presos são pobres por uma questão de proporcionalidade populacional; é refutável, partindo dessa premissa a população carcerária feminina deveria ser muito maior do que a população carcerária masculina, pois as mulheres são a maioria da população.

            12. Agora quanto a questão do crime organizado, você citou a Máfia Russa e o PCC, a Máfia Russa surgiu devido a estagnação econômica, e ganharam poder vendendo produtos estavam escasso no mercado russo, ou seja, dentro de um contexto social..
            O PCC, que eu saiba surgiu dentro dos presídios, através de acordos entre presidiários, para diminuir e controlar a violência dentro dos presídios, e com isso ganhou força..
            Ou seja, poder paralelo surge onde há a ausência do estado..

            13. Agora quanto ser a esquerda que dá suporte para o crime, discordo primeiro pelo fato de você generalizar à esquerda para encaixá-la dentro de um padrão pré-estabelecido por você; é muito simplista, assim como inumeras outras afirmações sua dizer que é a esquerda que dá suporte ideológico, a criminalidade não precisa de suporte ideológico, ela precisa de condições sociais, antes mesmo de existir marxismo gramniscismo, leninismo, anarquismo, ou qualquer outro ismo, já existia poder paralelo, criminalidade… O que dá suporte ideológico para a criminalidade é o própria sistema economico e politico, a violência estatal, a desigualdade social, etc.. etc..

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Perguntas 1, 2, 3 , 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 Estão respondias logo abaixo. Por favor, não poste duas vezes.

            11. Negativo.

            Por favor, não faça afirmações sem conhecimento de causa, ou pesquisa prévia. Segundo apurado no último Censo do IBGE, as populações masculina e feminina se equivalem:

            https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&uact=8&ved=0CCMQFjAB&url=http%3A%2F%2Fwww.censo2010.ibge.gov.br%2Fsinopse%2Fwebservice%2F&ei=7vT4VO_nNYyqgwT6vYLIBQ&usg=AFQjCNH6FLCo6nyqQh4vrA3I8EQehxj5eg&sig2=B9vclrVEVdi6693vksx83w

            Além do fato matemático, também é preciso considerar que homens e mulheres são psíquica e biologicamente diferentes.

            Se continuar fazendo uso de afirmações desprovidas de verdade, ou repetindo o que já foi respondido sem contestar, eu perco a paciência para continuar de ensinando.

            12. A Máfia Russa surgiu dentro do Politburo do PCUS e da KGB (estude o assunto); ou seja, da corrupção governamental. Se faturou fazendo mercado paralelo, tráfico de drogas e de armas, isso são apenas “modus-operandi”.

            Quanto ao PCC, você está correto!

            A equação é a seguinte:

            (delinquentes) – (ausência do Estado) = (Crime Organizado)

            13. Ninguém faz leis severas para punir “vítimas das desigualdades sociais” (não são vítimas, mas sim indivíduos sem formação familiar; vide resposta nº 1 na postagem com as dez primeiras respostas).

            Quando se despreza a pirâmide social do submundo do crime, desconsiderando que os bandidos da base dessa piramide morrem em confrontos não pelo fato de serem pobres, mas, sim porque são bandidos pobres que fazem o “serviço sujo”, que pegam em armas para enfrentar a repressão, estamos dando a mensagem implícita de que não podemos ter leis severas, pois estaremos fazendo uma “injustiça” com os bandidos pobres.

            Pesquise e constatará que todas as leis que beneficiam bandidos são proposituras de Partidos de esquerda. Inclusive o projeto de Lei do idiota Domingos Dutra (aliado do PCC) que visa criar o Estatuto do Presidiário e o “Dia Nacional do Presidiário” (sic).

            Estude a história da primeira facção do Crime Organizado no Brasil; a “Falange Vermelha”, hoje “Comando Vermelho” (vermelho em alusão ao Socialismo).

            Compre e leia a obra do jornalista Carlos Amorim:

            “CV/PCC a Irmandade do Crime”

            O livro é grande, mas a leitura é fácil e interessante. Inclusive, com fotos da época.

          • Junior Gilberto disse:

            1. Mais próximo, concordo, mas não encerra o meio social, e você está relativizando sua opinião, e está se aproximando da minha, pois antes sua postura era uma afirmação simplista de que a criminalidade se dá devido a má formação de caráter do individuo.
            Que a família é o meio mais próximo do indivíduo eu concordo, o que eu não concordo é afirmar que a família é o “meio social”, vou exemplificar alguns fatores que influenciam na formação psicológica de cada individuo, se baseando em uma familia de baixa-renda..
            Até a forma de nascer (parto) influência na formação psicológica do indivíduo, com aproximadamente 4 meses normalmente é necessário colocar o neném na creche, pois é até onde normalmente dura o auxilio maternidade, com 6 anos de idade é obrigatório colocar a criança em uma escola, ou seja o estado formando o caráter, então a educação também tem um papel importante, fatores sociais influenciam na educação como condições econômicas, para que a pessoa esteja bem alimentada, e não precise largar os estudos para ajudar a sustentar a casa; após começar a ir para a escola, a criança desenvolve relações sociais com outras crianças de seu bairro, com outra formação familiar e outra educação que nem sempre é a mesma ensinada em casa, e daí em diante até os 21 anos desenvolve relações sociais inúmeras e diversificada, que também influenciam na formação do caráter, toda vivência influencia na formação do caráter, e vale ressaltar também que muitas vezes pelo fato dos pais trabalharem diariamente os filhos passam mais tempo com outras pessoas do que com os país em si, e deve-se acrescentar que a família também está envolta por um meio social.. então todos esses fatores influenciam por mais que a família seja o meio social mais próximo ela não é responsável unica e exclusivamente pela formação psicológica do indivíduo, ela é parte e não o todo.

            Essa visão contraposta, tem fundamentos científicos e não ideológicos, se você estudar psicologia verá que esse é um debate amplo, que tem diversos pontos de vista, dentro da psicologia comportamental, tem um ramo que diz que a formação psicológica se dá pelo indivíduo, e outros que dizem que a formação psicológica se dá pelo meio onde se está inserido..
            Esse debate sobre a parte e o todo é ainda mais amplo do que a psicologia, é uma mudança de paradigma filósifico-científico, existem ramos dentro da biologia, a biologia organísmica, dentro da física, a física quântica, na psicologia a psicologia holística, dentro da medicina, a medicina integral, entre outros.. que estão mudando a forma de enxergar o mundo e mudando a forma de sugerir soluções para os problemas..
            Se você atribuir isso à esquerda ou ao marxismo, ou você está assumindo que Marx é um cara extremamente genial, tão influente quanto Einstein à ponto de modificar a forma de ver o mundo, ou está limitando o debate à um debate politico..

            Então os “anti-corpos” devem combater a essência do problema, e não somente os efeitos, esse anti-corpo pode ser a familia, pode, pode ser a religiosidade, pode, pode ser a educação pode, pode ser condições sociais, pode… só não pode generalizar e simplificar as questões para achar uma resposta fácil, que não resolve o problema..

            Agora quanto ao “fato de a maioria dos miseráveis ser composta de pessoas honestas, explique” assim como a família não encerra o meio social, e o meio social também não encerra o indivíduo, é uma relação de interinfluência.

            Mas se somarmos à esse fato, o fato de a maioria dos presidiários serem de baixa-renda (não acho que alguém pobre seja miserável, essa é uma fala preconceituosa) veremos que está diretamente ligada ao meio social em que está inserido, e isso como dito antes vai replicar e interferir na formação familiar, portanto na formação psicológica.. se não houvesse relação nenhuma também não haveria essa proporcionalidade…

            2. Não estou discutindo a economia da Suécia, nem os motivos dela ser rica, por isso nem toquei nesse assunto. Usei como exemplo, para exemplificar, que problemas sociais devem ser tratados com soluções sociais… sobre a Suécia você não me ensinou nada apenas rodeou para não assumir que um problema social está se extinguindo graças as condições sociais, e isso vai se replicar na formação familiar na formação de caráter de cada indivíduo, etc etc… Uma familia não molda a cultura, mas a cultura molda a família, portanto afirmar que na Suécia as pessoas possuem mais carater e a família é mais estruturada, é olhar do fim para o começo; algo que é possível relacionar, mas não como unanimidade, como você está fazendo..

            3. Erros operacionais não é pífio, são vários e vários casos, e pode ser pífio para você, que não está do outro lado, imagine para a família, que você gosta tanto de citar.

            Quando um policial fala “que pessoas que pregam o socialismo, merece bala na cara” deixa transparecer, que se acha no direito de julgar e condenar alguém, fica claro que o papel desse policial não é proteger a população, mas sim exercer um policiamento político e autoritário, sobre ela, essa postura não é conivente. Afinal vivemos em uma democracia e o direito de livre expressão é garantido, essa fala é um desrespeito a própria constituição. E nesses casos a morte de inocentes deixa de ser um erro operacional para se tornar uma postura ideológica.

            Grupos de extermínio, são policiais participando da criminalidade e da pirâmide do crime organizado.

            4.desculpe mas não vi essa resposta matemática, se está se referindo à proporcionalidade (novamente) de boletins atendidos, para dizer que a policia está fazendo seu trabalho, mas não adianta fazer o trabalho, se um “empregado” não é eficiente ele é mandado embora, não basta fazer o trabalho tem que ser eficiente, não estou dizendo que a policia tem que ser eliminada, mas tem que ser debatido como tornar mais eficiente, e isso não é uma assunto “policial” é uma questão social.

            5.no Brasil temos um índice de 90% de crimes não solucionados, dentro dessa enorme brecha, tem também inúmeros casos de policial, que matou inocente, que forjou provas, etc e que nunca foram nem serão julgados..

            Se eu tivesse uma opinião preconceituosa formada, eu nem estaria aqui debatendo o assunto com você, estaria debatendo o assunto com pessoas que possuem opinião mais próxima da minha, no entanto acho mais proveitoso (para embasar ainda mais minha opinião), debater com quem tem opinião diversa..

            6.Qual pergunta afirmação anterior?

            Principais trabalhadores? e os demais, que pagam impostos para pagar o salário da policia, são menos importantes? não é só policial que quando faz greve a cidade para não..

            7.

            8.Estou falando do sistema econômico como um todo, onde o dinheiro, como você mesmo afirmou antes, é o fim de todas as coisas, inclusive do crime organizado, o sistema econômico bem como seu modo de organização não prevê questões éticas, portanto engloba envolve e embasa a criminalidade. E esse é o ponto a ser levantado.
            A lógica de lucro do mercado aliado isso à uma política omissa, isso se reflete em inúmeros problemas sociais..

            9. a minha questão era se então era irracional reduzir a maioridade penal. Se é possível recuperar até 21 anos, segundo sua ótica, então é irracional a redução da maioridade penal, seria mais racional trabalhar para a ressocialização e reeducação dessas pessoas..

            10. Ok. mas a questão que eu coloco é se você concorda com esse tratamento ou não, eu também concordo que colocar em um presídio comum é pena de morte, mas minha dúvida é se você concorda com esse método de tratamento diferenciado..

            Países mais desenvolvidos, priorizam o direito da sociedade, pois os problemas sociais, são problemas da sociedade e exclusivamente do indivíduo..

            11. Bom é uma diferença pequena, de 2% a mais da população feminina em relação a população masculina, http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/webservice/default.php?cod1=0&cod2=&cod3=0&frm=hom_mul

            Mas a população carcerária Masculina é cerca de 90% e 10% da população feminina, se fosse uma simples questão de proporcionalidade deveria ser de 49 e 51%…
            Agora se você está acrescentando o fator biológico, então está refutando sua própria teoria, pois é necessário acrescentar outros fatos, que não apenas uma visão simplista de proporcionalidade populacional..

            12.Pelo o que eu sei, a ordem dos fatores foram outras, primeiro a Máfia Rússia foi se consolidando recebendo financiamento com produtos, devido a estagnação economica, e posteriormente o poder institucionalizado, como policia e politicos foram participando dela..
            Mas enfim, o ponto da questão é a ausência estatal, contribui para o surgimento do poder paralelo, inclusive corrupção é sinal de ausência estatal, e a lógica do lucro como fim, em operação.
            Presença do estado não necessariamente com policia, mas com educação, saúde, e demais condições de vida necessário para o bem-estar social.

            Então deve-se colocar o papel social dentro da equação, e não apenas o papel individual que eu não nego que exista, simplesmente reforço a questão social como contra-posição á sua postura de atribuir o papel exclusivamente ao individuo..

            E talvez esse ponto deveria agora mudar de foco, já que há um ponto pacífico, em um dos fatores da equação, vide que ausência estatal é um fator social.. mas enfim
            acho que esse ponto

            12. o que é delinguência?

            13. falta de formação familiar é um fator social, como dito antes, concordo que alguns fatores individuais contribuem em alguns casos, mas não é possível mensurar, e separar os cidadãos de bem e cidadãos do mal, pois todos nós cometemos erros, dentro de uma cultura de “jeitinho” quando o jeitinho muitas vezes pressupõe a malandragem e esperteza à custa de outros.. por isso mudei o item 12, para o que é delinguencia para tratar aspectos dessa visão dualista entre bem e mal..

            Não se trata de “defender bandido” se trata de defender a sociedade como um todo, se está assumindo que a policia apenas combate a base da pirâmide, e veja não acho que não deva ser combatido, não acho que a policia deva deixar de existir, o ponto que levanto é que o foco deve ser o topo da pirâmide, e não a base, que os problemas sejam atacados na raíz, pois só assim estarão tomando ações integrais para beneficiar a sociedade como um todo, atacando somente a base o beneficio e a eficiência é baixa, enquanto atacando o topo é mais abrangente, esse é o ponto da minha crítica… enquanto a policia mata 1 e prende outro bandido, inumeros outros estão surgindo, crianças estão vivendo sem uma familia estrutura psicologicamente e financeiramente, para que essa criança tenha condições e oportunidades de vencer às adversidades… a sociedade fabrica criminosos, e a policia combate o produto e não a fábrica… não se trata de tirar a culpa do individuo, muitos tem sua culpa e deve pagar pelo seu erro, mas para isso é necessário um olhar bem mais próximo, mas a questão é o método, e combater as causas.. por isso o assistencialismo também não funciona pq combate somente o efeito e não a causa…

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            1. Eu não estou “relativizando” nada. Eu sequer argumentei; apenas constatei um fato que põe por terra todo o teu proselitismo marxista: Independente do local onde vive (Favela), se o indivíduo tiver uma boa formação familiar não será um delinquente… Somente isso é capaz de explicar o porquê de a imensa maioria dos favelados, dos miseráveis, dos excluídos ser composta de indivíduos honestos e trabalhadores. Para não concordar com a minha constatação, você só tem UM (001) caminho: responder qual é a razão de a maioria dos favelados e dos miseráveis ser honesta.

            Aguardando a tua resposta.

            2. Sem dinheiro você não consegue fazer NADA que preste; muito menos uma “Política Social” no nível de Suécia. Portanto, retorne ao Planeta Terra e à minha modesta “aulinha” de Economia.

            3. Pífio não tem conotação de “valor”; a vida de um inocente não tem preço. Pífio tem conotação meramente aritmética. E o que estamos discutindo é exatamente o percentual de erros operacionais; ou seja, números de “cagadas”, dentro de um contexto, também numérico, de ocorrências atendidas. Está difícil para mim, que tenho conhecimento técnico-profissional.

            O número de ocorrências atendidas pelas Polícias Militares em todo o país nesse ano de 2015, comparado com o número de ocorrências que resultaram em morte de inocentes comprovam, matematicamente, não só a tua inépcia para debater o assunto, bem como, também o viés ideológico e preconceituoso da tua “opinião” (sempre desprovida da Lógica).

            Combater ideologias não é uma ideologia; como imagina você… Freud explica a tua imaginação.

            Com relação ao Socialismo e aos socialistas, eu reitero o que já disse: Socialistas tem que “tomar bala na cara”!

            Todas as leis que beneficiam bandidos foram feitas por parlamentares de Partidos de esquerda; pesquise!

            O motivo que leva um indivíduo a se tornar bandido, eu já provei (até agora, você não conseguiu dizer uma outra razão além da boa formação familiar para explicar o porquê de a maioria dos favelados ser honesta). No entanto, independente da tua derrota a respeito do principal fator determinante para o crime, o fato é que, depois que um individuo se torna bandido, não importa mais os motivos que o levaram para o crime… Ele passa a ser um inimigo da Sociedade e, como tal, só encontra acolhida junto à vocês, esquerdopatas.

            Se esse motivo já não bastasse, ainda existem outros ainda mais significativos para que marxistas mereçam levar “bala na cara”.

            Ainda mais agora, que o Luladrão, sob os auspícios e a omissão (mais uma) da Dilma nos ameaçam com o “exército” do MST.

            Mas isso é um fato (dentre inúmeros) “isolado”. Vocês merecem “tomar bala na cara” por um motivo contextual; histórico e ideológico.

            Sabe por quê?
            Porque o Socialismo é apátrida!

            Karl Marx e Friedrich Engels, no Manifesto Comunista de 1864, afirmam literalmente:

            “Trabalhador não tem Pátria”!

            E também:

            “O socialismo é internacionalista ou não é nada”!

            Desde o surgimento da Internacional Socialista, o que se deu a partir do referido documento de 1864, todas as atitudes dos socialistas se deram sob o ideário internacionalista e apátrida… Se quiser, posso te dar uma aulinha a respeito dessa realidade histórica.

            4. Já foi respondido matematicamente, sim!

            Aliás, também é matematicamente (irrefutável), que a Polícia é a Instituição que mais pune e demite seus funcionários. Pesquise!

            Todas as ocorrências são apuradas através de Processos Judiciais (PÚBLICOS) e com o devido acompanhamento não só do Ministério Público, mas, até mesmo pelos lacaios do PCC (advogados).

            Procure um Juiz de Direito ou um Promotor de Justiça para se queixar que existe “impunidade” quando a Polícia (raramente) mata um inocente… Esse “argumento” de que Polícia mata “coitadinho” do Crime Organizado para intimidar a ação repressiva. Subversão praticada através de jornalista, professores, advogados e militantes de esquerda

            Você perdeu, moleque!

            5. A cidade para também quando os condutores de ônibus, trens e metrô fazem greve. Bem como, também a coleta de lixo… Porém, os policiais podem exercer emergencialmente também essas atividades. Quero ver alguma outra categoria de profissionais exercer a atividade policial.

            Perdeu de novo! Desculpe, mas, que idade você tem?

            7.

            8. O sistema econômico é o responsável também pelo papel higiênico que você limba a bunda (fato). Mas, não se ofenda, pois, também o é pelo papel higiênico usado por Fidel Castro, Tchê Guevara, Lenin, Stalin, Hitler e até eu e os suecos usam ou usaram.

            Até agora, não li sequer uma linha escrita por você dizendo qual seria o “Sistema” mais adequado.

            Qual seria a solução? Depois da merenda, volte para a sala de aula e nos diga. Mas, lembre-se: Sem dinheiro não é possível fazer nada; bem como, também não é possível um estado rico, sem empresas ricas. O que inviabiliza o simplismo de aumentar a carga tributária (e inibir toda espécie de empreendedorismo e investimentos).

            9. Olha, fica difícil (impossível) debater com crianças, idiotas, preguiçosos ou com quem tem má fé… Minha ótica, porra nenhuma!

            Escrevi inúmeras vezes, em várias postagens, que quem diz que a psique e o caráter se formam até os 21 anos de idade são os profissionais que lidam com isso. Já que insiste em ser sofista e desonesto, a partir de agora vou dizer que, segundo a tua ótica, é possível formar e reformar o caráter e a psique de um indivíduo até os 60 anos de idade… OK?

            Trabalhar para reeducar menores de 21 anos de idade é o que devemos fazer. Porém, isso custa muito dinheiro (que você não quer pagar do teu bolso). Em nenhum momento fui contra isso. Releia as minhas postagens.

            No entanto, cada caso é um caso. Existe uma minoria de delinquentes menores de 21 anos que, pela natureza extremamente sanguinário (índole), são irrecuperáveis.

            Mas, a regrar é que deve nortear o legislador. E não a exceção da regra.

            Apesar de a grande maioria dos jovens infratores serem recuperáveis, isso demanda um sistema prisional eficiente; caríssimo, inviável para um país pobre e com uma população imensa e majoritariamente analfabeta funcional, incapaz de gerar riqueza. Por conta de termos uma realidade econômica totalmente diversa da tua querida Suécia, é que fica ridícula a comparação… “Papinho de sala de aula”.

            Milhares de trabalhadores miseráveis, favelados, porém honestos estão morrendo nas filas do SUS… E vocês (do PCC) querem investimentos para “recuperar” bandido?

            Eu também quero! Por que você não diz logo de onde pretende arrumar o dinheiro pra isso? Só sabe criticar, mas não arruma solução… Vem falar em Suécia? kkkkk

            Vai fumar maconha na USP.

            10. Não não concordo com NENHUM tipo de “mordomia” para quem está preso… Seja bandido comum, ou seja policial criminoso. E muito menso ainda pra advogados (que ficam no roma gomes, ou no Presídio da Polícia Civil, que é mais “agradável” ainda).

            Mas… Como mudar primeiro o romão gomes, se a corja do PCC tem a mesma (em alguns lugares, até mais) “mordomia”? Visitas íntimas, telefones celulares, rádio, televisão, maconha, cocaína e, em alguns lugares, até campeonatos de futebol com torcida, churrasco e cerveja?

            Aliás, por que você não lembrou disso até agora?

            11. Releia a minha postagem anterior e veja que o “simplista” é você, na medida em que afirmou algo sem sequer ter tido o trabalho de pesquisar… Eu tive que fazer isso pro você. percebe o caráter vadio (chupim de quem produz) de todo esquerdopata?

            A diferença da natureza de homens e de mulheres é o fator determinante para a diferença dos números; Homens sempre “saem da caverna” e vão ganhar o sustento, enquanto as fêmeas “cuidam das ninhadas”. Estude só um pouquinho de biologia!

            Essa diferença biológica é o que não permite associar (usar como paradigma) o gênero da população carcerária com classe social da mesma. Você é um sofista, desesperado.

            12. Procure no dicionário… Você quer ajuda do governo para comprar um dicionário? Quer a minha ajuda? Já não basta que tive que pesquisar para mostrar para você que, diferente do que o preguiçoso (socialista) afirmou, a população brasileira é tecnicamente dividade de forma igual no que concerne ao gênero?

            Não sei porque ainda perco tempo contigo.

            13. Quem disse que a Polícia só reprime a base da piramide? Teria sido o José Dirceu, ou o José Genuíno?

            Já sei… Foi o Paulo Maluf, na oportunidade em que esteve na carceragem da Polícia Federal em São Paulo.

            Não?

            Ah… Já sei!

            O Daniel Dantas!

            Não?

            Provavelmente, algum empresário (centenas) que já foram presos por “lavagem de dinheiro” do Crime Organizado, ou até mesmo uma das diversas lideranças do tráfico de drogas? Acertei?

            Idiota… Eu disse que quem morre nas mãos da Polícia, são os bandidinhos BURRINHOS (iguais a você) que, justamente por serem burrinhos (fator genético hereditário), fazem o “serviço sujo”!

            Afinal de contas, quantas vezes eu tenho que repetir isso?

            Quem “enxerga” bandidos (criminosos contumazes, que matam, sequestram, estupra a tua mãe, traficam, etc.) de maneira igualitária como se fossem gente honesta, ou é muito idiota, ou é parente de algum deles.

            Tua “conversinha” não se sustenta, pois, depois de um indivíduo ter se transformado (ou até já ter nascido, não imposta) num monstro sanguinário, ele deve ser tratado como inimigo… Divergir disso é impraticável.

            Se duvida, venha lidar com eles… Você vem?

          • Junior Gilberto disse:

            1. Relativizou, pois ao longo do debate, incluiu questões como educação, contexto social (ao que o Brasil é isso ou aquilo está inserindo dentro de um contexto social), politica entre outras..
            Em nenhum momento eu disse que não, que a família não tem nenhum papel na formação do indivíduo, não tenho problema em concordar com você nesse ponto, inclusive deixei isso claro no outro comentário, o que eu não concordo é dizer que a família é o meio social em si… Em nenhum momento disse que favela ou miserável é bandido, falta um pouco de discernimento nessa sua constatação,, está tentando sugerir isso no meu discurso, mas em nenhum momento eu disse isso, é óbvio que a maioria da população é honesta, mas se a maioria da população carcerária é pobre, não é uma simples coincidência, mas há uma tendência maior através do meio social em que se está inserido.. o que eu digo é que pessoas que moram na periferia (meio social), tem muito mais oportunidades de entrar para o crime, ou para o tráfico do que para entrar em uma universidade. E nessa tomada de decisão, entre entrar para o crime ou não, envolve inúmeros fatores não apenas a criação familiar… é muito simplista afirmar isso…

            2. O país tem muito dinheiro, o que não se tem é vontade política.. Cuba, não quero entrar em questões politicas, vou pegar como exemplo para a “falta de dinheiro”, mesmo com embargo econômico, sendo uma ilha muito pobre, tem analfabetismo zero, e saúde de qualidade, bem como baixo índice de criminalidade..

            Tão modesta que não percebi nenhuma aula, à não ser uma tentativa de desvio do assunto.. e não entendi o motivo de ficar se vangloriando e toda hora se auto-vangloriando por tratar dos motivos da riqueza da Suécia, sendo que esse nem era o assunto…

            3.É considerado pífio, quando não há disposição para assumir seus erros e corrigí-los, pois nesse caso não são apenas dados aritméticos, mas vidas se perdendo, e como a grande maioria dos casos não são solucionados, fica difícil colocar na balança esses dados em proporção..

            E já que você tem conhecimento técnico-científico, me apresente esses dados.
            Fala tanto em comprovação matematica, mas não apresenta nenhum dado, sua opinião, ou uma constatação não significa comprovação matemática…

            Não sabia que era crime, ser apátrida.. não sabia que era crime ser cosmopolita..
            Um socialista, um cosmopolita, um universalista, merece morrer??
            Isso está longe de uma postura ética e racional e madura.

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            1. Eu não estou “relativizando” nada. Eu sequer argumentei; apenas constatei um fato que põe por terra todo o teu proselitismo marxista: Independente do local onde vive (Favela), se o indivíduo tiver uma boa formação familiar não será um delinquente… Somente isso é capaz de explicar o porquê de a imensa maioria dos favelados, dos miseráveis, dos excluídos ser composta de indivíduos honestos e trabalhadores. Para não concordar com a minha constatação, você só tem UM (001) caminho: responder qual é a razão de a maioria dos favelados e dos miseráveis ser honesta.

            Aguardando a tua resposta.

            Se a maioria das pessoas são pobres, é LÓGICO (matemático) que a maioria dos presos também o sejam. Só isso é objetivo; teu proselitismo de sociólogo esquerdopata é mera subjetividade e não responde a questão.

            2. O país têm muito dinheiro? Quem disse isso? Você?

            Vá correndo para Brasília e diga isso para a Dilma… Anda logo, pois Ela está cortando todas as verbas que pode cortar (menos os 39 Ministérios, pois, sem eles Ela não pode praticar o fisiologismo que ainda a mantém no Poder).

            Você não tem vergonha de defecar tanta besteira? Você é autista? Em que país você vive?

            Cuba? Ora, eu sou a favor de fazer aqui, o que Cuba faz com os seus delinquentes… Paredão de fuzilamento. Aliás, a certeza absoluta de que vai ser fuzilado já é o suficiente para não haver necessidade de fuzilar… kkkk

            3. Pífio não tem conotação de “valor”; a vida de um inocente não tem preço. Pífio tem conotação meramente aritmética. E o que estamos discutindo é exatamente o percentual de erros operacionais; ou seja, número de “cagadas”, dentro de um contexto, também numérico, de ocorrências atendidas. Está difícil para mim, que tenho conhecimento técnico-profissional, ficar dando “mamadeira” pra um teórico acadêmico que só sabe fazer discurso universitário.

            O número de ocorrências atendidas pelas Polícias Militares em todo o país nesse ano de 2015, comparado com o número de ocorrências que resultaram em morte de inocentes comprovam, matematicamente, não só a tua inépcia para debater o assunto, bem como, também o viés ideológico e preconceituoso da tua “opinião” (sempre desprovida da Lógica).

            Todas as ocorrências são apuradas através de Processos Judiciais (PÚBLICOS) e com o devido acompanhamento não só do Ministério Público, mas, até mesmo pelos lacaios do PCC (advogados).

            Procure um Juiz de Direito ou um Promotor de Justiça para se queixar que existe “impunidade” quando a Polícia (raramente) mata um inocente… Esse “argumento” de que Polícia mata “coitadinho”, é uma bandeira do Crime Organizado para intimidar a ação repressiva. Subversão praticada através de jornalista, professores, advogados e militantes de esquerda

            Você perdeu, moleque!

            Sim, é crime dilapidar o erário público brasileiro para satisfazer uma ideologia apátrida. Vocês, socialistas, estão sustentando seus pares estrangeiros com o dinheiro que deveria ser investido aqui; para melhor a vida dos brasileiros, inclusive dos presidiários.

            Sempre promoveram crimes para dar atendimento à sua ideologia:

            A Intentona Comunista de 1935, se deu a partir de uma ORDEM vinda de Moscou para Luiz Carlos Prestes desencadear o levante que assassinou militares brasileiros; o telegrama mandado da URSS, interceptado pela Polícia, encontra-se no Acervo Nacional/MJ.

            Em 1960, 1961, 1962 e 1963, com dinheiro da Internacional Socialista (Centrais Sindicais ligadas à esse lixo), foram compradas fazendas no interior do Brasil para o treinamento de guerrilheiros marxistas; Farta matéria jornalistica da época, da conta dos fatos. Inclusive, a Força Pública do Estado de Minas Gerais desbaratou um desses campos de treinamento.

            Na mesma época, à mando da Internacional Socialista e financiados por Ela, ignorantes filiados às “Ligas Camponesas” foram treinados para o terrorismo e a guerrilha em Cuba, URSS e na China… Isso também é crime!

            Sobre o palanque que fez o discurso da Central do Brasil, em 1964, ao arrepio da Constituição Federal e à MANDO do Socialismo apátrida internacionalista, João Goulart assinou a encampação de petrolíferas estrangeiras aqui legalmente estabelecidas, bem como, também confiscou (diferente de desapropriar) propriedades privadas para fins de Reforma Agrária… Tudo isso é CRIME!

            Também é crime defender facínoras, colocando-os na vala comum junto com trabalhadores pobres (miseráveis), porém, honestos… Isso é uma forma de apologia ao crime!

            ANALFABETOS POLÍTICOS NÃO PODEM PARTICIPAR DE DEBATES DESSA NATUREZA.

          • Junior Gilberto disse:

            1. realmente sequer argumentou, acha que uma simples constatação é argumento? que o fato da maioria das pessoas que moram na favela serem honestas, significa que o meio não interfere ? então porque a maioria dos presos são pobres ?? fazer uma simples constatação sem comparar com outros dados, é fácil..

            E não adianta falar que a maioria da população carcerária é pobre, por uma questão de proporcionalidade populacional, pois isso já foi refutado, na relação populacional de proporcionalidade entre homem e mulher.

            2.Ah que manobrinha boba, o problema surgiu hoje? ou você acha que a quantidade que você pagou de impostos durante sua vida toda, nunca foi suficiente para fazer nada nesse país..
            Cuba, como exemplo de que o problema não é tanto “falta de dinheiro” é mais falta de vontade política, ao longo da história do país.

            3.essa resposta sua está repetida,então nem vou perder tempo..

            É considerado pífio, quando não há disposição para assumir seus erros e corrigí-los, pois nesse caso não são apenas dados aritméticos, mas vidas se perdendo, e como a grande maioria dos casos não são solucionados, fica difícil colocar na balança esses dados em proporção..

            E já que você tem conhecimento técnico-científico, me apresente esses dados.
            Fala tanto em comprovação matematica, mas não apresenta nenhum dado, sua opinião, ou uma constatação não significa comprovação matemática…

            esperando resposta..

            Uma das policias mais letal do mundo, acha que mata pouco? resolve apenas 10% dos inquéritos.. Por considerar pífio os numeros de inocentes mortos, me parece mais que é a policia que quer continuar tendo aval para matar a vontade, pois critica a mídia quando mostra caso de inocente e fica bravinho com quem critica a policia, chega até a dizer que sao bandidos e merecem a morte.. menos ae você não está acima do bem e do mal não.. reconheça os erros, e tente corrigí-los que as criticas diminuirão, não adianta ficar xingando e bostiando contra os outros..

            dilapidar erário público? ahh que conversa furada para justificar uma ideologia assassina, que prega a morte de quem possui uma opinião diversa da sua… típico de ditadura militar!

            Menos historinha e mais foco no assunto.. Se quiser exemplificar com algum caso, relacione com o assunto, não fique contando historinhas sem relacionar que fica vazio..

            4.90% dos inquéritos policias não são concluídos… eu que tenho que pesquisar?
            O ministério Público devolveu 90% dos inquéritos policiais para a policia, pois não tinham sido solucionados..

            http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2011/09/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/955419-90-dos-inqueritos-voltam-para-a-policia.html

            5.Isso não os torna mais importante, os torna uma ferramente do estado para sabotar greve.

            6.

            7.

            8. refiro ao sistema economico sob o qual vivemos, se tem dificuldade em se localizar, não é problema meu, é problema psicológico..

            Não existe sistema mais adequado pronto, é possível construir um sistema mais adequado, e mais democrático, e mais humano, onde o dinheiro não seja o fim (não se trata de não ter dinheiro) o dinheiro é apenas algo simbólico, e não o objetivo da vida, um sistema econômico mais humano, que não transforme tudo em mercadoria, e pessoas em objetos descartável (que basta meter uma bala na cara, para resolver).. é preciso analisar os problemas do capitalismo, e propor soluções não ficar refém de um sistema economico, sem questioná-lo e achando ótimo como está, enquanto uns estão enriquecendo outros estão passando fome.. o que deve existir é uma pré-disposição à mudança… pois o capitalismo está sempre em crise..

            E você está feliz com a situação? policial, assim como o restante da população acaba sendo apenas números estatísticos para o estado e objeto de lucro para o mercado.. dependendo da quantidade de determinada parcelada de mão-de-obra que morre, pode-se considerar um número pífio ou não para a produção de riqueza alheia.

            9. Segudo a sua ótica, fale como quiser, se estou falando é segundo minha ótica, não vou espressar uma opinião segundo a ótica alheia, se houve um estudo e eu estou concordando, é pq estou analisando segundo a minha ótica… agora se você acha que não, significa que sua ótica e seu ego estão em conflito, ou é esquizofrênico e acha que fala segundo a ótica de um amigo imaginário.

            Então você está se incluindo no PCC? afinal admitiu que também quer recuperar..

            Em nenhum momento comparei a situação econômica da Suécia com a do Brasil,
            apenas usei como exemplo para dizer, é um problema social!
            Pior do que papinho de escola é papinho de gente acomodada,que ao invés de buscar soluções ao invés de debater de forma mais sincera o assunto, prefere ficar criticando, quem critica para poder alimentar a ineficiência das instituições tradicionais..

            Um preso custa o dobro de um aluno em universidade…

            O custo da ineficiência já é alto, e não é necessariamente falta de investimento, dinheiro sozinho não resolve nada, é preciso administração pública competente..
            Posso dar sugestões de mudanças, poderia ter mais penas alternativas, colocar presos para trabalhar, para que esses arquem com parte dos custos , afinal quem não está preso tem que trabalhar para comer, beber e durmir.. agilidade no jugalmento.. entre outros.
            É possível listar varias formas de mudança, mas é preciso primeiro vontade politica, como nao há é preciso pressão popular, inclusive dos policiais, e para isso ocorrer é preciso debater o assunto, sem cair nessas infantilidade de xingamento (que você faz depois que toma o lanchinho da escola) sem ficar nessa briguinha boba dizendo que está protegendo bandido… pensar em mudanças que vai desde o modo de agir da policia até na morosidade do judiciário, para reduzir a violência urbana e o índice de criminalidade no país… se criminoso vivesse isolado do mundo, beleza foda-se eles, mas não eles estão enraigado na sociedade, então propor métodos efetivos é pensar na sociedade como um todo, enquanto defender os métodos tradicionais é que é defender a criminalidade.

            10. Ah o fato de membros do PCC ter regalias dentro do presidio não é justificativa para manter o Romão Gomes, pois essas regalias são ilegais, enquanto o presídio de policiais, é uma estrutura formada especificamente para dar regalias para policiais..

            11.Eu não pesquisei? para de falar bobagens.. usei sua fonte para te refutar e agora quer distorcer as coisas..

            O numero de mulheres é menor do que o número de homens?
            E no presídios?

            É simplista sim, pois não considera outros fatores se não a proporcionalidade populacional, se esse é o único ponto, então deveria ser verdade para outros setores da sociedade, independente de outros fatores.. biologia ?? kkk.. a leoa é quem caça..
            Agora tratando da relação homem mulher, existem outros fatores, e tratando da relação
            condição ecônomica e prisão, não existem outros fatores? é só uma questão de que a população de baixa-renda é maior ?
            Pra lá de simplista, é até uma afirmação boba. e mais bobo é a pessoa achar que isso é irrefutável..
            Pois se existe essa relação é óbvio que se trata de uma questão de meio social.. não enxerga quem não quer. Se na China e India não é assim, se trata de uma questão de meio social, e cultura diferente.. mas no Brasil não há como negar..
            Levar para um lado extremamente subjetivo de questões psicológicas, sem ao menos ternada para embasar a proposição, se tiver me apresente e depois falar em racionalidade e ciência, e dados matemáticos é uma incoerência sem fim.

            12. está falando da pesquisa que não provou o que você estava falando? é esse tipo de argumentou seu realmente me ajuda, mas eu dispenso..

            13. É visível como eles foram “reprimidos”, chegando de helicóptero no presídio e tratado com gentileza pela policia, e recebendo regalias no presídio, e Genuíno já está solto..

            Então a politica também faz parte da piramide do crime?

            Está me chamando de bandido? você nem me conhece para me julgar..
            Deveria ter vergonha na cara de fazer esse tipo de afirmação infantil..

            E defender assassinato de pessoas inocentes, as quais você se apressa em julgar, é esse tipo de pensamento que está incrustado em muitos policiais, que mata diariamente inúmeros inocentes, é esse tipo de pensamento assassino que prolifera a criminalidade, seja ela estatal ou civil.

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            1. Você até agora só fez discurso universitário, doutrinação ideológica que não se sustenta na prática. Responda:

            SE NÃO É A FAMÍLIA, ENTÃO QUAL É O FATOR DETERMINANTE PARA QUE A MAIORIA DOS FAVELADOS SEJA COMPOSTA DE GENTE HONESTA?

            Pare com o teu “rebolado verbal”, seja honesto e diga o que determina o fato de a maioria dos pobres ser composta de pessoas honestas!

            2. Cuba Fuzila, mata!

            Já fuzilou, sumariamente, mais de 4000 (quatro mil) presos políticos… Quem vai cometer crimes num lugar desse? Cuba é o melhor exemplo da eficácia do PODER DE DISSUASÃO.

            Já com respeito à recursos tributários, Cuba é uma micro-sociedade, enquanto que o Brasil é uma nação com uma demanda de mais de 200 milhões de pessoas, porém, cuja maioria é de analfabetos funcionais incapazes de gerar riquezas (em outra aulinha eu te ensinei o que é riqueza).

            Em Economia não podemos adotar uma micro empresa como exemplo de administração para uma multinacional de sociedade anônima.

            Vai estudar Economia, Burrinho!

            3. Pela 3ª vez eu respondo para um canalha que insiste em distorcer as minhas palavras; mesmo estando elas escritas!

            Pífio é o número de ocorrências mal sucedidas, comparadas com as milhares de ocorrências bem sucedidas… Está evidente a tua má formação moral!

            As ocorrências que resultam em mortes, independente de serem de bandidos ou de inocentes, são apuradas NA FORMA DA LEI, pela JUSTIÇA PÚBLICA e com o acompanhamento do MINISTÉRIO PÚBLICO e da OAB (inclusive, de advogados do Crime Organizado).

            Eu gostaria de saber o porquê de você e da tua mãe estarem sendo tão omissos nessas situações. Sim, pois, vocês também tem acesso a todos esses Processos Judiciais.

            Com relação aos números de ocorrências atendidas pela Polícia, é o cúmulo do sofisma pedir um “link” contendo esse material… Você come fezes?

            O que é obvio é implícito; aprenda!

            Vá pesquisar, seu vadio sem vergonha!

            Já não basta os dados do IBGE que eu tive que te fornecer, depois de você ter “defecado” o impropério sobre o gênero da nossa população?

            Aliás, “apanhou” feio também nessa tua tentativa de impor que os homens e as mulheres possuem a mesma natureza e, portanto, segundo você, deveriam também ter o mesmo comportamento… IDIOTA!

            Querer traçar um paradigma entre o comportamento de homens e de mulheres é tão estúpido quanto o é querer utilizar as mesmas regras de administração e de Política Econômica entre uma “micro-empresa” (Cuba) e uma “Sociedade Anônima” (Brasil).

            Afinal de contas, tenha coragem e diga qual é a tua profissão e qual é a tua formação escolar… Você estuda o quê?

            4. Quem foi que inventou essa merda chamada Inquérito Policial?

            Por acaso fomos nós, policiais?

            Por que eu tenho que responder sobre a ineficácia desse instituto arcaico (inventado por Napoleão Bonaparte)?

            Quando eu te ensinei (você não aprendeu) que o problema é a legislação e não a Polícia, você deveria ter perguntado – humildemente – também sobre esse “elefante branco” chamado Inquérito Policial.

            5. Sem Polícia ninguém sai de casa… Aliás, também não sobrevive dentro de casa. Se uma quadrilha de marginais invadir a tua casa para estuprar aquela vadia que te fez comunista, você vai ter que me chamar pra defender a genitália (ou o ânus) que te pariu… Tua mãe depende de mim. Essa é a tua “bronca”!

            Sabotar a greve dos outros? Fodam-se!

            Podemos conduzir trens, ônibus, caminhões e até fazer a coleta de lixo (buscar você em casa).

            Quero ver alguma outra categoria de profissionais vir fazer o nosso trabalho… kkkk

            Venham sabotar a nossa greve também… kkkk

            6.

            7.

            8. Filhinho… Eu compreendo (e gostaria que fosse possível) TUDO o que você argumenta a respeito desse tópico. Quem não está me entendendo é você!

            Aliás, depois da Suécia, de Cuba e das mulheres iguais aos homens ficou explicita a tua ausência no Planeta Terra.

            Presta a atenção e pense nisso:

            VOCÊ NÃO CONSEGUE CRIAR UM SISTEMA POLÍTICO-ECONÔMICO QUE SEJA INCOMPATÍVEL COM A NATUREZA HUMANA… O QUE NÃO PRESTA NÃO É O CAPITALISMO, MAS, SIM OS SERES HUMANOS.

            Aliás, o Capitalismo é incriado. Adam Smith e demais “filósofos” do Capitalismo são “estelionatários”!

            O Capitalismo surge, espontaneamente, da natureza humana nas relações comerciais, empresariais e financeiras.

            Karl Marx e Friedrich Engels, sim, eram filósofos, visionários… O socialismo jamais deu certo, justamente porque jamais foi possível colocá-lo em prática. e jamais foi possível colocá-lo em prática porque é avesso à natureza humana; possessiva e insatisfeita.

            Diferente do Socialismo, no Capitalismo não há nenhum tipo de ideologia… No entanto, quem segue uma ideologia não consegue enxergar isso. Freud explica: “enxergamos nos outros a nossa imagem”.

            9. Numa “Macro-Empresa” como o é o Brasil não cabem os “exemplos” de política social que você deu… Lamento, mas, aqui você também “comeu fezes”!

            Sou a favor de tentarmos recuperar os delinquentes menores de 21 anos de idade. E já disse que, por cota de sermos um país pobre, que paga Royalties até para limpar a bunda (diferente da Suécia, que recebe bilhões de Dólares em Royalties por mês), o Estado brasileiro não pode pagar por isso. Portanto, a única maneira de trabalharmos para educarmos (e não reeducar quem não foi educado) os nossos jovens que cometem delitos é a PRIVATIZAÇÃO do sistema Prisional… Mas vocês, socialistas, não deixam!

            “Imagine que absurdo… Os empresários capitalistas enriquecem ainda mais, explorando a mão de obra, barata, dos coitadinhos dos presos”

            Irma Rosseto Passoni (fundadora do PT)

            10. Ótimo!
            Vamos acabar com as “regalias” dos policiais presos, antes de acabarmos com as “regalias” dos bandidos do PCC… Que nos custam uma fortuna imensurável.

            https://www.youtube.com/watch?v=3duSHZqHm2w

            Tá na cara que tu não trabalha.

            Acorda, idiota!

            11. Apesar da Constituição Federal proibir distinção por conta de gênero, Toda a legislação ordinária trata homens e mulheres de forma diferenciada; justamente pelo motivo que eu expus… Somos biologicamente diferentes e é óbvio que esta diferença se manifeste no comportamento.

            Estúpido!

            Socorrendo a tradicional preguiça esquerdopata, eu pesquisei e provei, através de números, que a população brasileira se equivale em gênero. O percentual de diferença é “desprezível”.

            A maioria da população carcerária é a mesma maioria da população brasileira. E a diferença de gênero se explica pela diferença de comportamento entre os mesmos (fato biológico reconhecido pelo legislador). Estude Ciências Jurídicas e Sociais… Burrico!

            12. Ainda não procurou no dicionário?

            Você quer uma “bolsa Dicionário”?

            Pesquise e depois argumente. Terei o máximo de boa vontade para ler.

            13. Polícia “MATA DIARIAMENTE INÚMEROS INOCENTES”?

            Como assim?
            Isso não é o que a JUSTIÇA PÚBLICA relata.

            É a TUA opinião… Totalmente diversa dos FATOS DOCUMENTADOS pelas Varas Criminais que analisam e julgam CADA CASO.

            Essa afirmação deixa provado o CRIME DE CALÚNIA praticado por você, agravado pelo PRECONCEITO.

            Você é um vagabundo covarde… Experimente defender a tua “opinião” em praça pública.

            Finalizando, repito:

            APÁTRIDAS, DEFENSORES DE UMA IDEOLOGIA QUE SEMPRE PROMOVEU ILEGALIDADES CONTRA A DEMOCRACIA E O ESTADO DE DIREITO, NÃO POSSUEM ESTATURA MORAL PARA DISCUTIREM O QUE SEJA MELHOR PARA A PÁTRIA BRASILEIRA… MUITO MENOS EXIGIR TRATAMENTO DEMOCRÁTICO.

            – DEMOCRACIA É PARA OS DEMOCRATAS!

            http://veja.abril.com.br/multimidia/video/a-gastanca-do-bando-paramilitar-de-stedile

            http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao/noticia/2015/03/mst-invade-fabrica-e-destroi-milhares-de-mudas-geneticamente-modificadas.html

            – DIRETOS HUMANOS É PARA OS HUMANOS QUE ANDAM DIREITO!

            – DISCUTIR O QUE É MELHOR PARA A PÁTRIA, É PARA OS PATRIOTAS; JAMAIS PARA SOCIALISTAS!

            Obs. Você não cansa de “apanhar”? Você está “emporcalhando”, ainda mais, com o socialismo.

          • Junior Gilberto disse:

            1. E você está com um discurso conformista e conservador; que não é eficiente na prática.

            engasgou nessa pergunta? precisa avançar..

            Como eu disse em um comentário anterior mais detalhadamente são inúmeros fatos que influenciam a formação de um individuo, que vai desde fatores sociais até fatores introspectivos e individuais..

            Eleger um único fator para explicar o motivo de alguém ser honesto, é ser muito simplista.

            2.Brasil fuzila e mata também, temos uma das policiais mais letais do mundo e a criminalidade aumenta.

            Pena de morte, por pena de morte não reduz a criminalidade
            http://www.ambito-juridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=264

            Exemplos podem ser adotados diversos, exemplo não é modelo, o que muda é a forma de aplicar.

            3. 90% delas não solucionadas, pessoas inocentes não são apenas dados, erros fatais não são pífio, não devem ser tratados de modo quantitativos, mas qualitativo. isso não é uma simples contabilidade.. evidente a sua má-formação de caráter, que fator explica isso?

            Sim apurados pelo ministério público e 90% devolvidos.. e nessa enorme porcentagem, pode estar inumeros inocentes mortos na mão da policia..

            É óbvio que quero fontes, você fica só cantando de galo, falando em ciência em raciocínio lógico, em estudos de profissionais da saúde.. e agora acha absurdo trazer uma fonte?
            Absurdo é basear todo esse seu discurso em coisas implícitas, que existem essencialmente na sua cabeça.

            Assim como o senso do IBGE tá se vangloriando de que? não sabe interpretar o senso?
            Eu falei que existem mais mulheres do que homem, você não conseguiu encontrar isso no senso, eu só te ajudei, pois a informação dividida por idade não estava clareando o assunto..

            E eu não tentei impor nada, apenas usei como dado numérico, para te provar que a relação entre população de baixa-renda e população carcerária, não é um simples dado numérico… pois se fosse, essa premissa deveria ser válida também para outras questões como gênero, agora se há outros fatores à considerar, que não apenas o numérico, no caso do gênero, então a questão da população de baixa-renda há outros fatores também à ser considerado, como meio social…
            Traçar paradigma simplesmente numérico é que é muito estúpido!

            4. Os policiais também não inventaram a polícia e mesmo assim estão submetidos à sua forma de agir, então o fato de ter inventado não é desculpa..
            E nesse ponto está sendo incoerente, pois primeiro disse que o inquérito policial, é fiscalizado pelo ministério público, OAB, para dizer que existe uma descentralização de e fiscalização de orgãos destintos para evitar erros e abusos dentro desse processo..
            Agora está reclamando dele.. quando não é conveniente
            Queria o que? que estivesse concentrado apenas na polícia?

            5.Assim como podem estuprar a tua mãe que te fez quem você é.
            Afinal a cada 12 segundo 1 mulher é estuprada, e onde estão os policiais para impedir?

            Fodam-se, vocês são uma ótima ferramenta de controle social para o estado, e nesse ponto servem melhor do que para defender a população ou combater a criminalidade.

            6.
            7.

            8. Não é gostar que fosse possível, é discutir como viabilizar e não ficar nesse conflitinho infantil xingando a minha mãe (típico de ensino médio e fundamental), caramba 30 anos de profissão te deixou infantil dessa forma ?? fala em analfabetos funcionais e má formação psicológica, mas não tem maturidade psicológica suficiente para debater um assunto de forma mais produtiva.. seria bem mais produtiva se parasse com essa disputinha entre esquerda e direita, e disponibiliza-se sua experiência para encontrar soluções para os problemas ao invés de ficar achando culpado, pondo culpa na familia.. usando de questões extremamente subjetivas como a psicologia…
            Quais psicólogos que falam que só dá para ressocializar alguém até os 21 anos de idade? Então o que fazem os psicólogos da vida? se eles acreditam que um problema psicológico não pode ser alterado? deveriam então estar atendendo somente menor de 21 anos..

            Compreende visivelmente, se compreende então distorce propositalmente.

            O que você chama de natureza humana, eu chamo de cultura, mas não quero entrar nessa questão conceitual, o capitalismo como conhecemos hoje não surgiu de forma natural, Adam Smith e demais “filósofos” apenas idealizaram caminhos, a social-democracia, foi idealizada, o liberalismo econômico foi idealizado, o neoliberalismo foi idealizado, o estado de bem-estar social foi idealizado antes, nenhum dessas derivações, veja não existe capitalismo “puro” existe formas dialéticas entre “capitalismo” e “socialismo”, representado em ultima estância pelo mercado e estado, e essas derivações do capitalismo todas foram antes idealizadas, em busca de respostas para problemas reais, nenhuma surgiu de forma natural, surgiram a partir da interpretação da realidade.. e como resposta para ela, assim como Marx e Engels, idealizaram uma resposta para as contradições da realidade, a partir de um outra perspectiva…

            Voltando a questão de natureza humana, eu não considero o homem como o problema, eu considero fatores culturais, pois uma criança não nasce com personalidade, o meio / a cultura é quem vai moldando ela.. “enxergamos nos outros a imagem de nós” ou seja somos formados psicologicamente pelo meio, pelo outro, como um espelho, e as diferenças não são tão gritantes, conforme a cultura.

            9. não existe resposta pronta para as questões, mas é possível, buscar exemplos, e é inocência querer aplicar de forma literal, nesse ponto é necessário contextualizar conforme a realidade local… se fosse assim, não poderíamos usar nada como exemplo e teriamos que reinventar tudo conforme cada situação.

            Nesse ponto também sou a favor.
            Concordo que tenham que trabalhar,
            mas também não concordo em privatizar é preciso aprofundar um pouco mais esse ponto, que talvez esse seja o ponto vital.

            10. Não acho que a forma com que os policiais sejam tratados nos presídios seja errada, errada é eles ter regalias.. acho até que é um modelo bem sucedido, inclusive nunca houve tentativa de fuga..
            Acho que deveria ser adotado como modelo, e buscar aplicar conforme a receita disponível, sem que os custos sejam aumentados…

            também não concordo com esse tipo de lei que enche o presidiário de regalias.. isso não é solução nenhuma. também acho absurda e irracional.

            Mas o problema é que falta muito debate e envolvimento de diversas pessoas e entidades para encontrar soluções baratas e eficientes, é fácil? não não é, é muito difícil.. mas se a população não se organizar, se a população não se unir para discutir para articular soluções.
            Ficaremos sempre a mercê dos políticos, que muitas vezes não tem conhecimento suficiente em determinado assunto para poder criar um projeto de lei, criando leis burras que criam outros problemas sociais..
            Por mais que exista divergências entre determinados setores da sociedade, que cheguemos então em 3, 4, 5 sei lá várias propostas, pois não precisa haver uma solução unânime, mas precisamos articular diversos setores para debater o assunto, pois é um problema social e não de uma determinada profissão.

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Por conta de você postar em dois tempos (duas vezes para o mesmo tópico numérico), eu não continuarei seguindo o critério de enumerar os assuntos. Minhas aulas para o notório estudante voltarão a ser dadas em postagens não numeradas.

            Quem “engasgou” foi você; no teu proselitismo de sociólogo marxista. Afinal de contas, se a maioria dos favelados é composta de pessoas trabalhadoras e honestas, bem como, também a totalidade dos bandidos é composta de gente sem caráter e de má índole (só você conhece bandido de bom caráter kkk), a única coisa que ficou explícita é que o fator determinante para a existência desses LIXOS é a falta de boa índole e o mal caráter… E a maioria que é honesta? Você ainda não especificou o porquê dessa maioria ser honesta. Eu disse que é a boa formação familiar… Agora, cabe a você contra-argumentar da mesma maneira direta e objetiva (o que é diferente de “simplista”).

            A favela é um meio social horroroso, sem nenhuma condição de formar bom caráter em quer que seja… Mas, não obstante esse fato, a maioria dos favelados são honestos!

            Isso prova que, contra o crime, “Políticas Sociais” só servem pra vagabundos (Ongs) ganharem dinheiro…

            Eu disse o porquê. Você discorda que seja só por conta da família e/ou da religião. Cabe a você especificar, direta e objetivamente (como eu).

            Você está fugindo da contra-argumentação.

            Na Índia a religiosidade chega a dar nojo… Mas, os miseráveis de lá só dão nojo; não tiros e nem facadas em ninguém.

            Na China e em Cuba bandido bom é bandido morto; são sumariamente fuzilados. Portanto, são dois exemplos que “matam à pau” não só a tua tentativa de enaltecer “Políticas Sociais” para combater a criminalidade, bem como, também de combater a Pena de Morte.

            Não que eu esteja defendendo a Pena de Morte, mas, lá na tua Pátria (Cuba), ela deu certo… Otário!

            Aliás, é interessante ver que os socialistas tupiniquins são os únicos que defendem o bem estar de bandidos, e propõe investir dinheiro nesses fardos sociais.

            Lá nos redutos marxistas, diferente daqui, todo vagabundo tem a certeza absoluta que vai morrer fuzilado. O que resulta num eficaz efeito de dissuasão. O medo de morrer é INTRÍNSECO À TODO SER VIVO… O que desqualifica a afirmação de que aqui já existe a “pena de morte”.

            Se nós somos a Policia que mais mata, também somos a que mais morre. Onde você fica na hora das aulas de Matemática? Fumando maconha, ou fazendo sexo anal?

            O que há é um morticínio de todos os lados (bandidos, vítimas e também policiais), proporcional à ralidade da safadeza e da violência que impera nessa terra, bem como, também resultante da falta de uma legislação penal que cause o necessário poder de dissuasão.

            O mesmo fator determinante para que haja bandido pobre, também o é para que o Brasil seja o recordista mundial da corrupção e dos “crimes do colarinho branco”; praticados por empresários e políticos (ricos, porém sem a devida formação familiar).

            O resto, é “conversa mole” de quem não conhece bandidos, mas se acha capacitado para versar sobre os mesmos.

            Se a maioria da população carcerária é pobre, é por conta do fator proporcional.

            Pra você, a proporcionalidade só é levada em conta no caso da população carcerária feminina; desconsiderando a natureza das mulheres, totalmente diversa da dos homens?

            Por acaso o neófito acadêmico, que jamais lidou com criminosos, saberia explicar o porquê das mulheres encarceradas, na grande maioria, terem praticado tipificações penais de baixa potencialidade ofensiva (furto ou tráfico de drogas)?

            Raramente uma mulher troca tiros com a Polícia. Em 30 anos de profissão, eu vi isso apenas UMA VEZ.

            Crime de Roubo (Artigo 157 do CPB), a mulher só participa na formação de quadrilha; dando guarita para os ladrões, ou escondendo o produto do crime. Assim também o é nos casos de Extorsão mediante Sequestro (Artigo 159 do CPB), tomando conta do “cativeiro”.

            Sequer tem conhecimento desse fato, e quer usar as mulheres como exemplo de proporcionalidade?

            As tuas postagens, totalmente surrealistas e limitadas em opiniões meramente ideológicas (discriminatórias, preconceituosas) e acadêmicas, deixam explícito que você não possui conhecimento de causa para debater esse assunto.

            Você quer o número de ocorrências atendias pela Polícia Militar… Pois bem. Em média a PMESP atende mais de 150.000 (cento e cinquenta mil ocorrências) por dia:

            https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0CB0QFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.ssp.sp.gov.br%2Fnoticia%2Flenoticia.aspx%3Fid%3D32872&ei=SkX-VMjnCIyXNrzIgrAN&usg=AFQjCNHEqOADZ1XQCO6V5qSFxdEv6a9Qtg&sig2=rAzofR43FIUxJxfq5yZLwA

            E, segundo VOCÊ, diariamente morrem “inúmeros inocentes”. Agora chegou a tua vez de mostrar esses números!

            Poste os números diários de inocentes mortos pela Polícia!

            O ônus da prova cabe a quem acusa.

            Precisam ser números DIÁRIOS; conforme acusou você. Estatísticas de pessoas mortas pela Polícia não provam que sejam todas inocentes.

            Eu fui DIRETO e OBJETIVO… Portanto, não “enrola”!

            A Polícia não pode impedir que os crimes aconteçam, inclusive os estupros, sem legislação penal condizente ao seu trabalho. A principal arma da Polícia é a Lei.

            No Brasil, quem é mais escutado pelo legislador?

            Os profissionais de segurança pública, ou os teóricos acadêmicos, ditos “especialistas” em criminalidade (vide o “link” por você postado, versando sobre “Pena de Morte”)?

            Nossa posição é muito cômoda.

            – Não fazemos as leis;

            – Não somos consultados por quem as fazem;

            – Não nos oferecem as mínimas condições de trabalho e, quem diz que podem nos ajudar a tê-las (os socialistas e os sindicalistas) são os primeiros a darem crédito aos referidos “especialistas” (tóricos acadêmicos, que jamais olharam um facínora nos olhos, quando esses monstros estão soltos e armados). São também os que mais nos odeiam… Percebe o contra-senso?

            – Nem precisamos cometer crimes; quando cometemos algum deslize, somos execrados e, apesar de atendermos quase MEIO MILHÃO de ocorrências por mês (só no Estado de São Paulo, segundo a fonte já postada), pra você o que vale mais são os “inúmeros inocentes mortos diariamente” (estou aguardando esse número diário de “inocentes”, para multiplicar por 30 e ver quantos “inocentes” você vai provar que nós matamos por mês).

            A inconsistência desses números “de inocentes mortos DIARIAMENTE” (como escreveu você), somada as 150.000 intervenções diárias em prol da Sociedade e da Pátria brasileira, só no Estado de São Paulo, deixa caracterizado não só a tua derrota (inépcia) nesse debate, mas, também a tua falta de caráter, o preconceito e a discriminação contra toda uma categoria de trabalhadores honestos. Crime pelo qual você poderá responder na Justiça. Verifique nos teus textos (já devidamente “salvos”) que você generaliza; o que não limita a tua ação delituosa apenas contra os policiais militares, mas, também os civis e os federais. Pesquise e verifique a farta jurisprudência condenando essa conduta.

            São fatos e números meu amiguinho. Números que você pediu. Para justificar as tuas acusações (calúnias), você terá que mostrar os números dos inocentes que, segundo você, nós “matamos diariamente” (PROVE)!

            Xingar a tua mãe e você também me xingar é “chumbo trocado”; não envolve Associações e Sindicatos, discriminação e preconceito. O máximo que pode acontecer, é você ser identificado e qualificado (nome completo, CIC, RG e endereço) na oportunidade de uma eventual representação judicial por motivo de Injúria (Artigo 140 do CPB). Será um prazer conhecê-lo pessoalmente!

            Dando sequencia à nossa aulinha, falando do sonho da “Alice no país das maravilhas” (Suécia ou Cuba?), repito: não tem COMO viabilizar nada sem dinheiro e, num pais onde o professorado marxista forma agentes revolucionários ao invés de profissionais técnicos, capazes de produzir riquezas (bens com alto valor agreado, tecnologia), vamos ficar só no campo das críticas e das idéias impraticáveis.

            No que tange ao trabalho dos psicólogos, curar uma doença é totalmente diferente de reformar a psique do paciente.

            E já que estamos falando na natureza dos Seres humanos, observe o comportamento dos bebês. Eles são o que podemos chamar de Ser humano “in natura”. Como disse você, ainda não assimilaram nenhuma cultura, porém, demonstram os INSTINTOS de posse e de insatisfação.

            Enquanto um objeto estiver agradando o bebê, ele reluta em compartilhar. Caso você insistir em tomar o “brinquedinho” de suas mãos, o bebê chora!

            Ele já nasce possessivo.

            Porém, se deixar o bebê à vontade com o objeto, chegará uma hora que ele enjoa e vai em busca de um outro objeto para a sua diversão.

            Ele já nasce insatisfeito!

            A criança precisa ser educada, no sentido de coibir essa natureza avarenta e insatisfeita. Porém, coibir não é fazer que deixe de existir.

            E é por conta dessa natureza de todo Ser humano, que Antonio Gramsci diz que a revolução marxista jamais pode ser feita pelas armas (aos moldes de Lenin,Trótski, Mao, Fidel ou Guevara), mas, sim através da reconstrução social, doutrinando ideologicamente geração pós geração, através dos bancos escolares, da mídia, dos formadores de opinião e, principalmente, da religião predominante na sociedade que se pretende doutrinar (robotizar, transformar em “bovinos” seguidores da doutrina marxista). Surge no seio da Igreja Católica latino americana a Teologia da Libertação.

            O PT é um desdobramento político partidário da Pastoral Operária e dos Movimentos Eclesiásticos de Base da Igreja Católica, organizados pela ex-deputada Irma Passoni.

            O genial Gramsci ensina os socialistas como tomar o Poder sem derramar sangue. No entanto, não ensina como esses esquerdopatas se manterem no Poder por um longo período, pois, o socialismo pressupõe, necessariamente, um Estado intervencionista; quando não, gestor… E pra isso é preciso dinheiro, muito dinheiro!

            E a natureza humana, mesmo que educada, continua sendo possessiva e insatisfeita!

            Só nos aperfeiçoamos e desenvolvemos tecnologia, se houver concorrência e, na medida em que há uma disputa (concorrência) haverá vencidos e vencedores.

            Diante desse fato, enxergar “explorados” e “exploradores” só é possível por conta de uma mente “doentia”; a qual assimilou uma cultura e se esqueceu da sua própria natureza… Todos os líderes marxistas viveram e ainda vivem na opulência.

            Outro obstáculo intransponível para o marxismo, que também tem origem nos INSTINTOS humanos, é lidar com a classe produtiva. Ninguém produz em grandes quantidades e cada vez buscando a melhor qualidade se não for para LUCRAR nas mesmas proporções. Na medida em que o Estado cobra mais tributos para a sua equivocada função de gestor e financiar políticas sociais, sobrecarrega a classe produtiva, inibindo o empreendedorismo e a produtividade.

            Você não é nada objetivo, não somente no que concerne à explicar o fator (ou fatores) determinante para que a esmagadora maioria dos favelados seja composta de gente honesta, mas, também quando fala em “aprofundar” a questão do sistema prisional. Você tem que ser mais direito e isso não significa ser “simplista”. Você demonstra ter receio de dar a tua opinião; fica apenas com considerações inconclusivas.

            Se o sistema prisional fosse privatizado, além de não gastarmos mais nenhum centavo com os detentos, eles triam uma qualidade de vida extremamente melhor e ainda dariam LUCRO para a nação.

            Mas, como por isso na cabecinha dos socialistas, se esses bovinos doutrinados “enxergam” dialética em DOGMAS?

            Como é possível haver dialética, em algo que é dogmático?

          • Junior Gilberto disse:

            respondi em dois módulo pelo fato desse site por vezes mostrar somente parte da sua resposta.. mas você foi o primeiro à fazer isso e não fique dando pitizinho… e também não tenho tempo para responder tudo de uma só vez. então aguente.

            E isso não é desculpa, pois minhas respostas estão numeradas, e seguindo a sequência..

            kkkk… seu ego está mais inflando a conversa de auto-exaltação, você precisa disso para “ser” alguma coisa? eu não..

            honestidade é um fator latente, pregado e ensinado culturalmente, e isso explica a maioria da população ser honesta..
            Agora achar que isso é um argumento irrefutável, é ser muito simplista por se basear em um caráter psicológico, (você é psicologo?) individual e de difícil julgamento para “encerrar” um assunto sociológico.
            E caráter não está relacionado somente à condições sociais, existem mau-caráter em todo setor da sociedade, inclusive quando se fala em “jeitinho brasileiro” e não necessariamente isso está relacionado à legalidade, Classificar caráter baseado na lei, cumprir cegamente a lei, não necessariamente significa ser bom ou mau caráter. Inclusive existe inúmeros mal-caráter que não estão na cadeia, cadeia não é um lugar que prende pessoas pelo seu caráter, mas pelo fato de descumprimento da lei.. policial não é psicólogo, inclusive existem muitos mau-caráter esses não estão na cadeia, assim como existe em outras profissões..

            Se favela é horrorosa, e por mais que a população seja honesta e trabalhadora, não é honesta as condições imposta, e por isso não defendo às condições, pelo fato de uns e outros superarem essas condições..
            Mas o fato da maioria da população de baixa-renda ser honesta não exclui o fato da maioria dos presidiários serem de baixa-renda.. portanto não há como usar somente o fator de proporcionalidade populacional para exemplificar esse fato, mas esse meio com condições precárias também contribui para a formação do indíviduo, em uma favela fica evidente o fato de que essa população não recebe o básico, apesar de trabalhar diariamente, não recebem o básico e essencial que é garantido na legislação.. e desde criança inclusive os jovens ainda em formação de caráter(menores de 21 que você cita poder ser ressocializá-dos) são constantemente induzidos para a criminalidade, e por mais que tenham uma estrutura familiar, a familia não tem condições de estar presente em todos os momentos da vida, pois é necessário trabalhar..
            Portanto da adolescencia até a juventude, essas pessoas recebem inumeras oportunidades de entrar para o tráfico e para a criminalidade, mais do que oportunidades de ter um estudo de qualidade, ou que pelo menos os incentive para estudar..
            ou vai negar?

            Isso prova que é necessário politicas sociais, sem isso só serve para o estado continuar investindo dinheiro público em ações ineficientes, investindo no aumento da criminalidade..

            Eu não disse que não inúmeras vezes e repito, eu disse que não é “só”, não é só por meio da familia e da religião.. podem ser fatores que contribuem, mas não que encerram o assunto..

            Índia e China, se não me engano foi você que citou como exemplo, de alto índice de pobreza e baixo índice de criminalidade, e para justificar isso eu citei a religião no caso da Ìndia, para dizer que é influência de fatores sociais (nesse caso cultural), pois usar apenas questões de proporcionalidade populacional, como no argumento anterior é simplista, temos que colocar outros fatores para interpretar dados (assim como você inseriu outros fatores na relação populacional entre gênero; e usei como exemplo justamente para dizer isso… é preciso olhar outros fatores, que não só dados em si)

            Agora Cuba em nenhum momento citei como exemplo de combate a criminalidade, citei como exemplo de que é possível fazer politica social, voltada para saúde e educação, por exemplo, sem ficar esperando cair dinheiro do céu, fazer o melhor com o quanto temos disponível..

            Dispenso a padronização socialista/marxista, e demais classificações, estou defendendo o meu ponto de vista e não uma doutrina..
            Se é incapaz de ver isso, tire o cabresto!
            Em “redutos” anti-marxistas também existe pena de morte. portanto uma coisa não pressupõe outra.

            Aula de matématica? Pelo jeito nem o que é matemática você aprendeu, Dados não é matemática..
            Aprenda dados são para serem interpretados, não para serem levantados como bandeira.. Portanto um dado deve ser interpretado, como estou colocando inúmeras vezes no debate, e voce ainda não aprendeu…

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Quando eu disse que um indivíduo que possui “anti-corpos” pode ficar exposto à condições de “insalubridade” sem adoecer, implicitamente (o óbvio é implícito) estou dizendo duas coisas:

            1ª A família e a religião são o que formam “anti-corpos”

            2ª De fato, o meio social de uma favela, com forte incidência de Crime Organizado (facções criminosas), corrompe os mais fracos.

            E o Estado precisa, sim, estar presente em todos os locais. Mas, num lugar desses, antes de ser possível até mesmo a entrada dos Correios, quem tem que estar presente é a Polícia. E, por conta da falta de uma legislação penal mais célere, inflexível e contundente, Polícia acaba “enxugando gelo” (prende o mesmo marginal várias vezes, se desgasta com a população do local, o problema só aumenta) e também acaba se corrompendo. Você se cansa de arrumar inimigos, “amarrando cabra para os outros mamar” (advogados, juízes, promotores, ONGs, políticos, jornalistas, etc.).

            Compreende essa realidade que enfrentamos?

            Eu já te disse que dou aula de Economia. E te expliquei a respeito de Cuba (“micro-empresa”) e do Brasil (“mega empresa”). Ambos os países são pobres, não produzem riquezas (bens com alto valor agregado, tecnologia), mas, mesmo com esta similaridade, é muito mais fácil para o Estado prover uma população pequena.

            O exemplo a ser seguido é a Suécia, desde que, antes de se falar em promover as Políticas Sociais que existem no referido país, alcancemos o desenvolvimento técnico-científico e o decorrente desenvolvimento econômico daquele povo… Dai surge a pergunta:

            Quanto estamos investindo em obras de infra-estrutura para dar suporte ao desenvolvimento industrial (só a Indústria gera riqueza), quanto estamos oferecendo de incentivos fiscais para que a iniciativa privada, aos moldes da Suécia, possam investir no desenvolvimento de tecnologia de ponta?

            Quanto estamos “investindo” em assistencialismo?

            Entende o porquê que eu digo que Polícias Sociais não resolvem (só “mascaram”) o problema da miséria e, decorrentemente, da criminalidade?

            A Suécia é um modelo de Socialismo espontâneo, e não ideológico. na medida em que existe uma certa homogeneidade na capacitação laboral dos trabalhadores e, concomitantemente, o desenvolvimento de empresas de alta tecnologia (que recebem fortunas em Royalties), o Socialismo surge espontaneamente.

            Porém, repito, é muito mais fácil (menos difícil) desenvolver uma Nação homogênea de 9 milhões e seiscentos mil habitantes (caso da Suécia) do que um país de mais de 200 milhões de habitantes.

            Argumentos fundamentados em números, apesar de excepcionalmente serem passivos de interpretação (subjetividade), são argumentos matemáticos… Eu conheço Matemática (sou economista) e também um “pouquinho” de Português.

            Acho que o nosso debate já se exauriu.

            No compto geral, apesar das rusgas, até que chegamos (quase) em um denominador comum.

            Vai trabalhar (ou, no teu caso, estudar) que eu também tenho muita coisa pra fazer. Caso desejar alguma outra opinião da minha parte, estarei à tua disposição. Só não posso me comprometer em responder prontamente.

            Finalizando, lembre-se de uma coisa:

            A tua Polícia morre mais do que todas as Polícias do mundo e, mesmo que não tenha consciência disso, Ela morre por você. Apesar de gostarmos e precisarmos de dinheiro, ninguém (quase ninguém) ingressa na Polícia por conta do dinheiro… Não há dinheiro que pague ariscar a vida diariamente.

            Fica na paz!

          • Junior Gilberto disse:

            1º Família e religião podem fazer parte, muitas vezes pode ser outros fatores que desviam jovens da criminalidade, como a arte (dança, música etc..) mesmo por que se esses dois pressupostos encerrasse o assunto, seria pressumível que quem não tem família nem religião logo seria criminoso, e isso não é verdade, na cadeia tem também pessoas com familias estruturas e também religiosos..

            2º ponto pacífico, o meio corrompe. pois a formação psicológica se dá pelo meio (religião e familia é parte desse meio)

            Outro ponto pacífico, a “policia acaba enxugando gelo”

            Agora nesse ponto, não acho que a Suécia deva ser um exemplo de desenvolvimento industrial e tecnológico à ser seguido, mas ai vamos cair em um outro ponto de vista pois nesse ponto já tenho uma visão mais ligada ao meio ambiente e não acho que a solução seja necessariamente investimento em tecnologia de ponto e que só a industria trás desenvolvimento..

            Não quero ficar estendendo muito nesses ponto se você dá aula de Economia vou apenas deixar um sugestão de vídeo, que julgo muito interessante para a visão econômica e diverge um pouco do ponto de vista convencional..
            https://www.youtube.com/watch?v=NTor8YiD6lU

            Também acho que o debate se exauriu e ficou muito cansativo devido a dimensão das postagens, e não sou estudante como está julgando, tenho que trabalhar assim como você, o fato de eu possuir uma opinião que propõe mudanças no modo de fazer não significa necessariamente que eu não faça, que eu não trabalhe. Significa que não estou conformado com o modo como as coisas são.

            E para finalizar:

            As questões não são simples (como ficou evidente em nosso debate) e não basta acusar apenas um ou outra pessoa ou instituição é necessário buscar soluções, inclusive acho que a maioria dos policiais deveriam estar envolvidos nessa busca por soluções afinal eles também estão morrendo muito (não nego isso), portanto existe um problema para ambos os lados.. Então é preciso buscar mudanças e analisar as situações de forma menos tendenciosa.

            Por outro lado descordo também dos partidos de esquerda, quando eles apresentam uma solução, como por exemplo a desmilitarização (e não quero polemizar nem estender o debate para esse ponto), discordo o fato de apresentar uma solução sem antes envolver a população nesse debate, sem antes situar o povo e ouvir a opinião sobre isso… assim como discordo também dos partidos de esquerdas, quando eles falam que deve acabar o financiamento privado de campanha, e que deve ser público…
            Concordo que esses pontos devem ser modificados, mas discordo da solução pronta sem promover uma audiência pública, e um debate público sobre os assuntos, não só para constatar os problemas pois já estão constatados, é necessário buscar soluções conjuntas sem tendenciosismo, seja para o partido seja para uma instituição temos que ser tendencioso para buscar soluções efetivas e integrais (que contribuia para a sociedade como um todo) é possível? sim, é possível até que seja exaustivamente buscada as soluções.

          • Junior Gilberto disse:

            Eu não trabalho? para de julgar alguém que você nem conhece, quanta infantilidade..

            11. repetitivo, já foi respondido em outro comentário

            12.mandar usar o dicionário não é argumento. apresente algum argumento que eu respondo.

            13.minha opinião? quem é você para falar isso, alguem que diz, não preciso de fontes, são fatores implícitos!

            quais casos, os 90% não solucionados?

            Crime de calúnia agravado por preconceito? quem é você para falar isso, em todo parágrafo me xinga, e te respondo de forma madura sem entrar em conflitinho infantil..

            Ilegalidade contra a democracia?
            A policia militar foi criada durante a ditadura, muitos policiais cometem inúmeras ilegalidades..
            Nunca discutiu-se tanto a desmilitarização.
            Especialistas dizem que a policia militar não cabe dentro de um modelo de democracia..
            Então concordo a democracia é para democratas.. e democracia pressupõe respeito à opinião do outro, e isso você ainda não aprendeu.

            Não é o que é melhor para a pátria, é o que para as melhor para as pessoas, estamos falando em pessoas e não em bandeira ou fronteiras, a pátria é representado pelo estado, e o que é melhor para o estado (politica com seus políticos) já está acontecendo.

          • Luiz Carlos Paciullo disse:

            Eu julgo quem eu não conheço e acertei!

            Lembra quando você ainda escondia a tua condição de marxista apátrida; o que ficou explicito nas postagens posteriores aqui gravadas?

            Para um profissional de Polícia, mais fácil do que identificar um socialista, é identificar um vagabundo… Quem defende vagabundos, vagabundo é. E quem propõe “soluções” bilionárias para defendê-los, logicamente são aqueles que não pagam nem pelas despesas que esses LIXOS SOCIAIS nos dão no momento.

            E você, que fez um diagnóstico médico a meu respeito, sem me examinar? Pior, sequer é médico.

            11. Responderei na minha postagem subsequente. E se continuar a postar em dois módulos, eu não vou mais perder meu tempo para te ensinar a pensar como homem… Fedelho indisciplinado kkkk

            12. Perguntar o significa a palavra “delinquente” não é pergunta pertinente à um debate sobre Segurança Pública e Criminalidade. Antes de se meter à “jurista” ou à policial (profissionais que lidam diretamente com os bandidos), é preciso conhecer o mínimo de Língua Pátria. Portanto, procure no dicionário… Vadio!

            13. Crimes solucionados? Como assim? Você fuma maconha? Este item trata de OCORRÊNCIAS POLICIAIS ENVOLVENDO A MORTE DE INOCENTES.

            Polícia “MATA DIARIAMENTE INÚMEROS INOCENTES”?

            Como assim?
            Isso não é o que a JUSTIÇA PÚBLICA relata.

            É a TUA opinião… Totalmente diversa dos FATOS DOCUMENTADOS pelas Varas Criminais que analisam e julgam CADA CASO.

            O Inquérito Policial é um Instituto arcaico que inviabiliza a apuração de mais de 90% dos casos? Ora, e isso quer dizer que “a Polícia todo dia mata inúmeros inocentes”?

            Você decidiu que todos os casos não apurados sejam casos que envolvem policiais e, além disso, decidiu também que nesses casos os mortos eram inocentes?

            kkkkk

            Sem comentários.

            Se quiser me fazer um favor, me diga seis (06) números para eu jogar na Loteria.

  3. Junior Gilberto disse:

    Quer mais suporte ideológico do que não conseguir identificar o verdadeiro “inimigo da sociedade” ? não sei se por falta de pensar por si só, ou para encobrir a elite dominante juntamente com os políticos, prestando assim um desserviço social, servindo de marionete.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via