Militar brasileira receberá prêmio da ONU por promover igualdade de gênero

A capitã de fragata Carla Monteiro de Castro Araújo, da Marinha do Brasil, vai receber o Prêmio de Defensoras Militares da Igualdade de Gênero da ONU 2019. Ela atua na Missão de Estabilização Multidimensional Integrada das Nações Unidas na República Centro-Africana (Minusca).

“Ver o nosso trabalho dando frutos ao longo do ano já me deixou muito feliz. As dificuldades são tantas, filhos pequenos, a distância da família e todas as situações que enfrentamos aqui. Então, esse prêmio serviu para me mostrar que estamos no caminho certo, que tudo valeu a pena. Nós trouxemos esperança para muita gente”, disse Carla em entrevista ao site do Ministério da Defesa.

Segundo informações da pasta, a militar está na África desde abril do ano passado e, junto com sua equipe, conseguiu ampliar a rede de conscientização na perspectiva de gênero e proteção de mulheres. De acordo com a comandante, a estratégia foi atuar na sensibilização de militares que, em suas ações diárias como peacekeepers (soldados da paz), têm contato estreito junto às comunidades.

“A partir daí, também focamos na conscientização da população sobre os direitos das mulheres, mostrando que a ONU está aqui para trabalhar lado a lado com eles, para que consigam se reconstruir e se reestruturar”, resumiu a homenageada.

A mesma distinção foi concedida, no ano passado, à capitã de corveta Marcia Andrade Braga, brasileira que também foi integrante da Minusca. Criado em 2016, o prêmio reconhece a dedicação e o esforço de peacekepeers na promoção dos princípios da Resolução 1.325 do Conselho de Segurança sobre Mulheres, Paz e Segurança.

Capitã de Fragata Carla Monteiro de Castro Araújo, da Marinha do Brasil (Foto: Minusca)

Neste ano, a comandante Carla divide a premiação com a militar indiana Suman Gawani, que participou da Missão das Nações Unidas no Sudão do Sul (Unmiss). Essa é a primeira vez que o prêmio será concedido a duas militares, que serão agraciadas em cerimônia virtual.

 

> Acesse de graça por 30 dias o melhor conteúdo jornalístico premium do país

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!