Desafio eleitoral: Twitter vai banir propagandas políticas na plataforma

"'O alcance de uma mensagem política deve ser merecido, e não comprado', explicou CEO do Twitter"

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou o fim da propaganda eleitoral na rede. A mudança marca um posicionamento da empresa pela responsabilidade social de ser um veículo de transmissão de informação. Dorsey reconhece o poder das redes e afirma que o Twitter não pode ser usado para influenciar votos que afetam a vida das pessoas. "O alcance de uma mensagem política deve ser merecido, e não comprado", explicou Dorsey numa série de tweets. As novas diretrizes de impulsionamento no Twitter serão anunciadas e entram em vigor ainda em novembro.

Saiba mais

 

 

 

 

 

 

 

Twitter e Unesco lançam guia de alfabetização midiática e informacional

O microblog e a Unesco uniram esforços e apresentam globalmente o guia de alfabetização midiática e informacional. O objetivo é ajudar os educadores a capacitar as gerações mais jovens para que elas consigam questionar o conteúdo que encontram na internet e analisar criticamente as notícias e informações. O material, batizado de “Ensinar e Aprender com o Twitter”, está disponível para download em português e em outros oito idiomas. Será distribuído para as escolas, para alavancar parcerias do Twitter em todo o mundo, via rede de ONGs, agências estaduais de educação e a rede europeia de Centros de Internet Segura.

Confira!

 

 

 

 

 

Tecnologia também pode ser aliada de jornalistas

O relatório anual sobre as tendências no uso de tecnologia em redações pelo mundo, elaborado pelo Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, na sigla em inglês), apontou que redações do mundo todo estão adotando ferramentas digitais para proteger sua comunicação e suas equipes. Na América Latina, 64% dos veículos usam ferramentas para comunicação segura. Na Europa esse índice é de 92%. Em relação a 2017, dobrou o número de jornalistas que utilizam mídias sociais para realizar a checagem de fatos. E, provavelmente por isso, na América Latina, saber usar redes sociais está entre as habilidades mais valorizadas na hora da contratação.

Leia mais!

> Outros textos do Cenas da Semana

Campanha do Congresso em Foco no Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!