Congresso terá comissão permanente sobre mudanças climáticas

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), anunciou nesta sexta-feira (23), por meio de nota, que deve instalar na próxima terça-feira (27) a Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC). Segundo o parlamentar, o espaço vai centralizar o debate sobre os incêndios que atingem a Floresta Amazônica.

>Bolsonaro autoriza Garantia da Lei da Ordem ambiental

“Como presidente do Senado Federal e do Congresso Nacional, externo a preocupação de todos os parlamentares com as queimadas que atingem a Amazônia nos últimos dias. O nosso sentimento é de que este assunto merece uma atenção diferenciada para que possamos apresentar ao Brasil e ao mundo soluções efetivas”, disse Alcolumbre, por meio de nota à imprensa.

Alcolumbre afirmou que conversará com o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), para articular o andamento dos trabalhos no colegiado. A presidência da comissão ficará a cargo do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Segundo a nota do presidente, a relatoria ficará sob a responsabilidade de um deputado.

Vieira se posicionou nessa semana a favor da criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as queimadas que atingem a região amazônica. Um abaixo-assinado pedindo a CPI circula na internet e já reuniu cerca de 1,8 milhão de assinaturas. "Tentar desviar o foco com acusações sem nexo contra ONGs e afins é só mais uma irresponsabilidade", afirmou Vieira ao Congresso em Foco.

*Com informações da Agência Brasil.

>Tereza Cristina, Maia e bancada ruralista vão à Europa tentar evitar retaliações comerciais

>Maia quer usar fundo da Petrobras na Amazônia

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!