Congresso em Foco

xxx Fabio rodrigues pozzebom

Bolsonaro e filhos acumulam pelo menos R$ 15 milhões em patrimônio imobiliário

07.01.2018 09:17 66

Reportagem
Publicidade

66 respostas para “Bolsonaro e filhos acumulam pelo menos R$ 15 milhões em patrimônio imobiliário”

  1. wzfr disse:

    A REPORTAGEM É TENDENCIOSA, QUEM TRABALHA TEM DIREITO A TER ALGUM PATRIMÔNIO, MAS SE QUEREM COMPARAR COM OS BILHÕES DESVIADOS PELA QUADRILHA DO PT, LULADRÃO E SEUS ASSECLAS O PATRIMÔNIO DA FAMÍLIA DO BOLSONARO SÃO CENTAVOS………

    • Weber Carvalho disse:

      Meu caro, Lula, desde 2010 vende palestras pro mundo todo pela bagatela de R$450.000,00. No Brasil, uma palestra dele não custava menos que R$350.000,00. Ele tem como justificar o patrimônio que tem (até os que o acusam de ter sem ter). Já o seu candidatinho vende palestrinhas pelo preço da passagem e, pior, embolsa a grana e paga com verba da câmara. O safado é hilário porque não tem noção das coisas! América do Norte, Europa, África, América do Sul e Ásia têm muito interesse nas palestras do Lula!

  2. luciano damiao disse:

    Pilantra…

  3. Ary Martins Pachêco disse:

    Desculpas de amarelo é comer barro, ninguém falou de candidato nenhum, não houve comparação nenhuma, apenas informaram os bens da família, o que é tem, não pode ter não?

  4. Hideraldo Hito disse:

    Como tem ASNO que ainda apoia o batraquio larápio.
    Vão pra Venezuela PeTralhas de BOSTA.

  5. Valdir disse:

    Família pobre! Que vergonha para a família Bolsonaro. Ele já é político há 30 anos, seus filhos, há uns 15 anos e só acumularam 15 milhões?
    Estariam melhor se tivessem sido “revendedores da Avon”!

  6. Reginaldo Lucia disse:

    Reportagem tendenciosa. Os prazos e transações parecem absolutamente normais para investidor. Quem não compra na baixa e vende na alta aproveitando situações de mercado e de necessidade? Talvez somente esses repórteres. Além do mais ele está a quase 30 anos na política e seus filhos a bastante tempo também, o que, pelos ganhos normais dos políticos brasileiros, é razoável. Esses ganhos de políticos são injustificáveis mas legais. O fato é bastante diferente de um empregado de zoológico que ficou bilionário em 8 anos. Lembram-se do “fenômeno” dos negócios?

    • Ary Martins Pachêco disse:

      É isso mesmo, não tem lógica, se fale de outras coisas, mas bens de um político e filhos que ganham, possuir bens é natural.

    • Weber Carvalho disse:

      Entendi, Sr. Reginaldo e, devo lhe informar que o patrimônio declarado do MICO e dos 3 filhos (eduardo, o papagaio de pirata, flavio, o eximio “negociante” de imóveis e carlos) em 2014, somados era de R$ 3.600.000,00. Ou seja, de 2014, reeleição da Dilma e início do golpe por parte do aecim do pó amparado pelo candidatinho aí, até hoje (4 anos), ele multiplicou seu patrimônio e dos filhos em 4 vezes. Se o senhor continua achando “normal”, quem não é normal é o senhor!

      • Reginaldo Lucia disse:

        Que vença então o seu patrão, o lulaladrão! Vamos ter a implantação do comunismo, hoje chamado bolivaniarismo, e com a graça de Deus a intervenção de nossas Forças Armadas. Mas desta vez, espero que não deixem pedra sobre pedra.

        • Weber Carvalho disse:

          Não sei porque o senhor o chama de ladrão pois, a “justiça” tenta provar qualquer coisa contra ele há 4 anos sem sucesso: Não tem conta na Suiça, não tem malas de dinheiro, não tem patrimônio injustificado!

  7. Porque o PT está com tanto medo do Bolsonaro? Não estão em primeiro nas pesquisas? kkkkk… #Bolsonaro2018

    • Weber Carvalho disse:

      PT com medo de bostanaro? Dá vontade de rir! O bolha não passa dos 18% que é o número de idiotas do país. A menos que as pessoas se “idiotizem”!

  8. Michael Caine disse:

    Aos poucos a máscara deste canaIha vai caindo. Presidente? Nunca será. É só mais um Collor repaginado. Hipócrita vagabundo.

  9. Gerardo Junior disse:

    Uma coisa não se pode negar, ele tem palavra, falou em uma entrevista em 99, que sonegaria o que fosse possível, tá aí, um patrimônio imobiliário que vale 3 vezes o valor declarado.

    • Eric Platenik disse:

      Não é sonegação, é lavagem de dinheiro. Ele diz que paga menos no imóvel (não paga), e vende por um preço que diz ser muito maior (não é), assim entra em caixa milhares de reais supostamente oriundas da venda do imóvel mas que na verdade foram obtidos de outra forma – na melhor das hipóteses sonegando, na pior das hipóteses ilegalmente. Como ele não tem empresas nem presta serviços que possam ser feitos sem nota (sonegação), provavelmente os “serviços” que presta são da ordem da ilegalidade, como venda de votos, etc.

  10. Carlos Leandro Santos disse:

    Deve ser difícil pra muita gente engolir que um político prospere sem se envolver com a Odebrecht.

    • Carlos Viegas disse:

      Mas recebendo uma grana bem bacana da JBS, né? Não adianta forçar. Não temos memória curta. Quem financia a campanha do seu ~mito~ são os mesmos sanguessugas que mamam nas tetas do governo há anos.

  11. Joel Banderas disse:

    VA PRA TIJUCA, agora não é mais Va pra CUBA. Compraram casa que vale 2 milhões de reais por 500 mil??? Se for Verdade são Mito Mesmo.

  12. Agnaldo Antônio Perez Nogueira disse:

    É muito estranho ou tendencioso o que acontece no Brasil em relação a verdade dos fatos. Recentemente uma investigação no Porto de Santos teve como envolvida uma policial federal, sendo sua vida revirada pela Receita e Banco Central para descobrirem indícios de enriquecimento ilícito. Gostaria que a mesma eficiência e energia da PF, BC e RF atuassem da mesma forma em relação a todos, todos o políticos brasileiros, do vereador ao Presidente da República. Acredito que retornaria aos cofres públicos muitos trilhões. O Bolsonaro é principiante.

  13. Walldemar Sobrinho disse:

    Comprei minha casa por R$ 300 mil reais há 16 anos atrás, hoje ela vale R$ 4 milhões (de acordo com o mercado). Também sou suspeito ? Além disso, R$ 15 milhões de reais divido por 4 pessoas sendo que um é deputado há uns 30 anos (todos sabemos quanto ganha um deputado) e considerando a imensa e absurda bolha imobiliária que vivemos no Rio de Janeiro onde qualquer barraco de favela custa 200 mil, não me parece uma evolução patrimonial absurda.

    • Jalok disse:

      E posso lhe dizer. Os apartamentos do condomínio onde mora o Bolsonaro em Brasília receberam uma valorização enorme de 12 anos para cá. Em 2005, o apartamento valia 200 mil, hoje, mesmo com mercado imobiliário em baixa, acha-se comprador por 750 mil. Se for olhar na ponta do lápis, é muitíssimo mais provável que todos esses imóveis (que são de 4 adultos com boa remuneração) tenham origem lícita do que ilícita.

      • Eric Platenik disse:

        As transações, compras e vendas em 4 meses, compras abaixo do valor e vendas superfaturadas, indicam prática de lavagem de dinheiro. O cara comprou dois apartamento em um único dia.

        • Fernando disse:

          O cara nem leu e já quer defender o miNto…

        • Mario Carmo disse:

          Para haver lavagem de dinheiro, precisa haver dinheiro ilícito, vindo de propina, por exemplo. De onde veio esse suposto dinheiro? Tem alguma evidência de que Bolsonaro tenha recebido propina de alguém? Então cidadão, por que não te calas?

          • Weber Carvalho disse:

            Engano pensar que precisa haver evidência da origem do dinheiro. O aumento de patrimônio, sem a justa explicação da origem do dinheiro, já é uma grande evidência de dinheiro ilícito!

          • Mario Carmo disse:

            E qual foi o aumento de patrimônio sem justa explicação da origem do dinheiro no caso de Bolsonaro? Qual processo contra ele está correndo nesse sentido? O patrimônio mostrado na folha inclui os imóveis dos filhos dele que também são políticos e recebem um alto salário por anos, no caso o Flávio e o Carlos Bolsonaro. Algum deles tem processo ou denúncia no MP por enriquecimento ilício ou lavagem de dinheiro? Sabe quanto ganha um deputado por mês? Sabe o que é ganhar esse salário por 30 anos?

      • Weber Carvalho disse:

        O senhor esta falando em investimentos de 12 anos. O patrimônio do MICO foi multiplicado por 4 em menos de 4 anos. Realmente, isso é que é “empreendedor”. Uma das “fontes” de renda, com certeza, foi a propina que recebeu do Temer pra “mudar” de opinião, tão rapidamente, sobre a PEC 241. Uma opinião um dia antes, e totalmente antagônica a opinião um dia depois do banquete com Temer

    • Joel Banderas disse:

      VA PRA TIJUCA! Segundo a Materia da Folha a casa comprada por 500mil na Época ja valia 2milhoes de Reais e a casa comprada por 400mil valia 1milhao de reais. ENTENDEU ou quer que Desenhe?

    • Eric Platenik disse:

      As transações foram feitas em meses e, no máximo, 1 ano. Não leu a matéria? Ninguém tá falando de algo que compraram há 16 anos. “Em 2012, ele comprou ainda dois apartamentos no mesmo dia. As vendas foram registradas com prejuízo de pelo menos R$ 60 mil no papel para os antigos donos. Quando chegou a sua vez de vender os mesmos imóveis, pouco mais de um ano depois, Flávio conseguiu lucro de mais de R$ 810 mil. ”

      Que ano louco foi esse, hein? Apartamento valorizando em 810 mil reais.

    • Mario Carmo disse:

      O meu apartamento eu paguei 297 mil em 2007 e hoje está avaliado em 850 mil. Na declaração do imposto de renda continua 297 pois é a lei que determina isso. Estou lavando dinheiro será? Como essas antas não entendem isso, só nos resta rir da cara deles.

    • André Lemes de Freitas disse:

      Você entendeu essa bagunça aí? Eu não entendi nada! E fui conferir a declaração de bens dele e na verdade esse apartamento que ele comprou foi apenas 50% e na planta, então na verdade o valor é bem menor, e as salas do Flávio na Barra são frações de 10% das salas, ou seja, o que é suspeito é a Folha de São Paulo

  14. Marina Oliveira disse:

    Mais uma tentativa de “Assassinato de Reputações” contra o Bolsonaro. Quem pratica “lavagem de dinheiro” se utiliza de “laranjas” para ocultar suas transações ilícitas; não sendo este o caso. Espero q esta mídia tendenciosa faça a mesma investigação sobre o patrimônio biliardário da família do Lulalau.

    • Ricardo Hideki Kakihata disse:

      Uma leitura obrigatória para todo brasileiro que preste é este livro mencionado.. Pelo Amor de Deus.. Leiam!!!

    • Gerardo Junior disse:

      Espera que a mídia tendenciosa faça a mesma coisa sobre o patrimônio do Lula? O que a mídia vem fazendo a anos, décadas, sem achar nada? Só um triplex que não conseguem provar ser dele, e olha que um triplex de 1,8 milhão na frente de 15 milhões é muito pouco pra quem se diz biliardário.

    • Eric Platenik disse:

      Bolsonaro recebeu 200 mil da JBS e encaminhou para o partido pra lavar. Ele mesmo admitiu em entrevista.

      • Mario Carmo disse:

        Bolsonaro tinha direito ao fundo partidário e não quis receber dinheiro de empresa. Devolveu pois era o que tinha que fazer. Agora, pelos votos que teve, tinha direito ao dinheiro do fundo partidário, que é proporcional aos votos obtidos. Não tem essa de lavar dinheiro. É grana do fundo partidário, tudo dentro da lei. Para de falar bosta cidadão.

        • Weber Carvalho disse:

          Mario Carmo Se fosse dinheiro de “fundo partidário” não teria sido depositado pela JBS diretamente na conta dele. Se não quer entender, não insista em defendê-lo, porque quem tá falando bosta é você. Ele “devolveu” o dinheiro pro partido pra que a “doação” se tornasse “oficial”. O nome disso é lavagem de dinheiro!

          • Mario Carmo disse:

            Weber eu sei que quando a burrice se estabelece não tem jeito mas mesmo assim vou tentar explicar. O depósito foi feito sem autorização ou pedido do próprio Bolsonaro. Ele questionou de onde viera aquele dinheiro e foi informado que era da JBS. Ele imediatamente devolveu esse dinheiro pois, não se pode fazer depósito de empresa diretamente na conta de deputado. Isso foi uma tentativa de incriminar Jair Bolsonaro mas ele foi esperto e devolveu o dinheiro. Ocorre que ele tinha direito ao valo pelo fundo partidário pela proporcionalidade de votos que teve quando eleito. Ele recebeu esse dinheiro do fundo partidário. Se houvesse qualquer indício de lavagem de dinheiro ele teria sido denunciado e a denúncia seria facilmente aceita pelo STF contra ele. Ocorre que não houve sequer denúncia e o MP não perde uma chance sequer de denunciar qualquer um por indício de lavagem de dinheiro. Ele não foi denunciado.

          • Weber Carvalho disse:

            Concordo com você em, apenas, um ponto: Quando a burrice se estabelece, não tem jeito! Será que ele consegue justificar porque a JBS tinha o número da conta dele?

      • Frédson Moraes disse:

        Tu sabe ao menos qual teu lado direito ou esquerdo imbecil. Os 200 mil da JBS era dinheiro pra comprar políticos. Fora dado pela JBS via partido pra compromete-lo futuramente. Ele devolveu e solicitou 200 mil do FUNDO PARTIDÁRIO animal acéfalo – ele tinha direito a eese valor. Fundo partidário é imoral mas é legal.

  15. ezequiel-sp disse:

    O Bolsonaro é mais do mesmo ante a política nacional..Se se candidatar vai ter uma margem expressiva de votos porque é o Contraponto ao carcará sanguinolento..Isto é fato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via