A solidariedade é a pedra angular que mantém de pé a dignidade da pessoa humana

O respeito à dignidade da pessoa humana sempre foi um importante pilar das sociedades modernas. Trata-se de garantir ao indivíduo que suas necessidades vitais e básicas sejam respeitadas, mesmo que não esteja em um patamar de igualdade de direitos com os outros membros da sociedade. Entretanto, sem a solidariedade a dignidade humana não passa de letra morta largada, ao léu, nas estradas turbulentas da vida.

A solidariedade é a mão da nossa alma alimentando a necessidade alheia. Ela é o bálsamo que minora as nossas dores coletivas e individuais, pois enobrece o espírito dos doadores e aquece os corações daqueles que a recebem. A solidariedade é a pedra angular que mantém de pé a dignidade da pessoa humana. Tenho plena certeza, que a solidariedade é o caminho para que o Brasil reduza as suas profundas desigualdades sociais e construa a sociedade almejada por todos: justa e fraterna.

Nós, Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, oriundos da Previdência Social, fomos forjados na cultura da solidariedade entre as pessoas e as gerações. A nossa luta profissional para que a Previdência Social tornasse a âncora social do Brasil foi uma das mais belas páginas construídas pelos servidores públicos ao longo dos séculos. Por isso todos nós trazemos em nossas mentes e corações o sublime desejo de contribuir para a construção de um mundo melhor.

Atualmente, em decorrência da pandemia desencadeada pela covid-19, estamos vivendo tempos sombrios com nuvens ameaçadoras e as nossas noites estão mais escuras que milhares de noites. Mas, tenho fé e esperança, inarredáveis, que, por meio da solidariedade, uma nova civilização, onde reina a luz da justiça social, está para nascer. Que Deus, na sua infinita bondade e longanimidade, permita que todos nós possamos participar desta nova civilização nascente.

O texto acima expressa a visão de quem o assina, não necessariamente do Congresso em Foco. Se você quer publicar algo sobre o mesmo tema, mas com um diferente ponto de vista, envie sua sugestão de texto para redacao@congressoemfoco.com.br.

> Leia mais textos do autor.

Continuar lendo