Tons de cinza​​​​

Não vou escrever sobre o livro 50 tons de cinza. Não​ o​ li​ e tampouco est​á​ entre as minhas prioridades​ fazê-lo​. Tenho uma lista enorme de livros aguardando a leitura e creio que morrerei e não conseguirei ler todos, até porque a lista aumenta dia a dia.

Também não vou comentar os tons de cinza​ (ou era azul?) das roupas que o líder chinês Mao Tsé-Tung usava. Toda foto dele, quando vivo, divulgada para o Ocidente​,​ era o mesmo modelo e cor​,​ e com traje igual ao dele todos que o cercavam. Estas fotos davam a ideia que todos os chineses e chinesas se vestiam igual. Dava-se a impressão ​de ​que tudo era cinza (ou era azul apagado?), que não existiam cores na China.

Tons de cinza é o que quer​em​ nos dar parte dos que exercem cargo público no Brasil e parte dos que vão para a rua para protestar contra o governo. Dizem que é contra a corrupção, mas não acredito.

Não posso afirmar que é a maioria, mas uma parte vai ao protesto de verde e amarelo. Geralmente, para combinar as cores e facilitar a busca no guarda-roupa, vão com a camisa da seleção brasileira. Protestam contra a “corrupção” e fazem propaganda para a Nike. Esquisito isso​,​ né, justamente a Nike, aquela que foi investigada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) CBF​/​N​ike​.

Vou perdoar parte da moçada que vai para a rua, é tão jovem, tão desinformada​,​ que ​talvez ​não conhe​ça​ a história de corrupção da CBF, da N​ike e do Brasil.

Muitos dos que vão de verde e amarelo para o protesto compraram o uniforme não oficial, pois ele é mais barato. Ótimo, só que é pirateado. Compra uniforme pirateado e vai protestar contra a corrupção.

De verde e amarelo​,​ vai para o protesto​, vaia e agride os que por ventura saíram de casa de vermelho. Essa é a democracia dos que sequer toleram a cor diferente. Dá-se a impressão ​de ​que​,​ para alguns deles​,​ o vermelho deve ser banido. Mas não tem como bani-lo. Banir o vermelho seria banir quase todas as cores.

De maneira simples​, ​simplificada e resumidamente​,​ relembro: as cores primárias, ou cores puras, são três, vermelho (ai​,​ meu Deus!), azul e amarelo.

São chamadas de primárias ou puras porque elas existem sem a mistura de outras cores. São essas cores que​,​ misturadas​,​ formam outras, que são denominadas secundárias.

Ah! Existem também as cores terciárias, que são as originadas da mistura de uma cor primária com uma secundária.

O vermelho é uma cor que, apesar da vontade de alguns, não dá para ser abolida, pois como vê, é uma cor primária. O verde é uma cor secundária, mistura de azul e amarelo.

Faço esse devaneio para brincar com a desinformação. Desinformação que tem gerado ou exposto radicalismos, preconceitos e agressões. Apesar de a maioria se dizer cristão e o cristianismo pregar a tolerância, na rua, aqueles que usam o discurso de ser​ contra a corrupção, t​ê​m se manifestado contra os negros, homossexuais e até contra aquilo que não sabem o que é, ​como, ​por exemplo, o bolivarianismo.

No último dia 24, sob​ o título de “Tea Party tucano” a Folha de S​.Paulo reproduz uma conversa feita por telefone com o deputado federal Izalci Ferreira (PSDB​-​DF). Segundo a matéria​,​ ele está​ muito preocupado, pois o governo tem usado as salas de aula para pregar o “homossexualismo” ​[sic] ​e “transformar o Brasil na Venezuela”. Santa inteligência!

A inteligência do deputado tem que ser explicitada, e o melhor para isso é reproduzir trecho da matéria da Folha: “Perguntei que ideologia o preocupava tanto. "Não sei se é comunista, anarquista ou socialista. É uma mistura", ele respondeu”. Como vê, o deputado não sabe é nada.

Segundo a matéria, antes desta demonstração de sabedoria​,​ o deputado demonstrou preocupação com a sobrinha de cinco anos, que é vítima da doutrinação. “Outro dia, ela pegou um livro para colorir e estava cheio de estrelinhas. Quando vi, ela tinha colorido todas de vermelho”, contou Izalci, “dizendo-se indignado”.

Pela posição do deputado e de muitos dos que vão para a rua protestar contra a “corrupção”​,​ a cor vermelha tem que ser proibida. Mas como não será​,​ proponho que se vistam todos com cores neutras, como o cinza e seus tons. As cores neutras são as que refletem pouco a luz. Entendeu: reflete​m​ pouco a luz.

Para não correr o risco de ver uma criança, parente ​sua, pintando as estrelinhas de vermelho, aconselho: dê sumiço no​s​ lápis ​dessa cor.

Mais sobre o Brasil nas ruas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!