Os novos desafios do jornalismo

Oficina da Palavra estreia hoje, no Congresso em Foco, a publicação de "Cenas da Semana", a conversa que já realiza semanalmente com seu grupo de clientes e colaboradores. A ideia da coluna é lançar um olhar reflexivo sobre atos, fatos, falas e erros de estratégia de comunicação mostrados na mídia. Eles merecem atenção para que todos - porta-vozes institucionais, líderes, gestores, internautas e cidadãos - possam aprender um pouco com exemplos reais para não repetir desacertos na arte de comunicar bem.

Quem lê tanta notícia?

Jornalismo há muito tempo deixou de ser algo que diz respeito apenas a jornalistas. Tal é a importância dos meios de comunicação em nossas vidas que absolutamente todo mundo - e não só quem trabalha na área ou convive habitualmente com a imprensa - precisa ter alguma noção do que se passa dentro desse  fascinante campo de atividade profissional.

Daí a importância do debate sobre os rumos do jornalismo impresso e on line feito durante a 14ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que termina neste domingo (3). Na discussão, diretores de redação ressaltaram a contradição hoje enfrentada pelo jornalismo. Impulsionado pela internet, ele alcança uma audiência que nunca teve, ao mesmo tempo em que convive com dificuldades inéditas para se financiar.

Outra marca dos tempos atuais, destacaram editores de alguns dos principais diários brasileiros, é a imensidão de informações colocadas à disposição do público. E olha que, quase cinco décadas atrás, Caetano já perguntava (em "Alegria, Alegria"): "Quem lê tanta notícia?"...

[+] saiba mais

 

 

Promotor tratou estuprador como "herói" em banca do MP

O episódio do promotor público do Rio de Janeiro Alexandre Couto Joppert, que afirmou ser a conjunção carnal “a melhor parte do estupro coletivo”, é exemplar para mostrar como é preciso ter cuidado com o que se diz em qualquer situação. Feita diante de banca examinadora de ingresso na carreira do Ministério Público, a declaração vazou para as redes e causou revolta e perplexidade no país inteiro.

[+] saiba mais

 

 

Jornalismo social

A mídia continua influenciando a agenda da sociedade e pautando o governo. A reportagem do jornal O Globo denunciou que faltavam aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para o transplante de órgãos, problema que não ocorria com autoridades usuárias dos voos oficiais. Depois da publicação, o governo editou decreto presidencial determinando que cabe à FAB atender aos pedidos e que uma aeronave estará sempre à disposição para o transporte de órgãos.

 

Emojis são o novo léxico da comunicação contemporânea

Para quem gosta de ilustrar mensagens com as “carinhas”, uma boa notícia: em breve um grupo de 72 novos emojis estará disponível para smartphones que usam os sistemas operacionais de empresas como Apple, Google e Microsoft. Entre as novidades estão emojis com cara de mentiroso e fazendo selfie.

[+] saiba mais


Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!