A onça no Itamaraty e a imagem do Brasil

 

A onça no Itamaraty e a imagem do Brasil

A visita inesperada de uma sussuarana “rondando o prédio do Itamaraty”, na noite de segunda-feira (21), oferece uma oportunidade de analisar o impacto que o noticiário pode exercer em reputações institucionais. As notícias sobre o fato traziam diversas impressões deixadas a partir das imagens captadas nas câmeras de segurança do prédio, cujos sensores mostravam o passeio do animal.

A notícia narra um fato. Nos vídeos que circularam em milhares de redes sociais dá para ver o animal e sua sombra. A questão em foco aqui, no âmbito da comunicação, trata das diversas interpretações e impressões que o passeio do felino possa ter deixado em outras regiões brasileiras e fora do país.

Diplomatas que servem nas embaixadas brasileiras devem ter ouvido perguntas e brincadeiras: "como uma onça, um animal selvagem, circula no centro do poder administrativo da capital brasileira?".

Quando forem envolvidos em notícias, instituições e porta-vozes devem avaliar o impacto da informação. Devem criar mensagens-chave imediatamente, alinhar posicionamento institucional e ter a certeza de que seus porta-vozes estão preparados para defendê-los.

Essa deve ser a postura padrão, para que eventuais distorções ou incompreensões sejam alinhadas. Faz parte das boas práticas de gestão de comunicação.

Quanto à onça que gosta de passear, parece que é um gato grande, segundo biólogos.

 

 

Piada de Trump volta-se contra ele mesmo no Twitter

O feitiço virou contra o feiticeiro. Em uma tentativa de provocar o ex-presidente Obama, Donald Trump compartilhou o tweet de um de seus apoiadores, fazendo uma metáfora política com o eclipse solar desta semana, visto no mundo inteiro. Na imagem compartilhada, em uma sequência de fotos, aparece o rosto colorido de Trump cobrindo o rosto de Obama, em preto e branco, e abaixo a frase: "O melhor eclipse de todos os tempos". Em questão de segundos, houve milhares de respostas ao meme. A metáfora do presidente norte-americano foi usada contra ele mesmo, com frases apontando Obama como o grandioso Sol e Donald Trump como uma pequena escuridão passageira.

 

 

LinkedIn vai lançar opção para criar vídeos direto do aplicativo

A rede social voltada para carreiras profissionais vai lançar uma ferramenta de criação de vídeos dentro da plataforma para evocar a emoção dos usuários e aumentar a interação entre os perfis, já que conteúdos em vídeos têm maior taxa de compartilhamentos nas mídias sociais. Segundo o portal Mashable, o recurso está em fase de testes para heavy users no momento, mas em breve deve ser colocado à disposição de todos os seus usuários. Como diz o próprio Linkedin, "algumas histórias são melhores mostradas do que ditas". Com certeza o uso dos vídeos dentro da ferramenta deverá ter um cunho mais prático de aprendizagem de skills e troca de conhecimentos, diferentemente do Snapchat e Instagram Stories, que focam na intimidade e no entretenimento do usuário.

 

<< Trump e tudo o que um porta-voz não pode fazer

 

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!