Congresso em Foco

Zé de Abreu diz que não cometeu irregularidade e atribui convocação a revide de Malafaia por meio de aliado na Câmara

CPI da Lei Rouanet quer ouvir ministro da Cultura, Gilberto Gil, Juca, Marta e Zé de Abreu

04.10.2016 21:49 31

Reportagem
Publicidade

31 respostas para “CPI da Lei Rouanet quer ouvir ministro da Cultura, Gilberto Gil, Juca, Marta e Zé de Abreu”

  1. Valdir disse:

    Esse covarde do Zé de Abreu, afinal, cumpriu com a palavra de ir embora do país? Ou só confirmou que sua palavra não é palavra de homem?

  2. Maria Aparecida Machado rodrig disse:

    Estes artistas citados n precisam de incentivo do governo pela lei Rouanet
    Eles conseguem lotar qqr.show do com seus próprios nomes….e conseguem patrocínio privado……e falta de consciência e vergonha na cara….correr atrás como se fossem desconhecidos….e favorecessem os mais carentes!!!

  3. Rogerio disse:

    Sostenes é outro idiota. Porque não chama os maiores captadores de recursos e que nem precisam ? globo, Itaú. funação FHC ?

  4. ADALBERTO COSTA disse:

    Como o ser humano é egoísta. Esses artistas defenderam os Ptistas, de modo ferrenho, esnobando e debochando do povo que ficava cada vez mais pobre e sem emprego. O país indo para um buraco sem fim e eles nem aí, pois os deles já estava garantido. Morar em Paris e desfrutar do que o capitalismo tem de melhor e depois voltar para o Brasil, com a cara mais lavada, e se dizer defensor dos pobres e das minorias é muito fácil…nojo dessa demagogia barata, tão fácil de ser refutada.

  5. mariossergio disse:

    Até onde eu sei, a Lei Rouanet foi criada para incentivar novos valores artísticos. Se MC Guimê, Cláudia Leite, Luan Santana e Zé de Abreu receberam incentivos através dessa lei, não é preciso muito para reconhecer que está havendo desvios em algum momento e lugar, afinal não são novos valores.
    Mas CPI não dá em nada mesmo…
    Agora, levar Zé de Abreu ao Congresso e colocá-lo frente a frente com Jean Wyllys é um perigo. Pode sobrar cuspe para todos os presentes!

    • Paulo disse:

      Pois é, ao MC Guiné a lei Ruanet serviu para ficar na moleza, comprar um baseado de vez em quando e há quem ouve as suas músicas, e até se apresentar de vez em quando no programa da Fafá Bernardes.

  6. Munn Rá : O de Vida Eterna disse:

    KKKKKKKKKKKK a casa caiu Esquerda Caviar KKKKKKKKKKKKKK

    Trocaram o próprio país para obter recursos em troca de apoio ao PT

  7. Rui W. Mascarenhas disse:

    Pegaram alguns MAMADORES DO PT …

  8. Artur Jorge disse:

    Agora falando serio, cultura é necessária mas para quem tem saúde , educação , e emprego . Por hora, para Brasileiros comuns é luxo , nós hoje lutamos para se manter vivo , insegurança , plano de saúde caríssimo e para aposentado custa mais do que ele ganha miseravelmente. Aposentado ganha esmola atualmente, e o governo do PT maltratou ainda mais os aposentados , só ajuda quem os ajuda .
    Tipo artista que faz propaganda deles .

  9. Artur Jorge disse:

    Tão honesto que está morando em Paris , KKKKK o medão

  10. Eduardo disse:

    O engraçado é ver que os pseudo artistas que defendiam a tese de Golpe eram os mesmos que recebiam grana e vantagens do governo, eles nunca defenderam a democracia , eles estavam defendendo o golpe que sofreriam nos seus bolsos, cambada de parasitas!!!!

    • Rogerio disse:

      o engraçado é ver gente sem noção igual ao você. Os maiores captadores da lei rouanet apoiavam o golpe e por isso não estão sendo chamados : Globo, Grupo Abril, Itapu, fundaçao FHC , etc.

      Só o grupo abril recebeu mais de 30 vezes o que o Zé captou, A fundação FHC recebeu 40 vezes.

      • Eduardo disse:

        Roubar 1 milhão ou 100 milhões é crime do mesmo jeito , mortadela alienado!!!!

        • Rogerio disse:

          Caro idiota alienado. Chamar um cara que captou 300.000 e deixar livres os que roubaram 200 milhões é prova cabal que não existe interesse em realmente coibir atos espúrios.

          Como você é um INCAPAZ que apenas enxerga PT na vida te perdoo.

  11. Carneiro disse:

    Outra sugestão seria o Governo Temer cortar toda a verba de publicidade, evitava gastar milhões em tv, jornais e revistas!

    Corta total! Zero publicidade!

    Se precisar comunicar anuncia nos veículos institucionais, na NBR, Tv Brasil, na RadioBrás.

    Pra que essa despesa com mídia em tempos de crise?!

  12. Carneiro disse:

    E a Fundação Roberto Marinho vai chamar as falas?!

  13. Ocomentarista Tcomment disse:

    O PRÉ-SAL É NOSSO!! TODOS OS RECURSOS PARA SAÚDE E EDUCAÇÃO DO BRASIL!!

    • 13582196 disse:

      Privatização já, Chega de corruptos roubando estatais.

      • Carneiro disse:

        Isso mesmo privatiza tudo!

        É óbvio que o setor privado é muito mais eficiente, mais objetivo e racional, pois só tem como escopo de existência… https://uploads.disquscdn.com/images/bf19a79b1839f65aef559efbc992573f466e0df6981370003f15c967f4dc623f.jpg o lucro!!!

          • Carneiro disse:

            Petrobras tem um posicionamento estratégico para a economia brasileira e para a governança energética global.
            A perda de valor de mercado não foi um fenômeno exclusivo da Petrobras, ou consequência da corrupção, mas, sobretudo, a queda do preço do barril atingiu empresas mundo a fora.
            Ademais, não nos esqueçamos que o Pré-Sal é uma das maiores reservas de petróleo do mundo, e, portanto, a longo prazo a perspectiva é não apenas de melhoras, mas de ampliação da Petrobras no cenário internacional.
            Mas será que vale tanto a pena retirar o poder decisório de uma riqueza nacional para coloca-los nas mãos de nações e empresas estrangeiras.
            Me posiciono, claramente, contrário, independente de opiniões partidárias e ideológicas.
            O Petróleo é nosso! https://uploads.disquscdn.com/images/cdf20a003a33ae8e8265a189558ed53a4327c2806809b04eba3e681ddebc426c.jpg

          • Valdir disse:

            Em outras palavras, VISA O LUCRO!

            E como podemos falar em “ampliação da Petrobras no cenário internacional”, se desde 2013 o governo do PT já vinha vendendo praticamente todo patrimônio que tínhamos no cenário internacional, a saber:

            Colômbia – Venda de 100% das ações de emissão da Petrobras Colombia Limited (PEC), para a Perenco (Franco/Britânica), pelo valor de US$ 380 milhões;

            Peru – Venda de 100% das ações para a chinesa, China National Petroleum Corporation – CNPC;

            Bolívia – Evo Morales tomou na mão grande e no final o governo PT aceitou o valor de US$ 112 bilhões, aceitou pagar um adicional do que estava contratado no fornecimento de gás como forma de indenizar a Bolívia. A Petrobras já havia investido US$ 1,5 billhões na Bolívia. Tivemos um tremendo prejuizo;

            Uruguai – Venda de sua participação dos blocos exploratórios 3 e 4 para a Shell;

            Chile -Venda de 100% da Petrobras Chile Distribuición para a Souther Cross Group;

            Argentina – Venda de 100% dos ativos na Argentina para a Companhia Geral de Combustíveis (CGC);

            África – Venda de 50% dos ativos para o banco BTG Pactual, esse mesmo envolvido no escândalo Petrolão.

            E mais:

            – 49% da subsidiária Gaspetro, vendida para a Mitsui Gás e Energia do Brasil (empresa do grupo Mitsui & C0.), japonesa;

            Sem contar com várias outras transações já realizadas e outras aprovadas, dentre as quais, venda de participação de poços do Pré-Sal. Isso mesmo, o governo da Dilma já havia aprovado a venda de Pré-Sal para empresas estrangeiras.
            Basta pesquisar que verás que tem muita coisa sendo privatizada pela Petrobras desde 2013 para tentar abater a dívida. O que citei é pouco comparado ao que vem em curso desde aquele ano.

            E agora vêm dizer que o novo governo é que quer privatizar a Petrobras e entregá-la aos estrangeiros???

            Desculpe discordar, mas a quase falência da Petrobras foi sim por conta da corrupção, do roubo a seus cofres e consequencia também da péssima administração do governo PT, e não por conta do preço do petróleo. Se assim fosse, todas as empresas de petróleo mundo afora estariam na mesma situação, pois o preço afeta a todos e não somente a Petrobras.

          • Carneiro disse:

            Não haveria impedimento de empresas estrangeiras no pré-sal, segundo o governo “comunista” da Dilma.

            -O que particularmente sou contra!

            Mas o que está em jogo é justamente a participação obrigatória da Petrobras, o que geraria boas divisas para o Brasil.

            Mas repare o desmonte que ocorre na América do Sul, isso é um projeto geopolítico que não trará nenhum fruto para o Brasil.

            Grandes empresas dos EUA, Europa, China estão de olho na América Latina e na África, justamente a nossa zona de influência!

          • Valdir disse:

            Nisso até concordamos.
            Mas como diz o ditado, “agora é tarde e Inez é morta”.
            O povo brasileiro, seja “Coxinha”, seja “PTralha”, ninguém queria isso, mas a Petrobras hoje tem uma dívida estratosférica e não tem mais dinheiro para bancar a obrigatoriedade dos 30% de participação no pré-sal.
            Saída: Ou tira essa obrigatoriedade, ou ficamos como está acontecendo, não se faz mais nada porque pela lei do pré-sal a Petrobras é obrigada a entrar com 30%.
            Ainda bem que ontem aprovaram um texto que é menos danoso, porque ficou proposto que a primeira palavra será da Petrobras. Só se ela se declarar sem condições de participar com os 30% do consórcio é que outras empresas poderão adquirir o percentual que ela não assumir.

          • Carneiro disse:

            O pré-sal é um literalmente um tesouro debaixo de nosso pés.
            Diante da importante geopolítica e econômica o próprio Estado brasileiro poderia ajudar.
            O pré-sal não é um estorvo como estão alardeando por ai, é uma fortuna de dinheiro para gerir a favor de nossos interesses.
            Quanto começar a exploração com exclusividade de petroleiras estrangeiras, a nossa política cambial deverá se adequar aos interesses desse mercado em oposição ao mercado interno.

          • Carneiro disse:

            Mas será que vale tanto a pena retirar o poder decisório de uma riqueza nacional para coloca-los nas mãos de nações e empresas estrangeiras?

            Todo contrato tem que ter uma contrapartida! Qual será, portanto, a vantagem competitiva para o Brasil?

  14. Pacificattore disse:

    A Lei Rouanet, era algo que sempre existiu para dar uma grana, aos amigos da facção.
    Se um “projeto cultural” é bom, ele NÃO PRECISA de empurrãozinho oficial para ser um sucesso.
    No mundo civilizado a iniciativa privada FINANCIA projetos assim, e têm sua remuneração baseada no sucesso do empreendimento.
    Mas aqui não era assim…
    Os projetos não eram para dar lucro, a não ser para o cumpanhêro amigo da facção, que levantava dinheiro no mole (com estatais, ou empreiteiras amigas, via de regra..) e em contrapartida, dava seu apoio INCONDICIONAL ao regime bolivariano tupiniquim.
    ACABOU PARASITAS, daqui para a frente querem grana?
    Vão à luta, e se virem para levantar patrocinadores!!!

    • Paulo disse:

      É isso aí. Já que agora é para cortar despesas a regra deve ser rigorosa. Nada de moleza. Senão o que vai acontecer no final é só os trabalhadores braçais pagar pela reforma da previdência, obrigado a trabalhar até 65 anos, se é que com esse sistema de saúde que nós temos vai poder chegar a essa idade com capacidade de trabalhar. Teria que fazer sim uma reforma na saúde. E aí, meu irmão, vai ter que gastar e não economizar.

      • Carneiro disse:

        Exato.
        Outra sugestão seria o Governo Temer cortar toda a verba de publicidade, gastando milhões em tv, jornais, revistas!

        Corta total! Zero publicidade!

        Se precisar comunicar anuncia nos veículos institucionais, na NBR, Tv Brasil, na RadioBrás.

        Pra que essa despesa com mídia em tempos de crise?!

        • Rogerio disse:

          Impossível amigo. Na realidade ele DOBROU as verbas, tem que pagaro golpe. Grupo Abril recebeu mais de 600% de verbas, Globo idem, Revista Caras perto de 2000% a mais, etc. Tu é bobinho né ?

          • Carneiro disse:

            Eu acho que nem tanto, amigo!

            Mas se a Abril defende tanto o livre mercado, a livre iniciativa, a livre concorrência e a meritocracia, para que precisa, então, do apoio do Estado!?

            Que se vire com as verbas de publicidade privada e de assinantes e enfrente a concorrência de acordo com os valores que ela prega.

            E mais se defendem tanto a austeridade fiscal com redução do investimento em áreas sociais, por que não reduzir a zero em publicidade privada?

            É o velho ditado: “pau que dá em Francisco, dá em Chico”!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via