Congresso em Foco

Presidente Jair Bolsonaro mostra uma caixinha de Hidroxicloroquina. Foto: Carolina Antunes/PR

Governo desvia cloroquina para a covid, e combate à malária corre risco

28.03.2021 14:21 8

Reportagem Em
Publicidade

8 respostas para “Governo desvia cloroquina para a covid, e combate à malária corre risco”

  1. Valdir disse:

    Esse Bolsonaro não aprende mesmo. Tem que desenhar:
    1 – Hidroxicloroquina NÃO É EFICAZ NA POPULAÇÃO POBRE. Só funciona em médicos (David Uip e Jorge Kalil), ou em artista Globolixina infectada pela variante “malária do Leblon”;
    2 – Tratamento precoce NÃO FUNCIONA EM PAÍS POBRE. Só funciona em países ricos, como a Austrália, por exemplo.
    Aprendeu?

    • Felikes disse:

      Pior, cloroquina NÃO funciona contra Covid-19. Infelizmente.

      • Valdir disse:

        É o que expliquei ao Bolsonaro!
        Só em algumas exceções…

        • Felikes disse:

          Acho que não funciona em país nenhum, embora existem provas científicas atestando o valor dos placebos em geral.

          • Valdir disse:

            Ontem li bastante coisa no site do governo da Austrália. Interessante!

          • Felikes disse:

            Em vitro o remédio funcionava, mas na prática não. Algo que não é incomum. Os Estados Unidos mandaram a sua cloroquina para cá e na Europa não tem países recomendando o uso.

            Sou do grupo de risco e não aceitaria usar.

            Tem pessoas que dizem que foi por causa da cloroquina que sararam, mas durante a doença tomaram também água e outros remédios. Além disso, a grande maioria das pessoas contaminadas tem a sorte de sarar embora nem sempre sem sequelas. Como então chegar à conclusão que foi a cloroquina e não a água ou o curso natural da doença? A maioria das pesquisas sérias dizem que o remédio não funciona contra covid-19.

          • Valdir disse:

            Você viu a declaração do presidente da CFM?
            Ele deu a posição “oficial” dizendo que tem estudos com as duas conclusões, e por isso a decisão é de que os médicos devem decidir juntamente com seus pacientes. Disse que a ciência não tem uma conclusão se funciona ou não. Assim, como não tem como afirmar que funciona, também não tem como afirmar que não funciona.
            Na minha família, a maioria tem tomado hidroxicloroquina ou ivermectina, e todos que já pegaram COVID passaram sem sintomas ou com sintomas muito, mas muito leve.
            É realmente uma decisão individual.

          • Felikes disse:

            Se um médico me oferecesse um desses remédios, ficaria decepcionado achando que estava sendo tratado por um charlatão.
            Seus familiares podem pertencer à enorme maioria que saram sem problemas dessa contaminação, simples assim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via