Irã promete punir responsáveis pela queda do avião ucraniano

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou nesta terça-feira (14) que os responsáveis pela queda do avião ucraniano, na semana passada, serão punidos.

>Reformas administrativa e tributária vão ao Congresso até fevereiro, diz Guedes

"Para o nosso povo é muito importante que qualquer responsável por um ato de negligência seja levado à Justiça", afirmou o presidente do Irã em discurso transmitido na televisão iraniana. Ele afirmou também, "todos aqueles que têm de ser punidos vão ser", segundo a Agência Brasil.

O avião civil das Ukraine International Airlines foi abatido "por engano" por um míssil, na semana passada, pouco depois de decolar rumo à Kiev, capital da Ucrânia. Estavam a bordo 176 passageiros de diferentes nacionalidades, sendo 82 iranianos, 63 canadenses e 11 ucranianos.

No sábado (11),  foi realizada uma cerimônia em homenagem às vítimas. O ato acabou com protestos contra as autoridades iranianas. No domingo (12), houve mais um protesto. Dessa vez, forças de segurança usaram balas e gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes.

Com informações da Agência Brasil

>Base militar com soldados dos Estados Unidos é atacada no Iraque

Catarse

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!