Bolsonaro vira motivo de chacota da mídia mundial por negar o coronavírus

Criticado pela imprensa brasileira pela forma como tem tratado o novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro tem sido motivo de chacota entre a mídia internacional. A imprensa mundial destaca o tom que Bolsonaro tem utilizado para se referir à pandemia, bem como as atitudes em desalinho às recomendações das autoridades sanitárias.

Os erros dos EUA que o Brasil está repetindo no combate à covid-19

O la Repubblica, jornal diário italiano, chama Bolsonaro de “o último cético” e afirma que ele ficou isolado entre os chefes de Estado nas posições adotadas para enfrentamento ao vírus. O diário também destaca as aglomerações provocadas pelo presidente brasileiro nos últimos dias e as dissonâncias entre Bolsonaro e os governadores.

A Itália é agora o segundo país mais afetado pela pandemia, tendo sido superado na última semana pelos Estados Unidos. O país europeu registra 18.849 mortes relacionadas ao vírus. Sua população, no entanto, é menos de um quinto da população do país americano.

Um dos mais respeitados jornais do mundo, O Le Monde, da França, destacou uma frase de Bolsonaro contrária às medidas de contenção: “Alguns vão morrer? Sim claro. Sinto muito, mas isso é a vida. Você não pode parar uma fábrica de automóveis porque há mortes nas estradas todos os anos”. O periódico francês cita nas atitudes do brasileiro um viés eleitoral. “Ao retomar esse discurso populista, muitas vezes insensato, Jair Bolsonaro certamente consegue remobilizar sua base eleitoral, de base conspiratória”, diz a matéria publicada em 4 de abril.

Na Inglaterra, o The Guardian destacou os ataques de Bolsonaro à mídia e a queda de popularidade do presidente, com protestos registrados em várias cidades do país. Para a BBC, “enquanto o mundo tenta desesperadamente combater a pandemia de coronavírus, o presidente do Brasil está fazendo o possível para minimizá-la”. A rede britânica salienta as divergências entre Bolsonaro e seu ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e afirma que o líder brasileiro está frustrado porque foi eleito com a promessa de melhorar a economia, o que foi barrado pelo avanço da covid-19. “O Sr. Bolsonaro está determinado a fazer essa pandemia política, culpando seus adversários por tentarem destruir o país.”

Preocupação com a economia

Publicações econômicas como The Economist, Forbes e Wall Street Journal destacam o descaso do presidente brasileiro e o foco nas questões econômicas. O The Economist afirma que Bolsonaro “toca violino” enquanto a pandemia cresce e se refere ao presidente como BolsoNero.

Para a Forbes ,Bolsonaro emulou o presidente americano Donald Trump no início da epidemia, mas acabou não seguindo seus passos nas últimas semanas. A revista de negócios afirma que a base de apoio do brasileiro está encolhendo e irá reduzir ainda mais se ele der as respostas erradas ao coronavírus. Na mesma direção, o Wall Street Journal critica o foco excessivo de Bolsonaro na retomada da economia frente à uma doença mortal.

Críticas fora da Europa

Bolsonaro também é criticado fora da Europa, por periódicos dos Estados Unidos, Japão, Índia, Indonésia, Austrália e Emirados Árabes Unidos.

Para o The Sydney Morning Herald, principal e mais antigo jornal australiano, Bolsonaro faz aposta de vida e morte com coronavírus. Mesmo com a disseminação da doença no país, o brasileiro não dá sinais de hesitação e faz cálculo político ao adotar postura cada vez mais desafiadora.

“Bolsonaro pode ter concluído que, quando enfrentar a reeleição em dois anos e meio, a economia importará mais para a maioria dos brasileiros do que o número de mortes por coronavírus. Ao rotular a ameaça de vírus como exagerada e reduzir as quarentenas e paralisações dos governadores a medidas desnecessárias, ele pode estar se preparando para culpar os outros por qualquer recessão que possa acontecer”, diz o texto, que cita analistas políticos brasileiros.

A Al Jazeera, emissora de televisão mais importante do mundo árabe, reproduziu entrevista com a deputada federal Tabata Amaral, que afirmou que Bolsonaro está colocando “vidas em perigo” no maior país da América Latina. A rede destaca as referências de Bolsonaro ao vírus, que utilizou termos como “gripezinha” e “histeria”.

Veja abaixo um compilado das publicações:

La Repubblica (Itália)
“Coronavírus, verdadeiro ou falso? Bolsonaro, o último cético: ‘Apenas uma gripezinha’”
https://www.repubblica.it/…/coronavirus_vero_o_falso_bolso…/

Le Monde (França)
“Coronavírus: no Brasil, Bolsonaro se isola cada vez mais da gestão da crise da saúde”
https://www.lemonde.fr/…/coronavirus-au-bresil-bolsonaro-de…

El País (Espanha)
“A atitude temerária e irresponsável do líder do maior país da América do Sul ameaça causar inúmeras mortes”
https://elpais.com/…/2…/04/03/opinion/1585937358_193172.html

The Guardian (Inglaterra)
“Jair Bolsonaro diz que crise de coronavírus é um truque da mídia”
https://www.theguardian.com/…/brazils-jair-bolsonaro-says-c…

BBC (Inglaterra)
“Enquanto o mundo tenta desesperadamente combater a pandemia de coronavírus, o presidente do Brasil está fazendo o possível para desacreditá-la”
https://www.bbc.com/news/world-latin-america-52080830

Deutsche Welle (Alemanha)
“O presidente de um país não pode confrontar a ciência”
https://m.dw.com/…/o-presidente-de-um-pa%C3%ADs-…/a-53057119

Observador (Portugal)
“Bolsonaro volta a subestimar pandemia: ‘O brasileiro tem que ser estudado, ele não pega nada’”
https://observador.pt/…/bolsonaro-volta-a-subestimar-pande…/

Aftonbladet (Suécia)
“Bolsonaro questiona números de mortes”
https://www.aftonbladet.se/…/brasiliens-bolsonaro-ifragasat…

Wall Street Journal (Estados Unidos)
“‘Voltem ao trabalho': Bolsonaro descarta riscos mortais do coronavírus no Brasil”
https://www.wsj.com/…/bolsonaros-casual-stance-on-coronavir…

Forbes (Estados Unidos)
“Em Coronavírus versus Brasil, Bolsonaro fica quase sozinho”
https://www.forbes.com/…/in-coronavirus-versus-brazil-bol…/…

New York Times (Estados Unidos) 
“Bolsonaro, isolado e desafiador, descarta ameaça de coronavírus ao Brasil”
https://www.nytimes.com/…/americas/brazil-bolsonaro-coronav…

Washington Post (Estados Unidos) 
“Bolsonaro pode ser o líder mais cético do coronavírus no mundo”
https://www.washingtonpost.com/…/bolsonaro-may-be-worlds-c…/

The Japan Times (Japão)
“Jair Bolsonaro isolado e enfraquecido pela negação de coronavírus”
https://www.japantimes.co.jp/…/brazil-jair-bolsonaro-coron…/

Asahi Shimbun (Japão)
“Pelo menos um líder mundial seguiu as alegações de Trump de promover o uso das drogas. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, elogiou repetidamente os benefícios da hidroxicloroquina e da azitromicina”
http://www.asahi.com/ajw/articles/13277451

Times of India (Índia)
“Presidente do Brasil tira selfies e aplaude manifestantes apesar de riscos da pandemia”
https://timesofindia.indiatimes.com/…/articles…/74644572.cms

Al Jazeera English (Emirados Árabes Unidos)
“COVID-19: Bolsonaro está colocando 'vidas em perigo'”
https://www.aljazeera.com/…/covid-19-brazil-bolsanaro-putti…

The Sydney Morning Herald (Austrália)
“Bolsonaro joga com a vida e a morte em meio a pandemia”
https://www.smh.com.au/…/brazils-bolsonaro-makes-life-or-de…

TIME
“O presidente do Brasil ainda insiste que o coronavírus é um exagero. Governadores revidam”
https://time.com/…/brazil-jair-bolsonaro-coronavirus-gover…/

Detik (Indonésia)
“Além de subestimar o risco, Bolsonaro também deu um mau exemplo, aparecendo na multidão várias vezes com seus simpatizantes. Ele também não concordou com a política de 'bloqueio' que muitos governadores adotaram”
https://m.detik.com/…/deretan-pernyataan-kontroversial-pemi…

Zing News (Vietnã)
“No contexto da pandemia imprevisível do Covid-19, o presidente brasileiro costuma fazer declarações subjetivas. Em 29 de março, ele anunciou que gostaria de dar continuidade às atividades econômicas do país e se opõe à medida dos governadores para impedir a propagação da doença, dizendo que é natural que alguém morra pelo vírus”
https://zingnews.vn/tong-thong-brazil-len-mang-dang-tin-gia…

Governo vai à Justiça contra medidas de estados e municípios durante pandemia

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!