Parlamentares criticaram Salles 1504 vezes nas redes sociais; veja análise

Deputados e Senadores tiveram uma forte atuação nas redes sociais em 2019 e um dos assuntos mais quentes do ano foi o meio ambiente. Segundo dados levantados pelo advogado ambientalista André Lima, coordenador de Radar Clima & Sustentabilidade do  Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), os parlamentares citaram 2278 vezes o nome do ministro do Meio Ambiente (MMA) Ricardo Salles nas redes sociais entre 01 de janeiro e 20 de dezembro.

> Deputados pedem impeachment de Ricardo Salles

Foto | Antonio Cruz/Agência Brasil

Na Câmara Federal o resultado encontrado foi 1735 postagens de deputados mencionando expressamente o ministro Ricardo Salles, das quais 196 foram positivas ou elogiosas (11%), 157 neutras ou ambíguas (9%) e 1382 críticas (80%).

Foto | Rovena Rosa/Agencia Brasil

André Lima buscou os dados no Torabit, ferramenta de monitoramento das redes sociais. Os dados demonstram que senadores citaram expressamente o ministro Salles 216 vezes, sendo 58 de maneira positiva ou elogiosa (27%), 36 neutras ou ambíguas (17%) e 122 (56%) negativas ou críticas.

Foto | Antonio Cruz/Agência Brasil

O advogado ressalta que é importante considerar que “número de postagens obviamente não significa número de parlamentares críticos ou apoiadores explícitos à política ambiental promovida pelo ministro Salles. Há parlamentares com uma única menção e parlamentares que fizeram dezenas ou até mais de uma centena delas”, disse o coordenador do IDS.

Foto | Tomaz da Silva/Agência Brasil

Dentre as tags mais citadas nas redes sociais pelos parlamentares, que envolvem o meio ambiente, a pasta, ou o ministro, estão: #COP25, #DerramamentoPetroleo, #QueimadasnaAmazonia, #MPdoFundaodoSalles, #AumentodoDesmatamento, #Amazonia, #FundoAmazonia, #LeilaoPetroleoAbrolhos, #PremioExterminadordoFuturo, #EnfraquecimentoConama, #ChicoMendes, #MestradoemYale e #OrçamentoIbama.

 André afirma que a polarização política também fica nítida nos dados filtrados por ele. Os 68 deputados que mais defenderam a gestão de Salles são do PSL com 24 (36%), PSD com seis, DEM com cinco, Podemos com cinco, PP com cinco, PSDB com quatro, Novo com quatro, MDB com três, PR com três, PSC com dois, PL com dois e Solidariedade com dois.

As críticas explícitas vieram de 72 deputados, sendo que 31 são do PT (43 %), dez do Psol, oito do PSB, sete do PDT, cinco do PCdoB, três do PSDB, dois do PV, Já o PR, PP, Rede, Podemos, Novo, Cidadania tiveram um deputado criticando.

Já no Senado, 20 parlamentares elogiaram expressamente a gestão de Salles à frente do MMA e 20 criticaram. Das 216 publicações, 58 foram explicitamente positivas, 36 neutras ou ambíguas e 122 foram críticas.

Seis senadores do PT denunciaram retrocessos da gestão, já no MDB foram quatro, três da Rede, dois do PSB, dois do Cidadania. PDT, PSD e PROS tiveram um senador criticando o ministro em 2019.

Os elogios partiram do PSL e do DEM, com três senadores cada. No PSD, MDB e PP foram dois. PL, Pros, Podemos, PSDB, Cidadania, PDT, PSC e PR tiveram um senador elogiando o ministro.

Na análise de André Lima, o tema socioambiental continuará quente em 2020, ocupando assim, mais uma vez, boa parte das discussões de Plenário e redes sociais dos parlamentares.

*A matéria contou com os trabalhou gráficos de Eli Nunes

> É tri! Somos o site político mais acessado pelos congressistas

#AumentodoDesmatamento#ChicoMendes#DerramamentoPetroleo#EnfraquecimentoConama#FundoAmazonia#LeilaoPetroleoAbrolhos#MestradoemYale#MPdoFundaodoSalles#OrçamentoIbama#PremioExterminadordoFuturo#QueimadasnaAmazoniaAmazôniaAndré Limaatuação nas redes sociaisCOP25desastres ambientaisIDSInstituto Democracia e SustentabilidadeMeio Ambienteministério do meio ambienteministro do meio ambienteMMApolarização políticaRadar Clima & Sustentabilidaderedes sociaisRicardo SallesSallesTorabit