Veja quem são os 28 senadores que recebem auxílio-moradia

Relação abaixo inclui traz os nomes dos senadores que optaram por abrir mão do apartamento funcional

Ana Rita Esgário (PT-ES)

Ângela Portela (PT-RR)

Eduardo Braga (PMDB-AM)

Casildo Maldaner (PMDB-SC)

Ciro Nogueira (PP-PI)

Delcídio Amaral (PT-MS)

Eduardo Amorim (PSC-SE)

Epitácio Cafeteira (PTB-MA)

Flexa Ribeiro (PSDB-PA)

Francisco Dornelles (PP-RJ)

Geovani Borges (PMDB-AP)

Inácio Arruda (PCdoB-CE)

João Pedro (PT-AM)

Lobão Filho (PMDB-MA)

José Agripino (DEM-RN)

Lindbergh Farias (PT-RJ)

Magno Malta (PR-RS)

Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR)

Paulo Davim (PV-RN)

Paulo Paim (PT-RS)

Randolfe Rodrigues (Psol-AP)

Renan Calheiros (PMDB-AL)

Roberto Requião (PMDB-PR)

Romero Jucá (PMDB-RR)

Sérgio Souza (PMDB-PR) *

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Vicente Alves (PR-TO)

Wilson Santiago (PMDB-PB)

* Situação provisória. O recém-empossado Sérgio Souza (PMDB-PR), primeiro suplente da senadora licenciada e atual ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, provisoriamente recebe o auxílio-moradia. Ele tomou posse ontem (terça, 14), está hospedado em hotel em Brasília desde a semana passada, e terá os gastos de hospedagens reembolsados mediante apresentação de comprovante de despesas. Pela assessoria de imprensa, Gleisi informou que o apartamento funcional que estaria à sua disposição está em reforma, prevista para ser concluída em agosto. Sérgio Souza ainda não decidiu se ocupará o imóvel ou continuará a ser contemplado com a verba extra.

Mais sobre verbas e cotas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!