Veja quem votou para barrar a CPI da Lava Toga na CCJ do Senado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado rejeitou a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Lava Toga, que pretende investigar Tribunais Superiores. Por 19 votos a 7, os senadores que integram o colegiado mais importante da Casa entenderam que a investigação não deve ter andamento.

Esse é o entendimento do presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP), que encaminhou o pedido à CCJ em uma estratégia para minimizar seu desgaste político por engavetar ele mesmo a CPI da Lava Toga - o que, como comandante da Casa, tem a prerrogativa de fazer, como já havia determinado em um primeiro documento apresentado pelo senador Alessandro Vieira (PPS-ES).

>> PT, MDB e DEM se aliam para enterrar CPI da Lava Toga, que sofre derrota na CCJ

O relator na CCJ, senador Rogério Carvalho (PT-SE), elaborou um parecer contra a instauração da comissão de inquérito. Portanto, quem votou "sim", votou com o relatório. Os parlamentares que votaram não, votaram pela criação da CPI da Lava Toga.

 

Veja como se posicionaram os integrantes da CCJ do Senado: 

Sim

1 - José Maranhão (MDB-PB)
2 - Ciro Nogueira (PP-PI)
3 - Tasso Jereissati (PSDB-CE)
4 - Rose de Freitas (PODE-ES)
5 - Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB)
6 - Weverton (PDT-MA)
7 - Humberto Costa (PT-PE)
8 - Rogério Carvalho (PT-SE)
9 - Otto Alencar (PSD-BA)
10 - Arolde de Oliveira (PSD-RJ)
11 - Rodrigo Pacheco (DEM-MG)
12 - Marcos Rogério (DEM-RO)
13 - Renan Calheiros (MDB-AL)
14 - Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
15 - Marcio Bittar (MDB-AC)
16 - José Serra (PSDB-SP)
17 - Roberto Rocha (PSDB-MA)
18 - Paulo Rocha (PT-PA)
19 - Nelsinho Trad (PSD-MS)

Não

1 - Esperidião Amin (PP-SC)
2 - Oriovisto Guimarães (PODE-PR)
3 - Juíza Selma (PSL-MT)
4 - Alessandro Vieira (PPS-SE)
5 - Fabiano Contarato (REDE-ES)
6 - Jorginho Mello (PR-SC)
7 - Jorge Kajuru (PSB-GO)

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!