Regina Duarte se acidenta e quebra três dentes

A atriz e ex-secretária nacional de Cultura do governo federal Regina Duarte compartilhou neste domingo (30) um texto no Instagram no qual afirma que sofreu um acidente que resultou na quebra de três dentes.

"Há duas semanas, caminhando rapidamente numa calçada irregular de São Paulo, vinha eu digitando uma mensagem que considerava 'urgente' e não me dei conta de uma depressão que existia logo ali à minha frente . Resultado : pisei em falso nela, aterrissei de boca no chão, queixo, nariz , dente. Não tive tempo de amortecer a queda, fui de boca no chão. Resultado: quebrei 3 dentes, muito sangue, a boca cheia de cacos de porcelana", escreveu a atriz.

Segundo o relato, o fato narrado aconteceu último dia 13  de agosto e ela foi atendida no hospital Sírio Libanês, onde teve que passar por uma cirurgia plástica.

Leia a íntegra da mensagem compartilha por ela:

 

Ver essa foto no Instagram

 

O celular pode ser uma arma . Uma distração, um informante de conhecimentos e cultura . O celular pode ser um professor , um fofoqueiro , uma distração, um potencial soluçionador e pode ser tb uma arma que deve ser mantida pra ser usada em espaços de segurança . Quero partilhar com vocês minha desagradável experiência. Eu não levava em conta os perigos a que estamos expostos quando menosprezamos o quão perigoso pode ser um celular,o mau uso dele . Há duas semanas, caminhando rapidamente numa calçada irregular de SPaulo , vinha eu digitando uma mensagem que considerava “urgente” e não me dei conta de uma depressão que existia logo ali à minha frente . Resultado : pisei em falso nela, aterrissei de boca no chão, queixo, nariz , dentenão tive tempo de amortecer a queda, fui de boca no chão. Resultado: quebrei 3 dentes, muito sangue, a boca cheia de cacos de porcelana , pessoas que viram a queda assustadas querendo me levar prum hospital, eu recusando, estava mesmo bem perto de minha casa, agradeci e fui , no aconchego do lar, avaliar o estrago . 😬Liguei pro Marcelo do Atelier Oral que cuida dos meus dentes há mais de 10 anos, era emergência . Me recebeu de imediato e já com a boca anestesiada por ele segui pro meu cirurgião plástico no Pronto Socorro do Sirio, p/ uma cirugia de hora e meia. Foram 16 pontos em 3 camadas do epitélio que fiz questão de assistir, claro que depois de 4 tubos de anestesia e sem sentir 1 pingo de dor. Era 13 de agosto. Claro que não creio nessas coisas... pêro que las hay..Hay! E aos meus anjos Herman e sua Equipe, ao Marcelo e Equipe do Atelier Oral, minha gratidão .) Só compartilho este assunto chato c vcs porque acho que é tema de utilidade pública . Lembrar que , mais uma vez!, é imprescindível ficarmos alertas para os perigos do uso equivocado dos celulares. Esses aparelhinhos tiram de nós a capacidade de concentração, nos mantém atrelados a eles atrasando os reflexos e podendo pôr em risco a nossa vida.... 😳 De agora em diante só uso o Celular com responsabilidade , me protegendo dos perigos que possam me causar . Estou bem, gracias, amo vocês e desejo uma boa noite a todos .💞💞💞💞💞😉💝

Uma publicação compartilhada por Regina (@reginaduarte) em

A atriz Regina Duarte saiu do cargo de secretária nacional de Cultura do Ministério do Turismo em maio. O substituto dela na função é o ator Mário Frias.

A artista é a quarta a sair da Secretaria desde o início do governo de Jair Bolsonaro. Ela ficou dois meses na função, que é aproximadamente o mesmo período que seus dois antecessores permaneceram no cargo.

A demissão de Regina Duarte do comando da área cultural do governo aconteceu após um processo de desgaste da atriz no cargo. A ex-secretária de Cultura havia encontrado dificuldade para nomear seus escolhidos dentro do órgão. No início de maio, o maestro Dante Mantovani, que havia sido demitido por ela, voltou à presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

A readmissão foi encarada negativamente pela secretária. “Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele está me dispensando”, disse Regina se referindo a Bolsonaro. A frase foi captada durante uma ligação telefônica feita pela reportagem da revista Crusóe à assessoria da secretária. De acordo com a reportagem, a secretária foi “surpreendida” pela decisão. Em seguida, o governo recuou e tornou o ato sem efeito.

Regina era constantemente atacada por integrantes do governo ligados ao escritor Olavo de Carvalho, que desde o início bombardeou a indicação da atriz para o cargo. A suspeita desse grupo é de que ela seria suscetível ao “setor de esquerda”. Sua atuação também sofreu reparos públicos do presidente nas últimas semanas, que reclamou do fato de a secretária despachar de São Paulo desde o início da pandemia.

Pandemia trava pauta de Guedes no Congresso. Veja a situação dos projetos

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!