Congresso em Foco

Bolsonaro disse que pegou áudios da portaria para que eles não fossem adulterados [fotografo]Carolina Antunes / PR[/fotografo]

Bolsonaro diz que veto à propaganda do Banco do Brasil foi “respeito com a população”. Veja vídeo

04.05.2019 15:11 12

Reportagem Em
Publicidade

12 respostas para “Bolsonaro diz que veto à propaganda do Banco do Brasil foi “respeito com a população”. Veja vídeo”

  1. Wisdenil Franco disse:

    Um paladino da moral e decência desceu dos céus de Olimpo…..me engana que eu gosto….cadê a ética para demitir ministro envolvido até o pescoço com laranjal, embora, por fuxicos do filhinho (o mais querido), tenha demitido e escrachado seu outro ministro, amigo do peito, de confiança, e também seu advogado, que, em contrapartida, lhe devolveu todos os processos nos quais o defendia; defender o dinheiro do povo, com outro filhote se enrolando cada vez mais para explicar contratações de parentes de miliciano em seu gabinete e “rachadinhas” confirmadas pelo seu próprio assessor e fiel escudeiro…Me expliquem, como um comercial que valoriza a diversidade pode ser censurado por uma pessoa capaz de reproduzir um “golden shower” nas suas redes sociais? Uma coisa é a rua…vai quem quer, e o bloco se propunha a tal…agora, a telinha, poderia estar nas mãos de crianças, e aí?? Afh, afh, afh…Preciso, não de um “censor”, mas de um “trabalhador”, um “líder”…um cara que decida, e que não fique voltando atrás, toda hora. Eu sou cidadão brasileiro; não preciso que alguém “pense” por mim, sou livre, capaz, e pago meus impostos. Agora, odeio ver mais um algoz, demitindo uma pessoa que tem gabarito, em nível de Diretor, para ocupar o lugar onde estava, se não fosse assim, não teria sido contratado pela Estatal. Não entendi porque o digníssimo sr. Presidente da Estatal não entregou a sua carta de demissão, também…depois de tanta humilhação e ingerência na sua administração…

  2. David Costha disse:

    Não votei nele. No entanto, quem governa o faz para todos. Então tem quem goste e quem não. Daí apoio que não se torça o governo por lado algum. só governe. Daí que foi acertada a decisão contra o BB. Não se pode ideoligizar todo o povo.

  3. Leonardo disse:

    O dinheiro público não é pra promover ideologias… Desde que não sejam as retrógradas e estúpidas dele, né?
    Além de ser um incompetente como governante e um desprezível como ser humano, é um hipócrita de marca maior.

  4. João Gonçalves disse:

    Boa matéria. Como sempre, há os idiotas conservadores, que formam uma cambada de chucros, que se escondem na desculpa do “dinheiro público mal gasto” para tentar disfarçar a ignorância. São um atraso de vida. Deviam estar pastando. Parabéns, Débora.

    • Marcelo Costa disse:

      Nossa quanta elegância em sua fala. O vídeo fala na adversidade de pessoas, em pessoas diferentes e que pensam diferentes. E você vem com toda essa agressividade e respeito aos que pensam diferem…. Meus Parabéns….(foi uma ironia) Vai que….

  5. Fábio disse:

    O presidente está certíssimo.
    Na bizarra era petista, nos acostumamos com o dinheiro público financiando proselitismo ideológico, o que é uma aberração. Dinheiro público é escasso e deve ser utilizado de forma comedida. Bolsonaro pode ir além e cortar por completo a publicidade estatal, embora, deva-se reconhecer, já a reduziu significativamente.

    • Leonardo disse:

      Comedida, tipo patrocinar jantar em homenagem a ele em New York. Lugar onde, diga-se de passagem, é persona non grata. Hipocrisia é foda.

  6. mariossergio disse:

    Prepotente como Dilma, falastrão como Dilma, sem noção como Dilma, ignorante como Dilma, é a Dilma de calças…

    • Fábio disse:

      Não diga bobagem.
      Bolsonaro está cercado de grandes nomes, como Paulo Guedes, Moro e Salim Mattar, enquanto Dilma tinha a nova matriz macroeconômica e apoiava Maduro.

      • Leonardo disse:

        O quê?! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        Vamos lá: um rentista acusado de fraude em fundos de pensão de empresas públicas que nunca teve qualquer experiência ou trabalho relevante na área econômica, exceto comprar e vender papel. Um juiz de primeira instância que se dizia anticorrupção e agora é só pedir desculpas pela roubalheira que ele aceita e que “copia e cola” projeto de ministro anterior. E um empresário do aluguel de carros que diz querer privatizar tudo sem saber como nem por onde começar e que precisou pagar uma paulada pra CVM arquivar seus processos de maracutaia na abertura de capital da empresa. Cita mais gente “competente” aí. Esse governo faz tudo de ruim e de sujo que o PT fez e mais um pouco. Deixa de ser gado.

  7. Josy G Silveira disse:

    Fez muito bem, meu dinheiro não é para isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via