Orlando: “Sucesso do PCdoB incomoda muita gente”

No programa nacional do partido na televisão há pouco, ministro do Esporte atribui denúncias à inveja de adversários

O PCdoB reservou alguns minutos do seu programa nacional na TV, que foi ao ar na noite de hoje (20) para que o ministro do Esporte, Orlando Silva, se defendesse das acusações de corrupção no Programa Segundo Tempo. As acusações foram feitas pelo policial militar João Dias Ferreira, na edição desta semana da revista Veja.

Segundo João Dias Ferreira, dono de duas ONGs que firmaram convênios irregulares com o Ministério do Esporte no programa Segundo Tempo, Orlando Silva teria recebido propina proveniente de desvio de recursos na garagem do ministério. Para o ministro, as denúncias são fruto da inveja de adversários do PCdoB com o sucesso conquistado pelo partido no comando do setor do esporte no Brasil, depois que o Brasil conquistou o direito de sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

“A importância que o PCdoB conquistou com o Ministério do Esporte incomoda muita gente”, disse Orlando Silva no programa. “Farei o que for preciso para que a verdade prevaleça”, afirmou. Reafirmando a sua disposição de segurar-se no cargo até o fim, Orlando Silva avisou: “O PCdoB é um partido de luta”.

Continuar lendo