Brasil se torna a sexta economia do mundo

De acordo com consultoria britânica, o país vai superar o Reino Unido ao final de 2011 e ficar atrás apenas dos EUA, China, Japão, Alemanha e França

O Brasil termina 2011 com uma economia maior que a do Reino Unido. A informação, é de uma consultoria britânica, o Centro de Pesquisa Econômica e Negócios (CEBR, na sigla em inglês). Trata-se de uma projeção de crescimento, a partir dos resultados obtidos pelos países. Hoje, como os demais países da Europa, o Reino Unido passa por uma crise financeira, que não teve – pelo menos por enquanto – reflexos significativos no Brasil.

As seis principais economias do mundo passam a ser, na ordem: Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, França e Brasil.

Segundo a consultoria, a situação dos britânicos tende a piorar ainda mais nos próximos anos. A tendência é que o país venha a ser ultrapassado também pela Rússia e pela Índia, ficando na oitava posição nos próximos anos. Segundo a consultoria britânica especializada em análises econômicas, a queda do Reino Unido no ranking das maiores economias continuará nos próximos anos com Rússia e Índia empurrando o país para a oitava posição.

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o Brasil, cuja imagem está mais frequentemente associada ao “futebol e às favelas sujas e pobres, está se tornando rapidamente uma das locomotivas da economia global”.

A pesquisa projeta mudanças no ranking para os próximos anos também consequência da crise econômica global. Segundo o CEBR, a França deve sentir uma queda expressiva e perder várias posições, para o Brasil e os demais emergentes – Rússia e Índia – e também para o próprio Reino Unido.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!