Câmara começa a ouvir cidadão para planejar seu futuro

Iniciando um ciclo de gestão estratégica que vai até 2023, quando completará 200 anos, a Câmara colocou no ar questionário em que pergunta às pessoas quais devem ser suas prioridades

Um dos alvos constantes das Marchas contra a Corrupção em Brasília tem sido o Congresso Nacional. Mas, se o Legislativo hoje não anda com uma imagem boa perante à sociedade, muito pior será o país sem ele. Que o digam as experiências de Congresso fechado durante a ditadura. Assim, a quem critica as atividades do Poder Legislativo, o melhor é trabalhar para que ele mude. E a própria Câmara acaba de criar uma oportunidade nesse sentido.

Na organização do seu ciclo de gestão estratégica de 2012 até 2023, ano em que completará 200 anos de existência, a Câmara tomou a iniciativa de perguntar ao cidadão quais deverão ser suas prioridades. O formato para fazer essas perguntas é um questionário, que está no ar desde hoje na página da Câmara na internet.

O questionário tem várias perguntas sobre pontos estratégicos da atividade legislativa. E pergunta aos cidadãos quais, na sua opinião, devem ou não ser priorizados. Para cada uma das ações sugeridas, pede-se no questionário que o cidadão dê uma resposta quanto à sua importância.

Para participar da pesquisa da Câmara, clique aqui

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!