Congresso em Foco

O ministro da Justiça acusou ainda deputados estaduais de ligação com o crime organizado

Ministro da Justiça critica Segurança Pública do RJ e aponta ligação de autoridades com o crime organizado

01.11.2017 08:10 3

Reportagem
Publicidade

3 respostas para “Ministro da Justiça critica Segurança Pública do RJ e aponta ligação de autoridades com o crime organizado”

  1. Walldemar Sobrinho disse:

    Não me agrada concordar com o Ministro da Justiça, entretanto, o estado crítico e terminal da segurança pública do Rio de Janeiro não deixa dúvida de que ele tem razão, infelizmente. Como carioca posso dizer, sem medo de errar, que vivemos no Estado mais perigoso de toda Federação, não pelo que dizem os números estatísticos e sim a verdade das ruas. Por óbvio que há pessoas com sangue policial na PM fluminense, mas é totalmente impossível que o comando não esteja intimamente envolvido com toda série de ilicitudes, dada a magnitude do sucesso do criminosos.

  2. MAIS UM MINISTRO DO GOVERNO TEMER QUE PISA NA BOLA, POR FALAR BABOSEIRAS SOBRE A POLÍCIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO!
    Que declaração infeliz do ministro da Justiça e Segurança Pública Torquato Jardim sobre a Polícia Militar do Rio de Janeiro, ele falou que comandantes de batalhões “são sócios do crime organizado no Rio”. Na situação complicada que o Rio de Janeiro anda na segurança, vem este ministro sem sabedoria nenhum e fala essa aberra sobre a Polícia Militar do estado. E ele ainda não satisfeito falou que o governador Pezão e o secretário de Segurança, Roberto Sá, “não controlam a Polícia Militar”. Aí a gente vê porque o país se encontra nessa situação degradante que nós estamos vendo, quem deveria dar exemplo, como um ministro de estado, não, são os primeiros a darem maus exemplos. Ele ainda falou que a morte do coronel Luiz Gustavo Teixeira, assassinado no Méier em um assalto no dia 26 (10), foi “acerto de contas”. Agora para ele dar essa declaração é porque ela sabe de alguma coisa, e se ele sabe de alguma coisa por que ele como ministro da Justiça não manda investigar. Se tudo que ele falou for mentira o mínimo que o presidente Michel Temer deveria fazer é destitui-lo do cargo.

  3. Bento Sartori de Camargo disse:

    Sr. Ministro, tem total e absoluto apoio da sociedade nesse assunto. Para surpresa nossa está sobrando para o Poder Judiciário botar a casa em ordem, pois graças a essas leis boazinhas quando não medíocres produzidas por esses políticos ou melhor: politiqueiros filiados a uma quadrilha sob a sigla de partido. Soma-se a isto, uma maioria de votantes corruptos ou ignorantes do que é uma democracia e principalmente cidadania. Estamos longe, mas muito longe de uma democracia de verdade. Lamentável. Em tempo: o crime organizado é imperdoável, se alguém está atrapalhando seus negócios simplesmente acaba acontecendo um “acidente” e esse estorvo não incomodará mais. Fique esperto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via