Mais de 200 brasileiros estão presos em navios nos Estados Unidos

Ao menos 203 brasileiros estão impedidos de sair de 14 navios nos Estados Unidos. Os passageiros precisam de um salvo-conduto do presidente Donald Trump para sair da embarcação. A medida foi tomada pelo governo norte-americano por conta da pandemia de coronavírus, que já matou mais de 30 mil pessoas no país.

A liderança do Psol na Câmara enviou na última quinta-feira (16) um ofício solicitando que o Ministério das Relações Exteriores tome as providências necessárias junto ao governo dos EUA e às empresas de cruzeiros para a imediata repatriação dos brasileiros.

Segundo informações enviadas à bancada, um dos navios, o Celebrity Eclipse, conseguiu autorização para que as pessoas saíssem. A empresa fretou um voo para trazer brasileiros e outros latino-americanos. Os demais seguem esperando.

Até quinta, era esse o número de brasileiros por navio:

ONCL Star - 21 (Tampa)
NCL Breakaway - 8 (Miami)
NCL Gem - 3 (Miami)
NCL pearl - 7 (Jacksonville)
NCL Bliss - 16 (Miami)
NCL Encore - 14 (Miami)
NCL Epic - 24 (Miami)
Celebrity Eclipse - 42 (San Diego Califórnia)
Celebrity Summit - 8 (Tampa Florida)
Celevrity Millenium - 24 (Miami)
Seabourn Odyssey - 12 (Barbados)
Raphasody of the Seas - 5 (Tampa Florida)
Oceania Marina - 3 (Miami)
Oceania Rivieira - 8 (Miami)

Total: 203 brasileiros

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país   

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!