Lesa-pátria de carona no corona

Sistemas de Deliberação Remota no(s) parlamento(s) que estão sendo adotados a partir do confinamento geral a que estamos submetidos, demandam da sociedade mais atenção e uma adaptação nos seus modos de incidência e controle social sobre os parlamentos.

O voto do Ministro Alexandre de Moraes do STF, dessa 6a feira (27/03) acolheu o sistema “fast track” de votação de Medidas Provisórias diretamente em Plenário, sem audiências e debates nas comissões mistas.

Temas como a #MPdaGrilagem podem ser votados a qualquer momento em prejuízo à sociedade, ao meio ambiente, ao patrimônio público e aos direitos fundamentais sem nenhuma ou com muito pouca transparência e controle social.

Sob o argumento de beneficiar “pequenos posseiros de boa-fé” áreas de até 2.500 hectares desmatadas ilegalmente ou até mesmo ainda com florestas intactas, em todo Brasil, mas principalmente na Amazônia, poderão ser doadas ou vendidas, com até 90% de desconto, para o crime organizado e para desmatadores ilegais:
- ocupações com desmatamento ilegal de Áreas de Preservação e Reservas Florestais ocorridas até dezembro de 2018;
- com descontos e isenção total de taxas de cartórios e do INCRA;
- com dispensa de vistoria;
- inclusive para empresas (CNPJ) que ocupam através de 3os (capangas?);
- ainda que tenham outras propriedades rurais;
- com direito a indenização por “benfeitorias” feitas na ocupação ilegal (Grilagem) caso não consiga o título da terra.

É um CRIME DE LESA PATRIA DE CARONA NO CORONA EM REGIME FAST TRACK!

Compartilhe e mobilize seu deputado e senadores contra a MP 910!! Contra a #MPdaGrilagem

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!