A volta da CPMF – Contribuinte, Pague pela Má gestão Financeira do governo brasileiro

Tiago Costa *

Se não bastasse a cobrança absurda das 92 espécies de tributos[1] instituídas no país, que de certa forma devastam o contribuinte, o “desgoverno” brasileiro, como num filme de terror, da espécie “o retorno”, anunciou que é necessário instituir e, retomar a cobrança da CPFM (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), cujo objetivo é amenizar a crise que assola o país. Anunciou que o tributo arrecadado será destinado à Previdência Social.

Nessa crise gerada pela incompetência de um governo que sempre gastou mais do que arrecadou e, maquiou as contas públicas para esconder o déficit real, por intermédio das “pedaladas fiscais”, tão somente para esconder o rombo e, ganhar as eleições.

Aliás, governo este que sempre escondeu tudo e, nos momentos mais difíceis, se esquivou e disse: “Não sabemos de nada”. Ou, em alguns momentos culpou a crise econômica mundial e, não assumiu seus erros internos.

Governo este que editou e aprovou leis “viciadas” que estão em vigência até hoje, digo viciadas, pois são frutos de aprovações, oriundas da propina dos “mensalões”, “petrolões”, “eletrolões”, dentre outros “...ões” que ainda aparecerão, utilizadas também para aparelhar o Estado, sendo o mais sujo esquema de poder conhecido no decorrer do nosso Estado democrático de direito.

Uma sugestão, em vez da CPFM, abram a caixa-preta do BNDES e, com certeza, muitos “...ões”, ou seja, milhões de dólares, euros, reais, ... serão encontrados nos paraísos fiscais, nas cuecas, nas casas luxuosas, nos carros importados etc...

Vasculhem os contratos nacionais, internacionais, as consultorias “fachadas” para lavagem do dinheiro da corrupção, o tráfico de influência, etc... Façam bom uso da delação premiada, os “X9” caguetas da elite.

Prestem atenção no escoamento do dinheiro desviado do povo brasileiro, certamente nos depararemos com o “financiamento” de campanhas tanto federais, estaduais, quanto municipais, sendo grandes esquemas de corrupção, que certamente se estendem do Oiapoque ao Chuí.

Como acreditar num governo mentiroso e que enganou seu povo durante todos estes anos?

Como acreditar num governo que para ganhar as eleições cometeu verdadeiro “estelionato eleitoral” e, agora no poder, quer fazer com que nós (cidadãos brasileiros) paguemos a conta?

Atualmente o governo brasileiro conta com 39 ministérios, verdadeiros cabides de emprego, com a única finalidade de viabilizar a “governança” e a perpetuação no poder. Além de cooptar os partidos da base e obter votos favoráveis junto ao Poder Legislativo.

Numa comparação com outros países, o Brasil ultrapassa os 14 da Alemanha, o país mais rico da União Europeia, os 15 dos EUA, a maior potência mundial, que conta com 24 ministros a menos, os 16 da França ou os 18 da Itália. Até a Venezuela, com seus 32 ministros, fica abaixo, assim como o México, com 19, o Chile, com 18, a Colômbia, com 16, ou a Argentina, com 13.[2]

Sugestiono pelo bem do Brasil que esses “representantes do povo” abram mão de parte dos seus polpudos salários, renunciem às viagens caríssimas, das regalias diversas, do “cotão”, dos jantares luxuosos, das prostitutas de luxo, dos jatinhos, dos carros importados, etc... em prol do bem do povo brasileiro.

Comecem a cortar os gastos, exonerem os cargos em comissão, enxuguem a máquina e diminuam urgentemente os ministérios, já que querem pensar no bem do Brasil.

Esqueçam o reinado! Pensem nos súditos, que estão aqui em “baixo”, sufocados, sem saúde, sem transporte, sem educação, sem segurança, sem emprego, sem esperanças...

O povo brasileiro cansou de ser escravo desse sistema corrompido e que nos escraviza para se autobeneficiar.

CPFM se traduz em: “Contribuinte Pague pela Má gestão Financeira do governo brasileiro”.

Não pagaremos essa conta!

* Tiago Costa é advogado tributarista em Mogi Mirim (SP).

[1] http://www.portaltributario.com.br/tributos.htm , lista atualizada até 16/09/2014.

Mais sobre CPMF

Mais sobre ministérios

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!