Estamos mudando o site. Participe enviando seus comentários por aqui.

Paulo Preto preso. Aliança do Coliseu prepara um xeque-mate?

Foi preso pela Polícia Federal (PF) nesta manhã em São Paulo um famoso operador do PSDB, o tucano Paulo Preto. Para o grande público ele não é ninguém. Para o mundo político, uma bomba atômica no ninho tucano.

Por que ele foi preso somente hoje, se suas contas no exterior com milhões de dólares já haviam sido descobertas há muito tempo? Coincidência?

A Lava Jato parece planejar meticulosamente suas ações e estar sempre um passo a frente no tabuleiro.

Recebi há cerca de dois meses a informação que a Lava Jato estava preparando uma grande ofensiva contra o PSDB paulista. Segundo a fonte, Serra estaria à base de antidepressivos com a certeza da prisão de sua filha, Verônica, e também de seu provável encarceramento.

A grande imprensa noticiou um mês depois um grande deslocamento de procuradores do MPF para SP, corroborando a informação.

Lembremos que Alckmin perde o foro privilegiado na próxima segunda-feira (9), quando renuncia ao cargo de governador para disputar a Presidência da República.

A prisão de tucanos de alta plumagem desarmaria a defesa de Lula, enfraqueceria junto à opinião pública a acusação de parcialidade e perseguição. Seria um xeque-mate da Aliança do Coliseu, bloco liderado pela Globo com setores antinacionais da burocracia estatal, na política.

Desde a queda de Dilma venho escrevendo que o objetivo final desta Aliança é destruir a política, instaurar uma república de tecnocratas neopositivistas sem povo, uma democracia tutelada de fachada.

É insustentável apenas Lula preso. Paulo Preto é preso um dia depois da ordem de prisão de Lula. Quem quiser, que acredite  em coincidências. Eu só acredito em teoria da conspiração.

Do mesmo autor:

<< Acordo ou leões? A batalha final entre a aliança do Coliseu e a política

<< Quem apertou o gatilho?

Continuar lendo