Zambelli apaga mensagem em que diz estar curada da covid por uso de cloroquina

A  deputada Carla Zambelli (PSL-SP) apagou uma mensagem publicada no Twitter em que ela afirmava ter  sido curada da covid-19 após uso de cloroquina.

A ação acontece após a divulgação de um boletim médico na sexta-feira (28) em que mostra que ela nunca esteve com covid-19. A congressista, após receber o primeiro diagnóstico positivo para a doença, afirmou que chegou a mudar de hospital para poder ser tratada à base de hidroxicloroquina.

“Ontem eu estava assintomática, a médica do Hospital Santa Helena não receitou nada e orientou p/ eu voltar em caso de falta de ar ou piora, protocolo do Mandetta. Estou indo agora para o Hospital Santa Lucia, onde o protocolo segue as orientações da equipe do General Pazuello”, publicou a deputada em seu Twitter. “E sim, começo a cloroquina já já, receitada por pessoa de minha confiança”, complementou.

Leia a mensagem apagada pela deputada:

A deputada tomou a medicação, mas não estava com a doença. Os efeitos da cloroquina contra a covid-19 nunca foram comprovados e a substância é capaz de causar efeitos colaterais, tais como arritmia cardíaca. A droga não é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para tratamento do novo coronavírus.

Os médicos que avaliaram o estado de saúde da deputada também descartaram o diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico ou de outra doença autoimune. Zambelli foi internada em um hospital particular de Brasília no início desta semana porque em exames os médicos detectaram a possibilidade de uma doença autoimune. “Foi feito o diagnóstico de endometriose profunda e iniciado o tratamento. A paciente está bem, em acompanhamento ambulatorial”, diz o boletim de sexta.

> Após uso de cloroquina, Zambelli descobre que nunca teve covid-19

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país   

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!